logo redação online

Dicas de Português

maiúsculas e minúsculas
Dicas de Português
Valdiele Silva

Como não errar maiúsculas e minúsculas na redação?

Quem nunca ficou na dúvida: escrevo “governo” com maiúscula ou minúscula? E os ministérios, como devo grafar? 🤔 E aquele nome de livro ou citação em sua redação, você sabe como começar? Neste post, vamos esclarecer todas essas incertezas sobre o uso de maiúsculas e minúsculas, um dos erros mais comuns entre vestibulandos, seja no ENEM, em vestibulares ou concursos, principalmente em textos dissertativos-argumentativos. Não queremos que você perca pontos por isso! Então, agarre a nossa mão, que estamos aqui para ajudar! Vamos entregar as melhores dicas para que você saiba como não errar maiúsculas e minúsculas. Vem com a gente e torne seu texto impecável! ✍️ Qual competência avalia o uso de maiúsculas e minúsculas? A Competência I da Matriz de Referência do Enem avalia o domínio que os participantes têm da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa. Esta competência considera o uso correto das maiúsculas e minúsculas, aspectos de ordem léxico-gramatical e a construção adequada de períodos e frases, garantindo a fluidez da leitura. 📚✍️ Quando se deve usar letra maiúscula na redação ou em qualquer outro texto? Aposto que essa dúvida já surgiu em sua mente: ”será que essa palavra recebe letra maiúscula?”. Por isso, a professora

Leia mais »
Escrita formal
Dicas de Português
Valdiele Silva

Como melhorar a escrita formal da Língua Portuguesa para Concursos e Vestibulares

Sem dúvida, dominar a escrita formal da língua portuguesa é crucial para quem deseja se destacar em concursos, vestibulares e no ENEM. Além da prática constante, o uso de ferramentas adequadas pode acelerar o aprendizado e melhorar a qualidade da escrita. Neste artigo, pois, exploramos as melhores ferramentas e métodos disponíveis que podem ajudar você a aprimorar suas habilidades de escrita formal. O que é norma culta? A norma culta é a modalidade linguística considerada padrão, utilizada em contextos formais e acadêmicos. Nesse sentido, ela se caracteriza pelo uso correto de gramática, vocabulário adequado, e uma estrutura coerente e coesa. No contexto de exames e concursos, utilizar a norma culta não só demonstra seu conhecimento linguístico, como também garante que sua mensagem seja claramente compreendida e valorizada. Qual a relação entre a fala e a escrita? Primeiramente, entender a diferença entre fala e escrita é fundamental para qualquer escritor. Enquanto a fala é imediata e permite ajustes conforme a reação do interlocutor, a escrita requer planejamento prévio e não oferece a possibilidade de feedback instantâneo. Desse modo, essas características influenciam diretamente o estilo e a formalidade do seu texto. Portanto, ao escrever, especialmente em um contexto acadêmico, você deve optar

Leia mais »
Termos que não devem usar
Dicas de Português
Professora Margarete

Termos para evitar na redação e como substituir

As escolhas de palavras na redação impactam fortemente o conteúdo. Portanto, neste artigo, mostraremos palavras a evitar na redação, em nome do respeito, e termos inadequados. Atualmente, o termo “índio” para referir-se aos nativos brasileiros não é mais apropriado. A linguagem evolui com o tempo, e expressões antes aceitáveis podem se tornar ofensivas conforme a sociedade e sensibilidades mudam. Nosso objetivo é auxiliar na substituição de expressões que podem ser consideradas desrespeitosas ou ofensivas na redação. Então, vamos iniciar esta jornada. Termos para evitar na redação: “Pessoa com deficiência” em vez de “portador de deficiência” É melhor enfatizar a pessoa e não a deficiência, concorda? Trata-se de uma pessoa antes de ser definida por sua deficiência. Isso demonstra respeito pela individualidade e humanidade da pessoa. Por exemplo, não use “ceguinho”, “surdinho”, “surdo mudo”, “criança excepcional” (para designar uma Síndrome de Down), “doente mental”, “doente de lepra”. Prefira “Indígena” em vez de “índio” A palavra índio deriva do engano de Cristóvão Colombo: ele achava que tinha encontrado as Índias, na sua viagem de 1492. Assim, a palavra foi utilizada para designar uma infinidade de grupos indígenas.  Se você não sabe, os indígenas são bem diferentes entre si – o Instituto Socioambiental

Leia mais »
Estratégias de coerência e coesão para uma redação coesa e fluida
Dicas de Português
Professora Margarete

