SOMENTE HOJE: 15% OFF usando o cupom APROVADO15 em todos os planos!

Desafios do trabalho remoto no mundo pós-pandemia | Tema de Redação

globo cercado pelo vírus do COVID-19

Será que o trabalho remoto chegou ao fim agora que a pandemia passou? Elon Musk, o bilionário número 1 do mundo, ordenou que seus funcionários voltassem ao trabalho presencial imediatamente. Enquanto isso, empresas como a Petrobrás optaram pelo trabalho em home office para alguns cargos e outras preferem o trabalho híbrido.

Hoje você é só um vestibulando, mas daqui a alguns anos estará no mercado de trabalho, pense: continuaremos trabalhando remotamente ou voltaremos ao “antigo normal”? Então, gostaríamos que escrevesse uma dissertação-argumentativa sobre o tema “Desafios do trabalho remoto no mundo pós-pandemia”. Logo, para entender o que é trabalho remoto, leia os textos de apoio abaixo. 

 

TEXTO 1

O futuro do trabalho é híbrido e flexível

Por que não oficializar um modelo híbrido, com escritório e home office convivendo? Ou por que não reuniões mais frequentes, em lives, trazendo times de outros estados e países sem custos com deslocamento e mais saldo para investir nos projetos em si? Por que não um happy hour virtual às vezes para integrar todo mundo? Por que não apoiar essa nova forma de trabalhar?

Entretanto, os dias no escritório fazem falta para que as interações sejam mais leves e humanas. O olho no olho, aquela sacada com todo mundo vibrando junto e comemorando frente a frente. Isso faz falta, somos humanos e é isso que nos define.

Li em um artigo de Marc Tawil, na Época Negócios, que pesquisas nos Estados Unidos mostram que no pós-Covid, 20% dos trabalhos poderão ser realizados remotamente entre três e cinco dias por semana. E 60% poderão ser remotos em ao menos um dia por semana. Não tenho mais dúvidas: o futuro do trabalho é híbrido e flexível. Percebe?

Fonte: https://bit.ly/3oSHn36 (Adaptado)

 

TEXTO 2

Os possíveis prejuízos do trabalho remoto à saúde

Quando Cat, de 30 anos, recebeu a oferta de um trabalho totalmente remoto em 2021, aceitou sem pensar duas vezes.

Na ocasião, Cat — que mora em Londres e trabalha em serviços ambientais — já havia trabalhado remotamente devido à pandemia de covid. Achou, portanto, que trabalhar de casa não seria um grande problema.

Mas, nos últimos meses, mudou de opinião.

“Trabalhar sozinha dia após dia é difícil, especialmente quando meu marido está no escritório”, afirma ela. “Às vezes, não vejo ninguém todo o dia, o que pode ser muito solitário. Descobri que, em vez de fazer intervalos para conversar com as pessoas no escritório, pego meu telefone. Esse aumento do tempo de tela com certeza prejudica meu bem-estar.”

Ademais, o trabalho remoto vem sendo defendido como a solução de alguns dos problemas do nosso estilo de vida acelerado pré-pandemia. Para muitos, ele ofereceu a oportunidade de passar mais tempo com os filhos ou de usar o tempo que antes era desperdiçado no transporte para buscar hobbies mais gratificantes.

No relatório New Future of Work (“O novo futuro do trabalho”, em tradução livre), publicado pela Microsoft em 2022, os pesquisadores indicaram que, embora o trabalho remoto possa aumentar a satisfação profissional, ele pode também fazer com que os funcionários se sintam “socialmente isolados, culpados e tentem fazer compensações”.

Fonte: https://bbc.in/3PZS9jJ 

TEXTO 3

Trabalho remoto criará desigualdade entre profissionais

Essa revolução tecnológica terá efeitos duradouros em vários campos. Em um deles, permitirá que as diferenças sociais daqui para a frente não sejam apenas de classe e renda, mas também de regime de trabalho. Profissionais mais qualificados poderão escolher onde, como e quando trabalhar.

Pesquisa recente do Talenses Group com 676 pessoas revelou que apenas 5% dos entrevistados gostariam de voltar ao regime presencial.

Melhores salários, achar sentido no trabalho e buscar qualidade de vida estão entre os principais motivos para aumentos de pedidos de demissão que ocorrem em vários países, como EUA, França e China.

No Brasil, há tendência parecida ao examinarem-se dados do Caged dos primeiros meses de 2022. Apenas em fevereiro, foram 560 mil pedidos de demissão voluntária, maior número da série histórica, iniciada em janeiro de 2004.

No setor de tecnologia, a fuga de talentos é nítida. Uma pesquisa feita pelo LinkedIn mostra que houve um crescimento de 273,59% na ida de profissionais brasileiros para os EUA de maio de 2020 a abril de 2021.

Além disso, as empresas fazem movimentos para contemplar essas insatisfações. O Airbnb liberou seus funcionários para trabalho remoto permanentemente. O Goldman Sachs vai permitir que os chefes tirem folgas quando quiserem. A empresa de tecnologia NovaHaus, de Franca, no interior de São Paulo, adotou semana de trabalho de quatro dias.

(…)

Ademais, um país desigual permite aos mais qualificados largar o trabalho ou o país e aproveitar os confortos da tecnologia. Enquanto isso, o Brasil segue com uma taxa de desemprego em torno de 13%.

Fonte: https://bit.ly/3vCaP0T 

Repertórios socioculturais relacionados ao tema “Desafios do trabalho remoto no mundo pós-pandemia”

 

  • notícia- está sabendo da história sobre Elon Musk e o trabalho remoto na Tesla? Aqui tem tudo que você precisa saber!
  • informativo – uma lista interessante das maiores empresas do mundo que decidiram manter o trabalho home office.
  • opinião – um produtor de conteúdo web português fala das vantagens que vê no trabalho à distância.
  • estatística – veja dados interessantes obtidos pela FGV SP sobre o trabalho remoto.
  • manual – este repertório vai agradar nossos seguidores que já trabalham: aqui há várias dicas para que o trabalho à distância tenha um bom resultado.
  • documentário – para ver este curta-metragem sobre as mudanças das relações de trabalho que estamos vivendo, basta deixar seu e-mail no site.
  • informativo – saiba aqui o que é o modelo híbrido de trabalho – é diferente do modelo remoto?
  • informativo – teletrabalho parece home office; mas não é – veja aqui as diferenças.
  • vídeo – entenda a relação entre a Síndrome de Burnout e o trabalho remoto:
Você acabou de entender tudo sobre essa história de trabalho remoto, ou trabalho à distância, e já pode fazer uma redação sobre os desafios do trabalho remoto no mundo pós-pandemia. Então, nossos professores adorariam ajudá-lo, mostrando o que pode ser melhorado em sua redação! Envie AGORA a sua produção textual pra gente:

QUERO ENVIAR MINHA REDAÇÃO

POSTS RELACIONADOS

Calendário dos Principais Vestibulares 2024

Primeiramente, sabemos a dificuldade que os vestibulandos enfrentam para se organizar. Por isso, preparamos um calendário completo dos principais vestibulares do Brasil para 2024. Aqui,