logo redação online
filósofos para usar na redação

Filósofos para usar na redação do enem

Conheça alguns filósofos para usar como repertório em suas redações!   Para quem está focado(a) nas provas do Enem, em especial, para quem treina redação, não é novidade que ter um bom repertório faz muita diferença. Isso porque, quando bem utilizado no texto, pode garantir um desenvolvimento das ideias mais profundo, o que impacta a nota de algumas competências. Portanto, além de treino, é fundamental que você separe um tempo para ampliar seus conhecimentos nas diversas áreas. Assim, você conseguirá se sair bem diante de qualquer tema. Hoje, trouxemos sugestões de filósofos para usar na redação. Associar algumas teorias e citações com o tema, geralmente, é uma boa estratégia. Você está preparado(a)? Se não, comece a anotar!   Byung-Chul Han   Nem só de K-pop vive a Coreia do Sul. Este pensador sul-coreano é um dos grandes nomes do momento entre os filósofos para usar na redação, em especial porque ele lança um olhar apurado para a sociedade contemporânea. Em suas obras, ele trata das relações – em especial de trabalho – em que, em nome de uma “liberdade” o que se vê são pessoas coagidas. Como assim? Bom, você já ouviu falar em ser “empresário de si mesmo”, não

Leia mais »
IMAGEM SOBRE ÓRGÃOS DO GOVERNO PARA CITAR NA REDAÇÃO

Proposta de intervenção: quais órgãos do governo citar?

Sempre surge a dúvida de quais órgãos do governo citar na proposta de intervenção da redação ENEM! Pensando nisso, resolvemos facilitar sua vida e listar os mais importantes! Não é novidade que uma boa proposta de intervenção pode garantir 200 pontos na sua redação para o Enem. Ela é avaliada na competência V e, para ser considerada completa, precisa conter agente, ação, modo/meio, efeito e detalhamento de algum dos itens anteriores. Portanto, treinar as propostas é fundamental para quem quer tirar uma excelente nota – ou, por que não, atingir a tão sonhada nota mil. Mas será que você sabe fazer uma proposta de intervenção interessante e, principalmente, coerente? Então, acontece que, algumas vezes, os participantes até conseguem pensar em uma ação bacana e que tenha um efeito bom. Porém, a associam a órgãos/entidades que não têm competência para colocá-la em prática. Alguns dos exemplos mais clássicos são: Assim, para você não ficar mais perdido(a) na hora de dizer quem vai fazer a ação que você pensou para o tema de redação, vamos explicar aqui o que fazem alguns órgãos do governo. Lembre-se de que há outras possibilidades de agentes, fora o governo, tá? Então, não se limite a eles.

Leia mais »
diferença entre assunto e tema de redação

Qual a diferença entre assunto e tema da redação?

É muito importante conhecer a diferença entre ASSUNTO e TEMA se você está se preparando para a redação do ENEM, vestibular ou concurso! Aprenda conosco neste artigo!   Entre todas as provas que os estudantes encaram, de olho em uma vaga na universidade ou num concurso, a redação é aquela que mais apreensão causa. E o motivo todo mundo já conhece: não saber se está preparado(a) para escrever sobre o tema de redação. Mas você sabia que muita gente confunde assunto e tema e, por isso, acaba, às vezes, fugindo daquilo que deveria ter tratado no texto? Pois é, por isso, neste post, vamos mostrar para você a diferença entre eles para que isso não seja mais uma coisa para se preocupar. Vamos lá?   O que é o assunto de uma redação?   Quando procuramos o assunto de uma redação, estamos falando de algo mais amplo, genérico, que pode servir de base para diversos temas. Como assim? Calma! O assunto pode ser algo como cidadania, desigualdade, violência urbana, sustentabilidade. Ou seja, lembra de quando a gente conversou por aqui sobre eixos temáticos? Pois então, eles nada mais são do que ASSUNTOS (gerais) que podem cair na prova. Porém, não

Leia mais »
erros gramaticais mais comuns

10 erros gramaticais que quase todo mundo comete

Conheça os 10 erros gramaticais mais frequentes e pare agora mesmo de cometê-los. Saiba tudo sobre eles neste post! Embora no dia a dia desvios gramaticais sejam muito comuns e até mesmo aceitáveis, em provas de redação, sejam de concurso ou vestibular, é necessário evitá-las. Isso porque conhecer a norma padrão culta da língua portuguesa é, invariavelmente, pré-requisito desse tipo de processo de seleção. Assim, saber algumas regras gramaticais é fundamental. Porém, há alguns desvios que são mais comuns do que se imagina e acabam quase virando regras (mas daquilo que NÃO se deve fazer). Então, neste post separamos os 10 erros gramaticais que quase todo mundo comete para você ficar atento(a) a eles. Afins Se você não está a fim de perder pontos na competência 1 do Enem, por exemplo, precisa saber disto aqui. Muita gente confunde a fim (separado) e afim (junto). Os significados são bem distintos, então o uso de um ou outro muda completamento o sentido da frase – ou mesmo deixa ela sem sentido. Não se esqueça mais: A fim (separado) usa-se sempre quando se fala de finalidade ou desejo (Ela está a fim de tirar 1000 na redação). Afim (junto) usa-se para indicar afinidade,

Leia mais »

O conflito entre gerações | Tema de Redação

Confira os textos motivadores a seguir e escreva uma redação sobre o tema ”O conflito entre gerações”!   Leia os textos motivadores a seguir. Assim, com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo sobre o tema ”O conflito entre gerações”. Use a modalidade escrita formal da língua portuguesa e apresente proposta de intervenção que respeite os direitos humanos. Então, selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.   Texto 1   Para o sociólogo húngaro Karl Mannheim, a geração consiste em um grupo de pessoas nascidas na mesma época, que viveram os mesmos acontecimentos sociais durante a sua formação e crescimento e que partilharam a mesma experiência histórica, sendo esta significativa para todo o grupo. Estes fatores dão origem a uma consciência comum, que permanece ao longo do respectivo curso de vida. A interação de uma geração mais nova com as precedentes origina tensões potencializadoras de mudança social. O conceito que aqui está patente atribui à geração uma forte identidade histórica, visível quando nos referimos, por exemplo, à “geração do pós-guerra”. O conceito de “geração” impõe a consideração da complexidade dos fatores de estratificação social e da convergência sincrônica de todos

Leia mais »