Estratégias de coerência e coesão para uma redação coesa e fluida

Existem várias formas de se fazer uma redação com coesão e coerência perfeitas. Conectivos, repetição, pronomes… Dessa forma, vamos ensinar exatamente como usar todas as estratégias de coerência e coesão neste artigo repleto de dicas úteis.  Aliás, sabe quando você está lendo um texto e parece que você lê fácil, rápido, e tudo faz sentido? Pois é: é o resultado de dominar as estratégias de coerência e coesão e conseguir uma redação coesa e fluida! Sem dúvida, é seu sonho com sua redação, não é? Como você pode fazer sua redação “fluir” desse jeito?  É acertando na coesão e na coerência, caro candidato! Nesse sentido, se você não viu nosso artigo sobre o que é coesão e coerência, antes de mergulhar com a gente nas dicas práticas, dê uma lida nele.  Afinal, essa separação entre coesão e coerência é mais técnica, para ajudar o corretor a avaliar seu texto de forma mais justa, mas coesão e coerência estão extremamente ligadas. Logo, para você, candidato, o importante é pensar em ligar tudo, conectar tudo.  Agora sim, aqui estão dicas práticas dadas por nossos corretores, para aprimorar sua coesão e coerência. 12 estratégias de coesão e coerência perfeitas na redação Planeje seu

Leia mais »
Sinônimos para usar na redação
Dicas de Português
Nathalia Silva

Sinônimos para usar na redação

A prova de redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é uma etapa crucial para os estudantes que desejam ingressar em universidades de renome e garantir um futuro acadêmico promissor. Nesse sentido, uma das estratégias fundamentais para se destacar nessa prova é o uso adequado de sinônimos. Desse modo, vamos explorar por que isso é tão importante e vários sinônimos que você pode usar na sua redação. Variedade vocabular Primeiramente, um dos critérios de avaliação da redação do Enem é a competência “domínio da escrita”. Ou seja, isso inclui a habilidade de utilizar uma variedade de vocabulário e expressões de forma eficaz. Afinal, usar sinônimos ajuda os estudantes a evitar a repetição excessiva de palavras, o que pode tornar, sem dúvida, o texto monótono e limitar a pontuação, já que ao incorporar sinônimos, ou seja, os candidatos demonstram uma capacidade mais ampla de expressão e conhecimento vocabular. Sinônimos para usar na redação: clareza e precisão Em seguida, a clareza na comunicação é fundamental para a compreensão do leitor e para a persuasão eficaz. Logo, usar sinônimos adequadamente pode ajudar a evitar ambiguidades e garantir que as ideias sejam comunicadas de forma clara e precisa. Nesse sentido, isso é essencial

Leia mais »
jovem estudando
Dicas de Português
Otavio Pinheiro

Saiba quando usar ESTE, ESSE, ISTO, ISSO e AQUELE na redação

Você sabe quando usar “este” ou “esse” na sua produção textual? No mundo da informação, onde quase tudo é transmitido via mensagem de texto ou áudio, saber se comunicar de forma clara e assertiva passou a ser um diferencial e tanto. Muitas das nossas relações acontecem nos aplicativos de mensagens. Então, a gente faz negócio por meio de texto e participa de um processo de seleção de emprego via chamada de vídeo, por exemplo. Além disso, para quem vai prestar vestibular ou concurso, saber lidar com a correta aplicação do português pode significar a conquista de uma nova vida. Então, se você tem dúvidas na colocação dos pronomes “esse” ou “este” no seu texto ou no próprio cotidiano, confira aqui como fazer e nunca mais cometa esse erro! Leia também: Como fazer uma boa redação do ENEM – Confira com Redação Online Qual classe gramatical pertence ESSE e ESTE? O “esse” e o “este”, assim com o esta/essa e isso/isto são pronomes demonstrativos. Ou seja, são pequenas engrenagens do português que nos ajudam a posicionar coisas e pessoas no tempo e no espaço correto. Além disso, com eles, somos capazes de perceber o que está perto de quem. Melhor dizendo, qual a

Leia mais »
pessoas conversando ilustração
Dicas de Português
Nathalia Silva

Dia da Língua Portuguesa | Quando é comemorada a Língua Portuguesa?

