Leia os textos motivadores abaixo para redigir a proposta de redação que se segue.

Texto 1

O poder das redes sociais no cenário das manifestações brasileiras

 A importância desse meio de comunicação ficou clara durante os protestos no Brasil.

Por Mercado E-Commerce

3 de julho de 2013

Nas últimas semanas, vimos acontecer um fato um tanto quanto incomum no Brasil: grandes manifestações populares em prol da melhoria da qualidade de vida dos brasileiros como um todo. Grandes, pois protestos são bastante frequentes no nosso país, mas, na dimensão dos que vimos acontecer nos últimos dias, não são nada comuns por aqui.

Em um país que conta com quase 200 milhões de habitantes, como movimentar tanta gente por uma, ou várias, causas? Como desviar a atenção da Copa das Confederações em pleno país do futebol?

Pois bem, a ferramenta central de toda essa mobilização, foram, sim, as redes sociais. Vistas erroneamente pelos governantes como apenas um canal de entretenimento, as redes sociais foram de extrema importância para a disseminação das ideias de descontentamento da população e colaboraram muito para a organização dos movimentos, causando mais impacto na opinião pública do que a mídia tradicional.

O que se vê claramente é que além de todo o poder de divulgação e mobilização, as redes se tornaram um espaço aberto para o debate. São comentários, imagens, fóruns, grupos, hashtags, vídeos etc., que foram usados como instrumentos de troca de ideias e discussão, diferente da mídia tradicional, na qual o cidadão comum apenas recebe a informação sem poder interagir de alguma forma. Esta é a característica essencial das mídias sociais: qualquer pessoa que tiver acesso às redes pode dar sua opinião e ficar por dentro do que as outras pessoas estão comentando sobre determinado assunto. São meios bastante democráticos nesse sentido.

De acordo com estudos, vemos que a mobilização foi maior no período entre 18h e 24h, horário em que as manifestações atingiam o máximo de adesão nas ruas. Munidos de aparatos digitais, os manifestantes divulgaram em tempo real tudo o que estava acontecendo durante os protestos, o que gerou intensa movimentação nas redes por parte de quem buscava informação além da transmitida pela TV e rádio. A rede mais utilizada foi o Twitter, com 49,3% de menções, seguida do Facebook com 47,1% e depois o Google+ (1,9%). As principais hashtags utilizadas pelos internautas foram #vemprarua (80 milhões de impactados) e o #ogiganteacordou (60 milhões).

[…]

Fonte: www.mercadoecommerce.com.br Acesso em 23/06/2020

Texto 2

A “cultura de cancelamento” foi eleita como termo do ano em 2019

Por Felipe Demartini

02 de dezembro de 2019, às 10h53

A “cultura de cancelamento” foi eleita como o termo do ano pelo Dicionário Macquarie, um dos responsáveis por selecionar anualmente as palavras e expressões que mais moldaram o comportamento humano. Trata-se de uma eleição que leva em conta a língua inglesa, mas que, por meio das redes sociais e da comunicação, sempre acaba escorrendo para outros idiomas — como o próprio destaque de 2019 comprova.

Movimento que tem força principalmente nas redes sociais, a cultura do cancelamento envolve uma iniciativa de conscientização e interrupção do apoio a um artista, político, empresa, produto ou personalidade pública devido à demonstração de algum tipo de postura considerada inaceitável. Normalmente, as atitudes que geram essa onda são do ponto de vista ideológico ou comportamental.

Nas palavras do Dicionário Macquarie, a cultura do cancelamento é “um termo que captura um aspecto importante do estilo de vida deste ano. Uma atitude tão persuasiva que ganhou seu próprio nome e se tornou, para o bem ou para o mal, uma força poderosa”. O termo é selecionado por um comitê de linguistas, especialistas e teóricos selecionados pela instituição, encabeçando uma lista de quatro que também é submetida à votação do público.

[…]

Fonte: www.canaltech.com.br Acesso em 23/06/2020

Texto 3

Tirinhas e charges: os protestos |

Fonte: www.amorimcartoons.com.br Acesso em 23/06/2020

Com base na leitura dos textos motivadores, somada a seus conhecimentos pessoais, redija uma redação no gênero dissertativo-argumentativo, com tamanho máximo de 30 linhas, na modalidade padrão da Língua Portuguesa, com o tema A importância das redes de relacionamento on-line para os movimentos sociais.

CONFIRA REPERTÓRIOS PARA ESTE TEMA CLICANDO AQUI!

QUERO USAR ESSE TEMA!

Leia também:

Tema de Redação: Racismo velado

Tema de redação: Estereótipos na mídia e na literatura

Tema de Redação: Os desafios dos atletas paraolímpicos no Brasil

Tema de redação: A submissão feminina na sociedade

Tema de Redação: Sororidade e união entre as mulheres

Tema de Redação: Os direitos e a condição das mulheres transgênero no Brasil

Comentários do Facebook