logo redação online

Os impactos do fanatismo para o indivíduo e a sociedade | Tema de redação

torcedores fanáticos

Você viu o título deste artigo e já pensou naquelas pessoas que discutem por política ou por futebol, não é mesmo? Mas será que você não é fanático por alguma banda musical? 

Tem fanatismo pra todo mundo, cada um com suas consequências. Assim, é sobre isso que queremos pensar hoje. 

Desse modo, eia os surpreendentes textos abaixo e escreva uma dissertação argumentativa sobre o tema “os impactos do fanatismo para o indivíduo e a sociedade”. Esse é um treino para o Enem, então, acrescente propostas de intervenção.

 

TEXTO 1

 

Alguém poderá argumentar, com aparente razão, que o fanatismo racista de Hitler, ou o fanatismo ideológico de Stalin também provocaram milhões de sacrifícios humanos [comparado ao fanatismo religioso]. Vejo, contudo, muito do fanatismo religioso entre os seguidores desses líderes, que os tinham como verdadeiros deuses. A verdade dos nazistas era dogmática, não racional. Do contrário, como entender que um povo tão evoluído culturalmente como o alemão pudesse ter aceitado nas ideias nazistas que ensinavam que o mais idiota dos loiros de olhos azuis, só por ser ariano (seja lá o que isto possa significar) era de uma “raça” superior a, por exemplo, Albert Einstein, um judeu? O mesmo pode-se dizer dos seguidores de Stalin, que duvidaram durante décadas da imensidão dos seus crimes em nome de um socialismo altamente discutível.

Adaptado de blog editora contexto

 

TEXTO 2

 

A linha tênue entre o amor e o fanatismo por celebridades musicais

 

O problema [do fanatismo] surge quando tal admiração atinge um ponto em que o fã não consegue tolerar aquilo que é diferente ou antagônico a seu objeto de fanatismo. “Preciso anular as outras bandas, as outras pessoas que discordam de mim, e acabo reforçando aquele pensamento de que a minha banda é melhor. Ao anular o diferente, eu vou cada vez mais fechar esse ciclo de mesmice, reforçando minhas próprias crenças”, exemplifica psicólogo Thiago Marques

À exemplo disso, podemos citar a rixa existente entre os fandoms army e blink, grupos de fãs das bandas sul-coreanas BTS e Blackpink, respectivamente. Assim, Os dois grupos se atacam frequentemente nas redes sociais, dirigindo comentários ofensivos uns aos outros. Essa relação deve-se à competitividade, pelo fato das duas bandas, atualmente, serem as mais populares do cenário do K-Pop. Os integrantes das próprias bandas nunca pronunciaram-se negativamente uns contra os outros, mas seus fãs acreditam que as ofensas são um modo de demonstrar qual banda é melhor.

Outras características prejudiciais que se manifestam em indivíduos com comportamentos fanáticos, segundo o psicólogo, são os pensamentos obsessivos, ciúmes, ideias delirantes e ciclos de pensamento que sempre levam a um determinado objeto de sacramentalização.   

 

Fonte: web cache google

TEXTO 3 

Fonte:  cenpah

 

TEXTO 4

 

Mortes por causa de um jogo: O que o fanatismo pelo futebol esconde

 

O último sábado foi um dia de muita festa para os palmeirenses com a vitória do verdão, por 1 a 0, na final da Libertadores. Mas, apesar da alegria que gerou muita comemoração, o saldo dessa conquista foi negativo e triste para alguns torcedores. Em São Paulo, Leonardo Souza Ceschini, de 34 anos, foi preso em flagrante após esfaquear e matar a esposa, Érica Fernandes Ceschini, durante uma discussão motivada por conta do título conquistado pelo Palmeiras.

A polícia militar foi acionada por vizinhos e, quando chegou ao local, encontrou a mulher caída no chão da cozinha. Ela foi atendida, mas não resistiu aos ferimentos. “O motivo de tudo foi desavenças devido a cada um ser torcedor de um time de futebol diferente, observando a final da Taça Libertadores da América: ela palmeirense, ele corintiano”, descreve o boletim de ocorrência.

Fonte: noticias r7

 

TEXTO 5

 

“O fanatismo é a única forma de vontade que pode ser incutida nos fracos e nos tímidos.”

(Friedrich Nietzsche)

 

 

Repertórios socioculturais relacionados ao tema “Os impactos do fanatismo para o indivíduo e a sociedade”

 

vídeo – Luiz Hanns é psicólogo e detalha como são as pessoas fanáticas sobre política.

 

 

filme – “O experimento de aprisionamento de Stanford” é produção de 1971; ele conta um experimento real da Universidade Stanford, EUA para se compreender o fanatismo de grupos. 

reportagem – no país do futebol é bem comum o fanatismo do pai atingir o filho… veja alguns casos.

entrevista – O psiquiatra Fernando Neves, da Faculdade de Medicina da UFMG, explica tudo sobre as consequências físicas do fanatismo (sim, tem consequências físicas!).

vídeo – um trabalho interessante sobre o fanatismo no mundo dos ídolos musicais, feito pelo pessoal da Universidade Metodista.

 

 

notícia  – um fanatismo por futebol pode dar boa coisa? às vezes parece que sim – veja o caso do jogador Filipe Luis.

vídeo – outro psiquiatra, desta vez o dr. Luiz Pedroso detalha mais as consequências mentais do fanatismo.

Ótimo tema o que escolhemos para hoje: ele pode cair na prova de redação do Enem. Por isso é bom entender mais a fundo os impactos do fanatismo para o indivíduo e a sociedade. 

Para ajudar você, temos outros artigos que os internautas amam. Além disso, temos professores de verdade prontos para mostrar como melhorar sua redaçãoconheça nossa equipe de corretores!

POSTS RELACIONADOS