No dia da Dia da Língua Portuguesa, comemora-se em 3 datas diferentes: 5 de maio, 10 de junho e 5 de novembro. Cada uma tem um porquê de existir, então leia o artigo e saiba mais! Como se sabe, ela está entre os 10 idiomas mais falados do mundo e possui uma significativa lista de regras e acordos em cada país que o tem como língua mãe. A nossa língua tem adjetivação “portuguesa” porque veio de Portugal, país colonizador do Brasil. Estima-se que a Língua Portuguesa esteja sendo falada por mais de 265 milhões de pessoas, por isso sendo o idioma mais utilizado do hemisfério sul. Além disso, outros países também falam português e foram colonizados pelos portugueses, como: Ilha da Madeira, São Tomé e Príncipe, Arquipélago dos Açores, Moçambique, Angola, Guiné-Bissau e Cabo Verde.   História da língua portuguesa no Brasil   A origem do português é ligada ao latim, que se transformou em língua portuguesa por conta de conflitos e transformações político-histórico-geográficas. Isso aconteceu no século III a.C., quando os romanos ocuparam a Península Ibérica devido a conquistas militares e obrigaram os perdedores a seguirem seus hábitos, suas instituições, seus padrões de vida e, principalmente, sua língua. Existiam

Leia mais »

Escrita criativa: o que é e como exercitar?

A escrita criativa é toda escrita autoral e não técnica, que tem o propósito de levar o leitor à imaginação. Diferente do que muitas pessoas pensam, a escrita criativa não é um dom natural, ela pode ser desenvolvida por qualquer pessoa, com muito treino e técnica. Esse tipo de escrita é muito importante para estudantes e profissionais, em especial aqueles das áreas criativas, como o marketing. Neste artigo, nós vamos explicar o que é a escrita criativa e dar dicas de como exercitá-la. Continue a leitura para conferir! O que é escrita criativa? Você provavelmente já percebeu que alguns textos seguem um certo padrão, como uma receita, um relatório técnico, um texto acadêmico e até mesmo uma redação do Enem. Nesses gêneros textuais não é possível sair muito do modelo preestabelecido. Na redação do Enem, por exemplo, você precisa respeitar as competências cobradas pela banca avaliadora e escrever um texto dissertativo-argumentativo. Por isso, não é possível inovar na sua estrutura. A escrita criativa, ao contrário desses gêneros textuais citados, possui uma liberdade maior para a criação. Trata-se de uma escrita autoral, ou seja, original e inovadora, que instiga a imaginação e a reflexão de quem lê. Alguns gêneros textuais muitos

Leia mais »

O que é metonímia e como ela pode ser utilizada?

Você sabe o que é metonímia? Essa palavra nada comum acaba aparecendo em meio aos estudos de gramática e figuras de linguagem. É um conceito cobrado no vestibular e que também pode ser usado nas redações de provas, mostrando aos corretores domínio da língua e da norma culta – e tirando o texto daquele molde engessado que acabamos fazendo sem querer. Para te ajudar a memorizar o conceito de metonímia e saber reconhecer uma quando surgir em suas questões, preparamos um conteúdo explicando cada categoria dessa figura, dando exemplos, e apontando as diferenças dela para outras ideias parecidas. Confira também nosso post com técnicas de memorização para ter mais facilidade nos estudos! Entenda de uma vez por todas o que é metonímia Basicamente, estamos diante de uma metonímia quando substituímos um termo por outro que possui relação direta com ele. OI? Que? Calma! Assim como outras figuras de linguagem, a metonímia é um recurso usado para expressar uma ideia utilizando o sentido figurado. Isso quer dizer que essas sentenças são maneiras de falar algo sem utilizar uma palavra com o sentido exato, mas fazendo uma associação com outro termo para passar a mensagem. Mesmo não sendo a mesma palavra, o sentido se mantém

Leia mais »

Tópico Frasal: Entenda de uma vez o que ele é com estes exemplos

Pois é, muitos assim como você também se perguntam o que é tópico frasal e, olha, em algum momento de sua vida — mesmo que seja lá no fundo do profundo do que já não existe mais — você já deve ter ouvido sobre isso, ainda que não tenha notado. E pode ter certeza: enquanto você estudar redação, a temática de tópico frasal é inevitável. Quem primeiro usou o termo “tópico frasal” foi o gramático Othon Moacyr Garcia, que em seu livro Comunicação em Prosa Moderna (vai cursar Letras? Prepare-se, esse livro estará na sua lista de leitura e ele é simplesmente incrível), de 1967, definiu-o como: “…um ou dois períodos curtos iniciais que contêm a ideia-núcleo do parágrafo em texto dissertativo, descritivo ou narrativo.” (GARCIA, 1967). E aí, entendeu tudo? Bora pra redação então? Se você pensa que só essa sentença não é explicação suficiente, vem ler o conteúdo explanado tim-tim por tim-tim no portal Redação Online: O que é tópico frasal? O tópico frasal, de fato, nada mais é do que é uma estrutura textual utilizada para iniciar uma argumentação. Sua conceituação é realmente simples, mas não se engane que, por conta disso, utilizar um tópico frasal é

Leia mais »