Como é a redação do vestibular UEMA?

por | jul 1, 2022

Início » Vestibulares » Como é a redação do vestibular UEMA?

Este artigo é fundamental para quem vai prestar vestibular na UEMA, Universidade Estadual do Maranhão: vamos mostrar como funciona a redação UEMA em detalhes!

Na UEMA, o órgão que cuida da prova de vestibular é o PAES, Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior. 

 

O que a UEMA cobra na redação?

 

Verificamos as últimas provas do vestibular da UEMA, desde 2017. Todas pediam redações dissertativo-argumentativas (que esmiuçamos para você num outro artigo, lembra?). 

A tendência tem sido a de temas voltados à observação do comportamento humano. Os temas são de conhecimento geral, mas supõem um certo grau de abstração e maturidade. Algumas das provas de redação da UEMA oferecem esse tipo de tema a partir de trechos de livros da lista obrigatória – isso é importante lembrar!

Veja só o que foi pedido nos anos anteriores: 

  • 2022 – “Que importam a solidariedade e o amor? Viver a vida na igualdade é apodrecer num charco”
  • 2021 –  Macunaíma representa, de fato, o brasileiro como ele é? Por quê?
  • 2020 – o brincar e o desenvolvimento humano
  • 2019 – a exposição sem limites e arriscada nas redes sociais
  • 2018 – como conciliar tradição e modernidade na construção de uma cidade cidadã?
  • 2017 – o diálogo como alicerce para convivência entre as pessoas e o conhecimento

Quer saber como interpretar temas subjetivos? Confira essa videoaula que está em nosso canal do Youtube:

 

https://www.youtube.com/watch?v=ZHwNx84ZiTE

 

Como a redação UEMA cobra esses temas?

 

Essa pergunta é muito importante! A prova da UEMA pede redação dissertativa-argumentativa, e isso vem claro no edital. É a estrutura mais pedida, então aqui não há nada novo. 

No entanto, a prova  de redação pode pedir gêneros diferentes que usam a dissertação argumentativa. Por exemplo, pode ser pedida uma carta, um artigo de opinião, ou outro gênero textual, e isso será feito no dia da prova, é preciso estar preparado! Mas seja qual for o gênero pedido, é preciso seguir a estrutura básica da redação argumentativa – precisa haver tese e argumentos. 

Sobre os temas que podem cair, o edital da UEMA deixa claro que o conteúdo necessário para a prova de redação é aquele aprendido no ensino médio. Se você vai se candidatar a ela, mantenha-se atento às aulas e aos assuntos em destaque na mídia. É o suficiente. 

Na prova de redação UEMA serão oferecidos só textos nacionais,  para dar uma base ao candidato quanto ao que ele pretende escrever. Calculamos que haverá cerca de 1,5 hora para a redação, supondo que o candidato resolva cada uma das 60 questões de múltipla escolha em 3 ou 4 minutos. E se ele tiver alguma necessidade especial quanto à visão ou audição, haverá um especialista que o acompanhará durante a prova.

 

Como é feita a correção da redação UEMA?

 

Se você vai prestar UEMA, antes de qualquer coisa, é bom saber que a redação só será corrigida se você acertar pelo menos 15 questões da prova objetiva.

A nota será numa escala de 0 a 10, sendo que vai variar a cada 0,5 ponto na grade de correção. A correção será feita por dois corretores, e a média das notas dos dois corretores será a nota da redação, que pode variar em 0,25 na definição da nota final.

E se houver muita diferença entre as duas notas?

Bem, se houver uma diferença de mais de 1 ponto entre as duas notas dos corretores, então haverá um terceiro corretor. 

Precisamos reforçar que a redação UEMA precisa ser feita com todo o capricho por dois motivos:

  • Primeiro porque é essa nota que será usada primeiro em caso de empate entre candidatos;
  • Segundo porque, caso a nota na redação for inferior a 2, infelizmente o candidato estará automaticamente desclassificado, independentemente de quantas questões objetivas tiver acertado. 

 

O que é avaliado na redação UEMA?

 

A UEMA avalia a redação de forma semelhante aos outros vestibulares. Caso você deseje prestar o vestibular UEMA, vamos detalhar agora os 5 critérios usados pelos corretores – observe com muita atenção, e você vai nos agradecer depois:

  1. Atendimento ao tema proposto – Veja se você relaciona bem os textos fornecidos com seus argumentos no seu texto; veja se escreve com personalidade, sem usar fórmulas escolares; você fala do assunto com maturidade suficiente? Este quesito analisa sua capacidade crítica. 
  2. Coesão entre as partes do texto – Preste atenção às ligações entre suas ideias, sejam elas feitas por conectivos ou simplesmente por ideias; estão tranquilas tanto entre parágrafos quanto dentro deles? Certeza de que o leitor não vai se perder em algum momento?
  3. Coerência dos argumentos – Seu texto tem aquela estrutura que toda dissertação argumentativa tem? Isso é fundamental! Não há nenhum parágrafo repetitivo? O leitor vai entender fácil a  relação que você faz entre uma coisa e outra?
  4. Atendimento ao tipo de texto proposto – Seus argumentos realmente justificam sua tese? Provam mesmo que você tem motivos plausíveis para ter aquela opinião?
  5. Domínio do padrão culto escrito da língua – Você usa palavras adequadas à leitura de alguém como um professor? Não use nada que seja coloquial, ein! E atenção para erros de gramática: não fique só nos acentos e nas vírgulas: veja a concordância em geral.

 

Em qual caso a UEMA zera a redação?

 

É bom se prevenir para não zerar, claro! Veja quando a UEMA zera a redação do candidato:

a) se ele escrever seu nome ou assinar na folha final de sua redação;

b) se ele escrever seu texto em forma de poesia, com versos (parece absurdo, mas sempre é bom lembrar isso…);

c) se ele desenvolver seu texto usando alguma forma que não o texto escrito, por exemplo, usando só números, ou desenhos, ou palavras soltas;

d) se ele fugir do tema (este é clássico);

e) se ele fugir do tipo de texto pedido;

f) se a escrita for ilegível;

g) se ele escrever a lápis;

h) se ele escrever menos de 15 linhas;

i) e se deixar a folha final da redação em branco.

Sobre o item g, acima, lembramos que no dia da prova é preciso levar caneta azul ou preta de corpo transparente e de traço grosso.

 

Pronto, RedAluno! Agora que você sabe tudinho sobre a prova de redação UEMA, que tal treiná-la com a gente! A gente também faz correção de redações para o vestibular UEMA!

 

 

Margarete Pulido é redatora e professora pela USP há mais de 30 anos, e é especializada em desbloqueio de escrita. Atualmente também cuida de seu próprio blog, escrevacertoblog.wordpress.com.

Assine um plano do Redação Online
Como fazer uma Redação do zero
Guia da Redação ENEM: tudo o que você precisa saber
Como tirar nota mil na Redação ENEM