Repertórios curingas para as suas redações

por | set 29, 2021

Você já preparou a sua lista de repertórios? Ainda não? Confira a lista de repertórios curingas que preparamos para você utilizar em qualquer tema!

Já falamos por aqui sobre a importância de estudar a redação por eixos temáticos, lendo livros e notícias, assistindo a filmes e séries sobre cada temática. Porém, saiba que ter bons repertórios curingas é uma ótima estratégia para você se sair bem em qualquer tema de redação.

O que são repertórios curingas?

São considerados repertórios curingas aqueles que abordam assuntos diversos ou mesmo um conceito-chave – por exemplo, relacionado a direitos humanos –, que servirão como uma “carta na manga” para você fundamentar a sua tese independente do tema de redação.

Sabe aquela série que você assistiu e que aborda vários assuntos diferentes? Então, ela pode ser um repertório muito produtivo!

Para ajudar você em seus estudos, a nossa dica de hoje é uma lista de repertórios curingas que englobam os diversos eixos temáticos: educação, meio ambiente, cultura e comportamento, segurança, linguagem e tecnologias, direitos e cidadania. Vamos conferir?

SÉRIE | Anne With An E

A nossa primeira indicação é a série canadense Anne With An E (2017), disponível na Netflix. A série narra a história da protagonista Anne Shirley, uma menina órfã que é adotada por engano por um casal de irmãos em idade avançada. O cenário da trama se passa no começo do século XX em uma pequena cidade do Canadá, chamada Green Gables.

Anne tem uma personalidade muito marcante. Ela é inteligente, extrovertida, imaginativa e questionadora, o que faz com que ela enfrente muitos preconceitos na sociedade da época – e que refletem até os dias de hoje.

A série aborda vários assuntos pertinentes que podem cair na redação. Um deles é a diversidade na configuração familiar, visto que a família adotiva de Anne é composta por dois irmãos idosos que nunca se casaram e sofrem estigmas por isso. 

Outros temas relacionados são: a importância da educação e incentivo à leitura, papéis de gênero, racismo, homofobia, bullying, meio ambiente, catequização dos povos indígenas, entre outros.

SÉRIE | Black Mirror

Black Mirror (2011) é outra série curinga, disponível na Netflix, que vale a pena assistir com um caderninho na mão! Para quem nunca viu, trata-se de uma série de ficção científica, criada por Charlie Brooker, que aborda de forma distópica a nossa relação com a tecnologia. Os episódios não possuem uma sequência, ou seja, cada episódio conta uma história diferente carregada de crítica social. 

Essa série praticamente engloba todos os eixos temáticos, com destaque especial para temas relacionados ao capitalismo, desigualdade social, vazamento de fotos na internet, alienação, inteligência artificial e a sociedade do espetáculo.

Vale muito a pena ver as cinco temporadas. Porém, fique de olho nestes episódios:

  • “Quinze milhões de méritos” (1ª temporada)
  • “Urso branco” (2ª temporada)
  • “Queda Livre” (3ª temporada)
  • “Odiados pela Nação” (3ª temporada)
  • “Arkangel” (4ª temporada)

LIVRO | Cidadão de papel, Gilberto Dimenstein

Mais curinga que este livro não há! O livro Cidadão de Papel (1994), escrito por Gilberto Dimenstein, discute sobre os direitos das crianças e adolescentes no Brasil.

Neste livro, o autor aponta que os direitos dos cidadãos são garantidos apenas na Constituição, ou seja, na prática eles não existem – daí o termo “cidadão de papel”. Para fundamentar essa crítica, ele destaca as altas taxas de desemprego, violência, analfabetismo e fome existentes no país.

Assim como a própria Constituição – que também pode ser utilizada como repertório –, este livro é um curingão para embasar a sua defesa, uma vez que o autor discute sobre questões fundamentais: cidadania, democracia e direitos humanos.

São conceitos que podem servir como repertório para diversos temas relacionados à desigualdade social, desemprego, renda, violência, direitos das minorias, acesso à saúde, entre outros.

FILME | Escritores da liberdade

É bem provável que você já tenha visto esse filme, pois ele é um clássico! Baseado em fatos reais, Escritores da liberdade (2007) tem como protagonista a professora Erin Gruwell que começa a lecionar em uma escola localizada em um bairro periférico dos EUA.

Ao se deparar com a realidade da turma, marcada pela violência, pobreza e preconceito, Erin aplica um método de ensino diferente do tradicional que transforma a vida dos jovens. Com esse método, os alunos se tornam mais participativos, críticos e resilientes.

Esse filme destaca a importância da educação e a relação entre professor e aluno, o que pode servir de base para a solução que você deve elaborar diante do problema proposto na redação. No mais, outras questões também são abordadas, como desigualdade social, violência, tráfico de drogas e racismo.

SÉRIE | Explicando

Explicando (2018) é uma série documental, produzida em parceria com o site Vox, que debate sobre diversos assuntos de forma bem didática e com a participação de vários especialistas.

Praticamente, a série engloba todos os eixos temáticos, desde o meio ambiente à cultura e lazer. Os episódios são curtinhos e cada um deles aborda um tema pertinente à nossa atualidade. Por exemplo, a pandemia do coronavírus, o conceito de politicamente correto, a discussão em torno da cannabis, a crise climática e o direito ao voto.

A série também está disponível na Netflix.

MÚSICA | Velha roupa colorida, Belchior

Nada melhor do que uma boa música, não é? Nossa última indicação é a música “Velha roupa colorida”, composta por Belchior. Ela foi lançada na época da ditadura militar no Brasil, nos anos 70, e se tornou um clássico na voz de Elis Regina.

Essa canção fala, sobretudo, de mudanças sociais e esperança. E nada mais curinga do que uma citação sobre transformar a realidade, não é? Afinal, toda redação (principalmente do ENEM) exige que você apresente uma solução para o problema – o que não deixa de ser uma proposta de mudança.

Você pode utilizar apenas uma citação da música. Mas, lembre-se, desde que muito bem contextualizada, ok? Veja um trecho a seguir:

No presente a mente, o corpo é diferente

E o passado é uma roupa que não nos serve mais

Você não sente, não vê mas eu não posso deixar de dizer, meu amigo

Que uma nova mudança em breve vai acontecer

O que há algum tempo era novo, jovem

Hoje é antigo

E precisamos todos rejuvenescer

E aí, gostou das dicas? Além dessa lista que sugerimos, existem outros repertórios curingas que você pode utilizar em sua redação. Então, que tal fazer a sua própria lista? Leia este post que fizemos sobre como melhorar o seu repertório sociocultural e se prepare para a redação!

<a href="https://redacaonline.com.br/blog/author/marinadias/" target="_self">Marina Dias</a>

Marina Dias

Bacharela em Letras Língua Portuguesa e Literaturas pela UFSC, revisora de textos e redatora.
Assine um plano do Redação Online
Como fazer uma Redação do zero
Guia da Redação ENEM: tudo o que você precisa saber
Como tirar nota mil na Redação ENEM