A gente imagina que não. Estudar em casa é realmente difícil.

Talvez você esteja estudando pela internet, talvez você só não consiga se focar depois de voltar do cursinho, talvez queira chegar na sua residência e estudar em casa pra tirar aquela nota 1000 na redação do ENEM (nisso a gente pode facilitar, viu?), mas, de qualquer forma, é difícil.

A não ser que você seja um virginiano perfeito ou um capricorniano sangue nos olhos, é triste: é a mãe gritando com o irmão, o cachorro/gato pedindo carinho, são as crianças correndo ao redor da casa…
E outra: o ser humaninho é um ser social, sempre vive rodeado de pessoas. Então, como ir contra isso?

Como se enfiar, sozinho em um cômodo de casa, e ter força de vontade pra começar a estudar? Como estar bem com ficar muitas horas sozinho para estudar em casa sem entrar no WhatsApp e enviar vários memes engraçados pros amiguinhos?

redação

Confira algumas dicas que vão te ajudar a estudar em casa

1. Crie uma rotina.

Você sabe que, pra ir bem nas provas, não adianta sentar a bundinha na cadeira de vez em nunca, né? É preciso ter disciplina, estudar todo dia e se concentrar ao máximo nessas horas.

Então, o ideal é que você crie uma rotina clara e tenha disciplina. Faça um plano de estudos pra isso, selecione quais horas do seu dia e da sua semana você terá pra estudar em casa e, feito isso, coloque em prática, sem perder o foco.

Sabe por quê isso ajuda? Além de o seu cérebro entender que aquela é a hora de estudos, seu corpo também vai se adaptar a isso, e você vai apreender os conteúdos de forma mais proveitosa. Ah, e entenda isso como um compromisso!

2. Escolha um lugar para estudar

Ao estudar em casa você vai perceber que nem tudo é fácil: é difícil encontrar o lugar perfeito pra estudar e conseguir se focar e, por isso, o local de estudos precisa ser tranquilo, confortável e silencioso.

Além disso, para evitar interrupções, é interessante avisar a sua família de que naquele momento você não deve ser interrompido. Feche a porta, arrume o quarto e, sem dúvida, a cama! E vê se só vai bagunçar ela à noite!

3. Faça intervalos

Você já ouviu falar da Técnica Pomodoro??

 

 

“Pomodoro”, em italiano, significa tomate. “Então você tá me dizendo que é pra comer tomate durante o estudo?” NÃO, ESPERTÃO!

Você não vai precisar de um tomate de verdade pra colocar essa técnica em prática. A técnica tem esse nome porque o criador dela, o italiano Francesco Cirillo, usou um cronômetro de cozinha com formato de tomate pra controlar o tempo.

(Tipo esse, ó).

tomatoe-timer.jpg

Essa técnica se baseia em fluxos de trabalho divididos em blocos. Isso ajuda o cérebro a se tornar mais ágil e estimula o foco. O criador da técnica chegou ao período de 25 minutos como sendo o tempo ideal para estes blocos, também conhecidos como “pomodoros”.

Então, se você for implementar isso em seus estudos, veja como funciona:

  • Faça uma lista com as tarefas que deseja realizar;
  • Programe um cronômetro pra 25 minutos;
  • Escolha uma das tarefas e estude SEM PARAR durante os 25 minutos (atenção: não pode mexer no celular, tá?!);
  • Quando terminar os 25 minutos, faça uma pausa de 5 minutos. Nessa hora você pode levantar, se alongar, ou fazer qualquer outra coisa pra relaxar;
  • Retome os estudos por mais 25 minutos;
  • A cada quatro “pomodoros” faça uma pausa de 30 minutos antes de voltar aos estudos.

O tempo de concentração de cada pessoa pode variar, então, se você não quer seguir à risca os blocos, ou acha que isso vai atrapalhar sua concentração porque ainda não terminou a tarefa dentro dos 25 minutos, faça seu tempo. Mas lembre de descansar entre um estudo e outro, para que isso estimule o seu cérebro. Faça testes e se adapte ao método.

redacao-blog-2018

4. Durma bem

Não é pra dormir durante os estudos, tá???

Mas é importante que você tenha as horas de descanso, pra encontrar o equilíbrio ideal. Temos que cuidar do nosso cérebro com carinho, não é mesmo?

