Uma boa redação dissertativa argumentativa requer, necessariamente, a sustentação de seus argumentos por meio de fontes confiáveis e relacionadas diretamente ao tema desenvolvido. Em produções textuais como a do ENEM e de vestibulares diversos, a inclusão dos dados é quase um imperativo.

Antes de colocar qualquer citação ou dado em sua redação, tenha certeza de que ela é 100% verídica e extraída de fonte confiável, imparcial e, sobretudo, verdadeira. Não se esqueça também de citar a origem de sua informação.

Para exemplificar quais fontes podem ser usadas, apresentaremos alguns temas em cotação para a redação do ENEM 2019.

veronica mars wink GIF

  • As consequências da pirataria para a sociedade

Devido ao prejuízo de milhões de reais gerados pela pirataria aos artistas e empresas, esse é um tema em ampla cotação. Aqui, é essencial que o autor da redação cite porcentagens de aumento na aquisição de produtos falsificados e valores de prejuízo. Apresentar o que a legislação brasileira traz com relação à pirataria também pode ser uma boa alternativa.

Fontes relacionadas:

– Código Penal, artigo 184, que trata sobre a violação de direitos do autor.

– FNCP- Fórum Nacional Contra a Pirataria, que traz a informação de que, entre dezembro de 2015 e maio de 2016, sites piratas de filmes e séries tiveram 1,7 bilhão de acessos.

– ABTA- Associação Brasileira das TVs por Assinatura aponta que 100 mil pessoas podem perder seus postos de trabalho por conta do crescimento da pirataria.

A fim de discutir a aplicabilidade da gramática no contexto da oralidade, a temática pode surgir com o propósito de tratar sobre os limites das regras gramaticais. Não se esqueça de abordar aspectos como vocabulário e prestígio social, compreensão da mensagem e xenofobia ligada a regionalismos e sotaques.

Fontes relacionadas:

– Marcos Bagno, filósofo e linguista brasileiro. Um dos principais nomes relacionados ao assunto. Em sua obra O Preconceito Linguístico: O que é, como se faz, das Edições Loyola, publicada em 2002, faz um apanhado bastante rico sobre a temática, apontando as diversidades existentes na língua portuguesa e sugerindo que o aspecto principal quanto à gramática seja a compreensão da mensagem e não exatamente o nível de atenção às regras gramaticais.

– Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), que, nos últimos anos, tem incorporado em sua lista livros que apresentam erros de concordância, sustentando sua escolha por meio do conceito da língua viva, ou a língua em constante evolução e acompanhando o modo de comunicação dos falantes, desde que haja compreensão da mensagem.

unimpressed reading GIF by SpongeBob SquarePants

As discussões sobre direitos dos casais homoafetivos têm feito com que especialistas em produção textual para testes lancem sua atenção sobre o assunto. Essencial incluir na redação sobre o tema o que a lei prevê sobre o conceito de família, quais são as principais discussões sobre o tema e quais são as propostas de intervenção a respeito dos problemas relacionados.

Fontes confiáveis:

– Estatuto da Família, que, mesmo hoje, só prevê enquanto legítima a união entre homem e mulher.

– Novo Código Civil, de 2003, que aponta que a família é constituída por relações de afeto, independentemente da organização em que ocorra ou das relações de sangue.

– IBGE, que, nos últimos anos, por meio de censo, tem tentado quantificar o percentual de mudanças nas famílias brasileiras. Por meio do censo realizado em 2010, percebeu-se que 28.647 lares possuem formação moderna, diferente da constituição tradicional de marido, mulher e filhos consanguíneos.

enem 2020
Assinar agora

Com o aumento de 75,8 para 76 com relação à expectativa de vida dos brasileiros, o tema passou a ser cogitado. Aborde questões como qualidade de vida, relação entre sistema de saúde, alimentação e expectativa de vida.

Fontes confiáveis:

– IBGE. Órgão que pesquisou e constatou entre 2016 e 2017 o aumento na expectativa de vida já citado acima.

– Site da Revista Exame, que trouxe em uma de suas matérias de 29 de novembro de 2018 o detalhamento do aumento de expectativa de vida por estado e sexo.

  • Movimentos sociais

Manifestações constantes e de variados movimentos, demandas sociais específicas e visibilidade por meio de redes sociais abrem espaço para a escolha do assunto nas próximas redações. Trate sobre os principais movimentos, seus objetivos e reivindicações, cite, por exemplo, acontecimentos de amplo conhecimento da população geral, como greves.

Fontes confiáveis:

– GEO-PR. Um grandíssimo banco de dados, ainda sem amplo conhecimento geral, porém riquíssimo sobre movimentos sociais, inclusive no sentido de monitoramento das manifestações e reivindicações de diversos grupos.

