Regras de acentuação: saiba quando acentuar as palavras

por | abr 14, 2022

Início » Ortografia » Regras de acentuação: saiba quando acentuar as palavras

 

As regras de acentuação da língua portuguesa causam muitas dúvidas entre os estudantes, não é à toa que seu uso está entre os erros mais comuns de redação. Saber usar corretamente a acentuação das palavras faz parte dos critérios da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa, cobrada no Enem, concursos e vestibulares.

No geral, as regras de acentuação indicam a posição da sílaba tônica das palavras, ou seja, aquela que possui maior intensidade sonora na pronúncia. Há regras específicas para as palavras oxítonas, paroxítonas e proparoxítonas.

Confira, a seguir, as regras de acentuação de acordo com o Novo Acordo Ortográfico e os tipos de acentos gráficos usados em nossa língua. Boa leitura!

 

Regras de acentuação das palavras oxítonas

 

As palavras são consideradas oxítonas quando a última sílaba é tônica. Por exemplo: café, chaminé, colar e dormir.

Perceba que nem todas as palavras do exemplo recebem acento gráfico. Agora, veja a seguir como saber quando levam acento ou não.

 

Palavras oxítonas com acento gráfico

 

As palavras oxítonas recebem acento gráfico em três casos específicos:

 

1 – Sílaba tônica terminada em vogais tônicas (-a, -e ou -o)

 

Recebem acento as palavras com sílaba tônica terminadas em vogais tônicas (-a, -e ou -o), seguidas ou não de -s. Por exemplo:

  • aliás; 
  • crachá;
  • maracujá; 
  • comitê;
  • camelô.

 

2 – Ditongos nasais -em ou -ens

 

Recebem acento quando as palavras oxítonas terminam com ditongo nasal -em ou -ens. Exemplo:

  • além; 
  • porém;
  • parabéns; 
  • refém; 
  • também.

 

3 – Ditongos abertos -éu, -éi ou -ói

 

Recebem acento as palavras oxítonas terminadas em ditongos abertos -éu, -éi ou -ói, seguidos ou não de -s. Por exemplo:

  • herói; 
  • lençóis;
  • papéis;
  • caubói;
  • chapéu.

 

Palavras oxítonas sem acento gráfico

 

As palavras oxítonas terminadas em r, l, z, x, i(s), u(s), im(ns), um(ns), om(ns) não recebem acentuação gráfica. Exemplo:

  • gibi; 
  • xampu;
  • poder;
  • azul;
  • xerox;
  • feliz;
  • enfim;
  • comum/comuns
  • garçom/garçons.

 

Regras de acentuação das palavras paroxítonas

 

As palavras são paroxítonas quando a penúltima sílaba é a sílaba tônica (ou seja, a que possui a pronúncia mais forte). Por exemplo: responsável, órgão e fóssil.

O que irá determinar se a palavra levará acento gráfico é a sua terminação. Segundo a regra, somente recebem acento as palavras terminadas em r, l, n, x, ps, ã(s), ão(s), um(ns), om(ns), us, i(s), ei(s).

Exemplos:

  • caráter; 
  • fóssil;
  • hífen; 
  • córtex; 
  • bíceps;
  • órgão;
  • imã; 
  • álbum;
  • prótons.

 

Regras de acentuação das paroxítonas após o Acordo Ortográfico

 

O Acordo Ortográfico de 2009 passou a valer em 2012 e ainda é motivo de muitas dúvidas entre os estudantes. Neste Acordo, algumas palavras perderam a acentuação, em especial as palavras paroxítonas. Confira a seguir quais delas:

  • ditongos abertos -oi e -ei em palavras paroxítonas:  joia, geleia, androide e ideia (antes: jóia, geléia, andróide e idéia); 
  • vogais -i e -u precedidas de ditongo em paroxítonas: feiura e taoismo (antes: feiúra e taoísmo);
  • vogal tônica fechada -o de -oo em paroxítonas: enjoo e voo (antes: enjôo e vôo);
  • hiato de paroxítona cuja terminação é -em: leem e veem (antes: lêem e vêem);
  • paroxítonas homógrafas (palavras que possuem a mesma grafia, mas com significados diferentes): pêlo (substantivo) e pelo (preposição), agora ambas são escritas sem acento.

 

jovem negra estudando com computador

 

Regras de acentuação das palavras proparoxítonas

 

As palavras são consideradas proparoxítonas quando a antepenúltima sílaba da palavra é a tônica, como: número, gráfico e trânsito. Diferente da oxítona e paroxítona, todas as palavras proparoxítonas da língua portuguesa recebem acento gráfico.

Veja alguns exemplos:

  • análise;  
  • lógica; 
  • sinônimo; 
  • tóxico; 
  • científico.

 

Acentos gráficos e sinais gráficos

 

A acentuação das palavras na língua portuguesa é feita por acentos gráficos, com o objetivo de marcar o timbre aberto ou fechado das vogais e registrar a posição da sílaba tônica. São três tipos acentos gráficos: acento agudo, acento grave e acento circunflexo. 

Além disso, também são usados os sinais gráficos: til, trema e apóstrofo.

 

Acento agudo

 

O acento agudo (´) é usado para indicar que a sílaba é tônica e que a pronúncia da vogal é aberta

Exemplo:

  • café;
  • maré;
  • música;
  • sofá;
  • parabéns;
  • álbum.

 

Acento circunflexo

 

O acento circunflexo (^) é usado para indicar a sílaba tônica e quando a pronúncia da vogal é fechada ou nasalada

Exemplos:

  • estômago;
  • bônus;
  • pêssego;
  • você;
  • purê.

 

Acento grave

 

O acento grave (`) é usado apenas na vogal “a” para indicar crase, ou seja, quando há contração de artigo definido “a” + preposição “a”.

  • à(s);
  • àquele(s);
  • àquela(s);
  • àquilo.

 

Til

 

É um sinal gráfico (~) usado sobre as vogais “a” e “o” com o objetivo de indicar a nasalização. Vale lembrar que o til nem sempre indica a tonicidade da sílaba.

Exemplos: 

  • órgão;
  • amanhã;
  • órfão;
  • caminhões.

 

Apóstrofo

 

É um sinal gráfico ()usado na escrita para indicar a elisão de fonemas em palavras compostas, geralmente a vogal “e” da preposição “de”.

  • caixa-d’água;
  • copo-d’água;
  • estrela-d’alva.

 

Trema

 

O trema (¨) deixou de ser usado nas palavras de língua portuguesa, desde que o Novo Acordo entrou em vigor. Palavras como “pinguim” e “linguiça” hoje não possuem mais o trema. No entanto, o sinal ainda é usado para nomes próprios estrangeiros e suas palavras derivadas, como “Müller” e “mülleriano”.

 

Leia também: 10 erros gramaticais que quase todo mundo comete

 

Esperamos que este conteúdo tenha tirado as suas dúvidas sobre regras de acentuação. Continue acompanhando o nosso blog e o nosso canal no Youtube e não perca mais dicas como essa! Até a próxima leitura.

Marina Dias

Bacharela em Letras Língua Portuguesa e Literaturas pela UFSC, revisora de textos e redatora.

Assine um plano do Redação Online
Como fazer uma Redação do zero
Guia da Redação ENEM: tudo o que você precisa saber
Como tirar nota mil na Redação ENEM