A influência do streaming na Indústria do entretenimento | Tema de redação

plataformas de streaming

Primeiramente, lembra quando você precisava organizar seu horário para ver suas minisséries favoritas e seus programas de TV preferidos? Assim, surgiu o streaming! Então, se você é tão jovem que nem percebe a revolução que isso significou, bem como abalou a indústria do entretenimento, certamente, é mais um motivo e tanto para fazer nosso tema de redação desta semana. 

Nesse sentido, para treinar esse tema que pode cair no próximo Enem, sobretudo, basta ler os textos motivadores abaixo, como também escolher alguns repertórios no final deste artigo. Por fim, escreva uma redação dissertativa-argumentativa sobre o tema “A influência do streaming na Indústria do entretenimento”.
O quê?! Você é novo por aqui? Antes de tudo, comece lendo como fazer uma argumentação forte, e como citar agentes na proposta de intervenção.

TEXTO 1

O impacto dos serviços de streaming na indústria do entretenimento

Alcance Global e Diversidade

Os serviços de streaming explodiram completamente quando se trata de alcance global e conteúdo diversificado. Eles ultrapassaram fronteiras, trazendo-nos shows incríveis de todo o mundo.

Estamos falando de séries mundialmente famosas como La Casa de Papel da Espanha, o alucinante Dark da Alemanha e o super emocionante Narcos da Colômbia. Esses programas se tornaram grandes sucessos, não apenas em seus países de origem, mas em todo o mundo.

E com as plataformas de streaming, estamos agora expostos a um mundo totalmente novo de contar histórias e podemos explorar várias culturas.

traduzido livremente de https://digitalagencynetwork.com/the-impact-of-streaming-services-on-the-entertainment-industry/

TEXTO 2

Como o streaming transformou nossa forma de consumir filmes e séries

A popularização dos serviços de streaming transformou radicalmente a forma como a sociedade consome filmes e séries, e não é preciso ir muito longe para constatar isso. Basta, na verdade, voltar duas ou três décadas no tempo, quando a única maneira de consumir esses produtos era recorrendo aos cinemas ou às locadoras. Para além do catálogo quase infinito na ponta dos dedos, os espectadores agora adquiriram novos hábitos, como maratonar as séries ou até assistir o filme preferido em velocidade mais rápida.

fonte: https://www.cnnbrasil.com.br/entretenimento/como-o-streaming-transformou-nossa-forma-de-consumir-filmes-e-series/

TEXTO 3

Demonstrar a influência do streaming no rádio

fonte: https://tudoradio.com/noticias/ver/23375-em-periodo-de-alta-no-consumo-qualidade-do-streaming-das-radios-e-aprovada-por-ligeira-maioria-em-enquete-do-tudoradiocom#google_vignette

TEXTO 4

Efeito Netflix: como a TV Streaming mudou o consumo

De acordo com o Hub Entertainment Research, é possível comprovar que a Netflix já superou a preferência pela TV aberta nos EUA na hora de ver séries.

CASO DE AMOR COM O STREAMING

97% dos consumidores têm o hábito de usar algum serviço de streaming.

29% dos usuários de streaming conheceram a plataforma através de publicidade digital.

54% do público de TV paga escolhe o serviço com base em anúncios.

A TV paga teve uma queda no número de assinantes de 73% (2014) para 68% (2017).

SERVIÇOS MAIS UTILIZADOS

STREAMING

91% – Netflix

80% – Youtube

13% – HBO Go

HORA DA ESCOLHA

76% optam pelo serviço de streaming por conta do preço.

71% decidem pelo catálogo de conteúdo.

56% escolhem serviços que ofereçam mais lançamentos e conteúdos originais.

BINGE-WATCHING: QUEM NUNCA?

Refere-se ao comportamento viciante de assistir uma série de uma vez só.

Binge racing é como uma competição para assistir a série completa em 24 horas a partir do lançamento.

