1 MÊS PARA O ENEM | O que você precisa saber sobre a redação

por | out 22, 2021

Início » Enem » 1 MÊS PARA O ENEM | O que você precisa saber sobre a redação

O ENEM 2021 acontecerá nos dias 21 e 28 de novembro. Confira as dicas que selecionamos para você estudar redação nesta reta final!

 

Sim, falta apenas 1 mês para o ENEM! A ansiedade está batendo forte por aí? Respire fundo, estamos aqui para ajudar você! Nós sabemos que a redação deixa muitos vestibulandos ansiosos, pois ela conta muito para a nota final da prova que ajuda a ingressar na universidade dos sonhos.

Saiba que a única forma de se tranquilizar é se preparar para o exame antecipadamente, por isso é essencial que você reserve um tempo para estudar a estrutura de redação cobrada pela banca avaliadora e praticar a escrita.

Para ajudar você a estudar nesta reta final, preparamos este post com algumas dicas úteis de redação. Boa leitura!

 

Faça um cronograma de estudos

 

A primeira dica de todas é: organize-se! Ou seja, nada de se desesperar e ficar horas e horas estudando uma quantidade enorme de conteúdos teóricos. Neste momento, não é uma boa ideia encher a cabeça de informação. Muito pelo contrário: você deve revisar somente o mais importante e, para isso, é necessário ter organização.

Faça um cronograma de estudos e reserve uma hora do seu dia para estudar redação. Você pode utilizar alguns métodos de estudo, como o pomodoro, por exemplo.

No cronograma, recomendamos que você inclua as seguintes tarefas:

  • Revisar, a cada semana, uma redação escrita anteriormente
  • Reservar uma hora do dia para ampliar o seu repertório sociocultural
  • Escrever duas redações até o dia da prova

Além dessas tarefas, inclua no seu cronograma momentos de descanso. Isso é muito importante para você assimilar bem o conteúdo e não prejudicar a sua saúde mental. Então, tenha boas noites de sono, beba água e alimente-se bem. Lembre-se: equilíbrio é fundamental para ser produtivo nos estudos. Combinado?

A seguir, vamos explicar cada uma das tarefas citadas no cronograma. Prepara o caderno!

 

Revise redações escritas anteriormente

 

Uma ótima forma de estudar é revisando as redações já escritas. Você pode revisar as suas próprias redações para encontrar pontos de melhoria e aperfeiçoá-las, bem como ler as redações nota mil do ENEM – assim, você terá uma ideia da estrutura esperada pela banca avaliadora.

Ao fazer a revisão, é importante que você se atente à estrutura do texto dissertativo-argumentativo, observe se as ideias e parágrafos estão bem articuladas e se foi proposto uma solução para o problema. Veja, abaixo, o que você deve observar na redação.

 

1 – Estrutura da redação

 

A estrutura de redação cobrada pela banca do ENEM é dissertativa-argumentativa, ou seja, ela deve apresentar introdução, desenvolvimento e conclusão. Com isso em mente, confira se as suas redações estão estruturadas corretamente.

Lembre-se de conferir se você distribuiu o texto de forma adequada. O ideal é que ele seja composto por quatro parágrafos: 1 parágrafo para introdução, 2 para desenvolvimento e 1 para conclusão. Cada uma dessas partes do texto deve conter os seguintes elementos:

Esses elementos fazem parte das competências da redação e são fundamentais para que você alcance a nota máxima. No vídeo a seguir, a profa. Chay explica um pouco mais sobre a importância de saber a estrutura de redação para se sair bem no exame. Assista!

 

https://www.youtube.com/watch?v=JHjFPGhGb8U

 

2 – Elementos coesivos

 

Ao revisar as redações anteriores, avalie se você utilizou conectivos (conjunções, pronomes, advérbios etc.) para encadear as suas ideias. Esses conectivos nada mais são do que elementos coesivos responsáveis por garantir que a sua redação tenha coesão textual, ou seja, que ela estabeleça uma relação lógica entre palavras, períodos e parágrafos.

Esses recursos linguísticos são avaliados na competência 4 e são essenciais para que você alcance o nível máximo dela. Em especial, dê uma atenção ao conectivo do tipo operador argumentativo que deve aparecer, entre parágrafos, em pelo menos dois momentos da redação.

Para entender de forma detalhada como é avaliada essa e as outras competências, sugerimos que você dê uma olhadinha na Cartilha do Participante disponibilizada pelo Inep.

 

3 – GOMIFES

 

Lembra dos GOMIFES? Ou você não faz ideia do que significa? De forma resumida, essa sigla se refere aos agentes sociais responsáveis por realizar a proposta de intervenção que você deve apresentar na conclusão. Cada letra da sigla representa um agente, veja:

  • Governo
  • Organizações não governamentais (ONGs)
  • Mídia
  • Indivíduo ou Iniciativa Privada
  • Família
  • Escola
  • Sociedade

Com essa sigla fica mais fácil lembrar as possibilidades de agentes sociais que podem ser usados na redação, não é? No vídeo a seguir, a professora Chay explica como utilizar os GOMIFES na sua proposta. Confira!

 

https://www.youtube.com/watch?v=ue2OjPkprsk

 

Faça uma lista de repertórios

 

Outra dica útil para a reta final é: amplie o seu repertório sociocultural! Isso não quer dizer que você deve mergulhar naquele livro de 500 páginas que você procrastinou até agora, viu? Nós sabemos que o tempo voa!

Neste momento, o indicado é que você se atente às notícias atuais, relembre os repertórios que você já tem na sua bagagem – citação, música, livro, filme/série etc. – ou mesmo conheça alguns repertórios curingas que podem ser usados em qualquer tema.

Com a memória fresca, anote esses repertórios e tente associá-los a diferentes eixos temáticos – por exemplo, política, cultura, saúde e educação. Essa estratégia ajudará você a lembrar mais facilmente do repertório e associá-lo à redação independente do tema proposto neste ano.

 

Treine escrevendo

 

Por último, coloque a mão na massa! Afinal, nós sabemos que a melhor forma de melhorar a escrita é escrevendo. Contudo, isso não quer dizer que você deve escrever uma redação por dia desesperadamente até o dia da prova, ok? Indicamos que você escreva em média duas redações durante este mês.

Lembra do que falamos lá no início do texto sobre a importância de se organizar? Então, agora é hora de treinar a sua escrita considerando o tempo que você levaria para ler os textos motivadores, planejar a redação, escrever, revisar e, por fim, passar a limpo para a folha de entrega no dia da prova.

Após escrever, é essencial que você peça para uma pessoa especializada corrigir a sua redação. Assim, ela poderá apontar os pontos de melhoria e mostrar como você pode aperfeiçoar o texto para alcançar a nota máxima.

Em nossa plataforma, temos corretores especializados que podem ajudar você com os estudos. Mesmo faltando 1 mês para o ENEM, ainda dá tempo de se preparar! Conheça os nossos planos de correção e comece a treinar agora!

 

Marina Dias

Bacharela em Letras Língua Portuguesa e Literaturas pela UFSC, revisora de textos e redatora.

Assine um plano do Redação Online
Como fazer uma Redação do zero
Guia da Redação ENEM: tudo o que você precisa saber
Como tirar nota mil na Redação ENEM