Seria bom se você dormisse 8 horas por dia!

5. Exercite técnicas de memorização!

Já terminou de estudar em casa hoje? Que ótimo, chegou a hora de memorizar TU-DI-NHO! Esta parte de seus estudos é super importante porque, ao acostumar o seu cérebro a memorizar, você não vai sentir que está estudando e que não está aprendendo nada. Você pode utilizar resumos ou flash cards, que são maravilhosos.

Flash cards são pequenos pedaços de papel com uma pergunta na frente e uma resposta no verso. É um método que foca diretamente na memorização e é super simples de usar: basta tentar acertar a resposta atrás do papel!

Quer saber como utilizar eles?

  • Elabore uma pergunta que tenha apenas uma resposta. Anote a pergunta de um lado e a resposta no verso;
  • Quando fizer as revisões, coloque as perguntas em 3 pilhas: uma de perguntas fáceis, que você acertou e percebe que já decorou, uma com as perguntas que você acertou com dificuldade e uma com as perguntas que você errou;
  • As perguntas que acertou, deixe para revisar a cada quatro semanas. As com dificuldade, revise a cada duas semanas. E as que errou, revise semanalmente ou até diariamente. Isso é só uma sugestão e depende da quantidade de material que você tenha para revisar.

Dica extra: você gosta de desenhar? Curte ver um caderno organizadíssimo que dá gosto de rever a matéria depois? Já tem um planner e gosta pra caramba?

Nós vamos deixar aqui pra você uma foto de Studygram, que é simplesmente uma técnica de organizar seus estudos para postar os resumos nas redes sociais – o que fica à sua escolha, já que você pode encher vários e vários cadernos pra apreciação própria. Se for uma influência para você estudar em casa mais e mais, vale apostar! Vamos deixar aqui uma foto pra dar aquela vontade:

img_6748.jpg

Dica extra 2: Já tentou ouvir uma playlist que te ajude a se concentrar e a estudar em casa? Não? Vamos te deixar 5 aqui, pra todos os gostos! Assim você escolhe a que tem mais a ver com o seu estilo e começa e ser o rei/rainha da concentração hoje mesmo.

  1. Deep focus, com o chamado rock atmosférico;
  2. Classical for work, só com música clássica;
  3. Deep concentration, apenas de música eletrônica;
  4. Músicas para escrever, pra quem gosta de músicas nacionais instrumentais;
  5. Foco, uai!, uma seleção de Indie, Pop e Eletrônica

6. Não deixe de se divertir!

Nós sabemos que a rotina de estudos é pesada e que muitas vezes você vai querer ficar em casa ao invés de sair e se divertir com os amigos. Você pensa que cada minuto, cada hora fazendo outra coisa é um tempo perdido. Mas não é!

Isso vai te ajudar a relaxar e a não ficar tão estressado com os estudos. Lembre-se que o copo só enche até onde ele pode: depois, transborda. Pense que sua cabeça não é um depósito e tem que se esvaziar de vez em quando, fazer aquele detox.

O estresse é um grande inimigo de quem está se preparando pra alguma prova, porque vai chegar um momento em que você vai se sentir tão esgotado de estudar em casa que não conseguirá mais se concentrar. Então, não deixe isso acontecer e respeite seus limites.

Aproveite pra sair e fazer algo que goste, pelo menos uma vez por semana. Que tal ir ao cineminha? À um barzinho com os amigos? (se você for menor de idade, esqueça esta última sugestão e vai tomar um suquinho).

Agora, depois de todas estas dicas, tá na hora de começar a estudar! Não esqueça de inserir a prática de escrita de redações em seu planejamento, tá bom? E que sozinho sozinho você não está, já que temos uma equipe toda focada em te ajudar a estudar em casa e a alcançar seus sonhos!

Bons estudos, aluninhos!

QUERO APRENDER REDAÇÃO!


Confira temas de redação do Enem:

Tema de Redação: A importância do ensino à distância no Brasil

Tema de Redação: 20 anos de ENEM

Tema de Redação: Demarcação de terras e impactos na cultura indígena

Tema de Redação: Poluição do ar e seus impactos na saúde da população

Comentários do Facebook