8,4 milhões de pessoas no mundo são supermaratonistas de séries, segundo a Netflix.

fonte: https://infobase.com.br/infografico-efeito-netflix-como-tv-streaming-mudou-consumo/ 

TEXTO 5

As 10 principais maneiras pelas quais o streaming mudou a forma como assistimos TV

(…)

Serviços de streaming incentivam a exibição de “ruído branco”

Na verdade, os serviços de streaming encorajaram mais visualização de “ruído branco” por parte dos telespectadores. A maioria dos serviços tem configurações nas quais os espectadores podem programar suas TVs para manter episódios progressivos sem aviso, e as mensagens de rotina que aparecem perguntando se os espectadores “ainda estão assistindo” depois de horas gastas em um programa podem ser desligadas. Não apenas isso, mas muitas empresas de streaming oferecem uma programação no estilo ruído branco que se dedica exclusivamente à meditação, em vez de ter personagens e história. Resumindo, o streaming espera que o público mantenha suas TVs ligadas 24 horas por dia, 7 dias por semana e seja projetado para isso.

(…)

O streaming acabou com o domínio da publicidade

Os anúncios eram o maior aborrecimento para todos os telespectadores, interrompendo os programas a cabo no que parecia ser a cada cinco minutos e efetivamente tirando o público da história. O TiVo foi uma graça salvadora por um tempo, permitindo que os espectadores avançassem rapidamente através de interrupções incômodas. No entanto, a Netflix realmente mudou o jogo ao oferecer uma programação infinita sem interrupção publicitária à vista, fazendo com que muitos serviços de streaming seguissem o exemplo. Agora, os assinantes geralmente têm que pagar uma taxa maior (embora ainda pequena) na maioria dos serviços para renunciar aos anúncios, mas mesmo a natureza em que os anúncios aparecem ao assistir programas no Peacock ou Hulu é mais curta e menos perturbadora do que era na TV a cabo.

traduzido livremente de https://screenrant.com/how-streaming-changed-tv-biggest-ways/#streaming-ended-advertising-39-s-dominance

Repertórios socioculturais relacionados ao tema “A influência do streaming na Indústria do entretenimento”

estatística – primeiramente, veja alguns número que você pode usar como repertório: revelam que o interesse por TV a cabo caiu devido ao streaming! 

reportagem – além disso, não comece seu rascunho antes de ver este relato completo sobre como o streaming de filmes tem mudado nosso comportamento – inegavelmente impressionante!

música –  outrossim, o título “Parabolicamará” é música de Gilberto Gil, na qual encontramos trechos ótimos para seu repertório, como este: “Pela onda luminosa/Leva o tempo de um raio/Tempo que levava Rosa/Pra aprumar o balaio”

vídeo – em contrapartida, ouviu falar das greves de atores de Hollywood?! então, este vídeo pode lhe explicar o que o streaming tem a ver com isso.

música –  ademais, procure ouvir a música “Cinema Olympia”, de Caetano Veloso – já que traz todo o romantismo dos cinemas de rua!

reportagem – sem dúvida, os streamings podem estar entrando em decadência…por isso, veja os números e tire sua conclusão sobre isso. 

vídeo – só para exemplificar, adivinhe qual classe social mais consome vídeos em streaming… descubra neste “short” (já que isso, sem dúvida, pode fazer diferença na sua argumentação).
estatística – afinal, será que o cinema vai acabar, com a chegada dos streamings? não deixe de ver este artigo, cheio de números e dados que respondem a essa pergunta.

Portanto, se você chegou até aqui, certamente está interessado em escrever sobre a influência do streaming na indústria do entretenimento, pois já viu que pode cair na prova!
Assim sendo, nossos professores ficaram felizes e mandaram avisar: assim que passar sua redação a limpo, pode enviar para eles!

POSTS RELACIONADOS

⏰ O cupom loucura com 40% de desconto acaba em:

  • 00Dias
  • 00Hrs
  • 00Min
  • 00Seg