logo redação online

Assuntos ligados à pandemia para seu repertório | Redação ENEM 2020

globo cercado pelo vírus do COVID-19

Conheça assuntos ligados à pandemia que podem fazer parte do tema de redação 2020. Enriqueça seu repertório e tire uma boa nota!

É inegável que a pandemia de coronavírus que enfrentada neste ano de 2020 mudou nosso modo de viver. Hoje, não são apenas medidas de proteção, uso de máscaras, distanciamento social que entraram na nossa rotina. Certamente, mudamos também nosso modo de estudar, de trabalhar e de obter momentos de lazer. E tudo isso com o cuidado que o momento exige. Assim, essas “novidades” alertaram para muitos problemas na nossa sociedade, e escancararam outros. Por isso – e por ser um evento ainda do primeiro semestre do ano – vale a pena conhecer alguns assuntos ligados à pandemia que podem fazer parte do tema de redação Enem.

Já comentamos aqui que é pouco provável que a crise gerada pela Covid-19  seja o tema de redação Enem. De fato, o assunto esteve muito presente nos noticiários e no cotidiano de todos nós. Assim, por geralmente o Enem buscar surpreender com a temática da prova, é normal pensarmos que buscarão outra questão para ser debatida. Mas, justamente pela força e relevância da pandemia, nada impede que a banca nos surpreenda de outra forma. Além disso, outras instituições de ensino superior podem cobrar essa temática em seus vestibulares. Portanto, não custa nada nos prepararmos para tratar sobre os assuntos ligados à pandemia que listaremos a seguir.

Boa leitura! Mas lembre-se: não se trata de tentar adivinhar o tema, pois não temos como saber. São apenas sugestões para que você se prepare e busque repertório para ir bem na redação diante de qualquer possiblidade!

1. Saúde Mental

Muito se comenta sobre os efeitos da pandemia no estado emocional das pessoas. O distanciamento social, imposto especialmente nos primeiros meses no Brasil, levantou essa questão. Embora muitas pessoas não sigam mais rigorosamente os protocolos e já exista há algum tempo um relaxamento das medidas protetivas, tudo isso ainda impacta a saúde mental. Quem está longe de suas atividades, trabalhando  ou estudando em casa desde março, pessoas em grupo de risco, profissionais de saúde têm sido os mais afetados. Portanto, vale a pena ler alguns artigos sobre o assunto – abundantes na internet – e pensar também na saúde mental como um todo. Como é a oferta desse tipo de tratamento no Brasil? A população tem fácil acesso a esse serviço? Pesquise!

2. Miséria e desemprego

Com a necessidade de as pessoas evitarem sair de casa, fechamento do comércio e serviços, a crise econômica se agravou. Muitas pessoas não tinham recursos para se manter, pois dependiam dos empregos – que muitos perderam. O governo instituiu o auxílio emergencial no sentido de diminuir o problema, mas não foi o suficiente para todos. Além disso, houve muitos problemas no sistema implementado para solicitação e recebimento das parcelas. Atualmente, com os números de casos e mortes superando, em alguns estados, os do primeiro semestre, a preocupação é saber como será  início de 2020. Quais medidas tomar para garantir emprego e renda? Como fica a situação da população mais vulnerável?

3. Liberdade de imprensa e direito à informação

O caos gerado pela pandemia criou tensões entre governo e imprensa logo nos primeiros meses. Entre as medidas provocadas por esse embate está a criação do Consórcios de Coletivos de Imprensa, que passou a divulgar os números relativos à contaminação e mortes. Isso porque o governo tentou impedir a apuração de tais dados. Cabe pensar no direito da população a receber informações corretas, no dever do jornalismo de informar e do governo em preservar a população. Como haver harmonia nessas relações? Quais interesses estão em jogo? Reflita!

4. Negacionismo

A solução para a pandemia depende muito da ciência. No entanto, ela está extremamente desvalorizada em nosso país. O surto de coronavírus fez surgir indicações de remédios sem comprovação de eficácia para Covid-19 como milagrosos e até como tratamento precoce. Além disso, tais medicações apresentam contraindicações que pouco ou nada se comentou. Aqui além da negação da ciência, podemos pensar também na automedicação e seus efeitos. Medidas de proteção, como uso de máscara, foram desacreditadas por uma parcela da população. Isso agravou ainda mais o quadro sanitário do país. Pense, portanto, nos impactos disso tudo em nossa sociedade, caso isso apareça na prova!

5. Movimento antivacina

Um dos assuntos ligados à pandemia que pode virar tema de redação é o movimento antivacina. Inclusive, se quiser treinar e saber mais sobre isso, acesse a nossa proposta e escreva uma redação sobre essa questão.

6. Importância da saúde pública

Há algum tempo se aposta que o Enem pedirá um tema relacionado à saúde pública. Será que finalmente chegou a vez? De fato, sem o Sistema Único de Saúde, em um país com tantas desigualdades, muitas pessoas não conseguiriam arcar com seu tratamento em caso de contaminação por coronavírus. Basta obervarmos a situação de endividamento de muitas famílias em países em que não possuem sistema de saúde gratuito para entender a gravidade da questão. Com certeza é relevante, então, conhecer mais sobre o nosso SUS e sobre o serviço de saúde nacional.

7. Exclusão digital

Na maioria das localidades brasileiras, as aulas presenciais foram e seguem suspensas. Seja ensino público ou privado, o fato é que todos os atores desse cenário precisaram se adaptar. Mas como aprender sem acesso à internet em casa ou sem ter um bom computador? Quem está se preparando para Enem neste ano e concluía o ensino médio teve um desafio duplo. Pense em como foi para você essa experiência e também coloque-se no lugar de quem tem menos recursos do que você. O que pode e deve ser feito para que a educação seja, de fato, para todos?

Essas são algumas das nossas sugestões de assuntos ligados à pandemia que têm chance de aparecer na redação. E qual o se palpite? Escreva-o nos comentários e ajude outras pessoas a se prepararem também!

propaganda redação online

POSTS RELACIONADOS