– Estatuto da Igualdade Racial. É essencial saber o que a lei prevê e quais são os direitos assegurados para que você possa construir uma boa redação. No Estatuto, temos a definição dos direitos relacionados à liberdade de crença religiosa, saúde, educação, moradia, ao lazer e esporte, bem como as ações de combate à discriminação.

interested GIF by Nick Cannon

Historicamente, eventos culturais, no pensamento coletivo, acabam destinados às classes sociais de maior poder aquisitivo, isso se deve até mesmo ao alto valor cobrado em ingressos para peças, filmes, exposições, livros etc. Tratar da importância da cultura, levantar os principais problemas que fazem com que eventos culturais não sejam acessíveis a todas as camadas sociais e sugerir soluções plausíveis para sanar a questão são três frentes básicas para a construção do texto.

Fontes confiáveis:

– Theodor Adorno. O filósofo, sociólogo, musicólogo e compositor alemão, vivido entre 1903 e 1969, afirma que a arte tornou-se um instrumento da indústria com a finalidade de adquirir lucro a partir das manifestações culturais. Com tal ideia, Theodor Adorno criou a teoria da indústria cultural.

– Declaração Universal de Direitos Humanos (1948), que versa sobre os Direitos Culturais a todas as pessoas, afirmando que a cultura é direito básico.

– Constituição Federal de 1988. Em seu artigo 215, há a garantia legal de acesso à cultura, proteção às manifestações culturais e apoio às atividades culturais.

  • Objetificação da mulher

Com as redes sociais, a prática do culto ao corpo ideal tem se intensificado. Ademais, músicas que colocam a mulher na posição única de parceira sexual, propagandas que apresentam o corpo da mulher como isca publicitária e os crescentes casos de feminicídio e violência doméstica trazem luz sobre o assunto sempre recorrente no cenário brasileiro.

Fontes confiáveis:

– Mapa da Violência. Somente em 2017, mais de 60 mil estupros ocorreram no Brasil.

– Lei 13.104/15, que estabelece enquanto crime o feminicídio, mas que foi promulgada apenas em março de 2015.

– Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA). De acordo com o órgão, entre 2007 e 2011 ocorreu um caso de feminicídio a cada uma hora e meia no Brasil, resultando em 28.800 registros.

– Mulheres heroínas conhecidas mundialmente. Mulher Maravilha, Lara Croft, She-Ra e outras são exemplos de como a mídia televisiva, desde muito cedo, apresenta as mulheres enquanto seres altamente sexualizados, mesmo que na posição de heroínas.

Discussão de muita presença em nosso país, principalmente nos últimos anos com o crescimento exacerbante dos níveis de violência, o tema é uma aposta com muitos adeptos.

Além de citar o que a lei atual assegura sobre o assunto, é de fundamental importância levantar e responder ao questionamento: reduzir a maioridade penal é solução para a criminalidade?

Fontes confiáveis:

– Artigo 228, da Constituição Federal de 1988, artigo 27, do Código Penal e artigo 104, do Estatuto da Criança e do Adolescente (lei 8.069/90). Essas são as leis que asseguram a maioridade penal aos 18 anos no Brasil, também chamadas de leis de imputabilidade penal.

– PEC 33/2012. Ainda em discussão e sem votação final, o projeto de lei propõe reduzir a maioridade penal de 18 para 16 anos.

– PEC 171/93. Sem vigorar, mesmo que já tenha sido votada e aprovada, a PEC pretende reduzir em casos de estupro, latrocínio, homicídio doloso e lesão corporal seguida de morte a maioridade penal também de 18 para 16 anos.

imogen poots yes GIF by SHE'S FUNNY THAT WAY

Lembre-se de que os textos base/ de apoio propostos pelas bancas também podem ser utilizados enquanto fonte para sustentação dos argumentos, já que neles frequentemente há dados estatísticos, infográficos, tabelas e citações de especialistas na área, só tenha cuidado de não repetir na íntegra a citação, já que muitas entidades corretoras consideram a cópia integral dos textos motivadores como justificativa para a atribuição de nota zero.

E aí, gostou da dica de hoje? Não se esqueça de compartilhar com seus amigos!

Siga-nos no INSTAGRAM: @redacaonline

QUERO APRENDER REDAÇÃO!


Leia mais:

Como se dar bem em todas as competências do ENEM

Tese na redação do ENEM

9 filmes para usar na redação

Diferenças e semelhanças entre a redação do ENEM e de vestibulares

Análise do Tema da Redação do Enem 2018

Redação Nota 1000 ENEM 2018: Uma Análise Completa

Redação por Partes: Planejamento

Comentários do Facebook