SOMENTE HOJE: 15% OFF usando o cupom APROVADO15 em todos os planos!

Como começar a estudar para o Enem 2024?

Como iniciar a preparação para o Enem 2024

No artigo de hoje temos o cronograma perfeito para quem quer iniciar a preparação para o Enem 2024 sem afobação. E do zero! Você vai ver dicas comprovadas para dar conta de todas as disciplinas.

Imagine estudar com a calma inabalável de um sábio, navegando pelas suas apostilas com foco total, mantendo uma rotina do começo ao fim! Como começar a preparação desse jeito para o Enem 2024? 

Role a tela mais um pouquinho e vamos começar com quanto tempo diário você precisa dedicar nessa jornada para enfrentar as difíceis provas do Enem. 

Fizemos essa pergunta a nossos alunos de redação que se deram bem no Enem, e de 6 a 8 horas diárias é uma boa média.

Antes de qualquer coisa, qualidade é mais importante que quantidade, caro aluno. Logo, não se trata apenas de acumular horas – trata-se de fazer com que essas horas realmente valham a pena. 

Você pode usar um aplicativo de cronograma, como o Aprovado, onde distribuirá as disciplinas todas, como seu horário na escola (lembra dele?).

Na escola você provavelmente tinha mais aulas de matemática e português, e isso pode continuar sendo assim, já que são disciplinas com muitas matérias, e básicas para entender todo o resto. 

Nesse sentido, prefere começar seu dia de estudos com matérias nas quais você tem mais facilidade? Ou nas quais tem mais dificuldade?

Por isso, analise o que é melhor para você.

Uma coisa é importante lembrar: sábados também são dias de estudo, ok? Pois é, estudar nos sábados significa ter cerca de 40 dias a mais de estudo em comparação com quem só estuda de segunda a sexta!

Antes de tudo, o que mais você precisa fazer para se preparar sem solavancos?

Primeiramente, não é preciso ter um cronograma somente para redação –  basta reservar algum dos horários para ela! É importante lembrar o seguinte:

  • você vai precisar de 2 horas semanais para escrever sua redação;
  • você vai precisar de 30 minutos semanais para ler a correção da sua redação;

Aliás, e se você não conseguir escrever sua redação em 2 horas?

Boa pergunta! E a resposta é: não ultrapasse esse tempo! Pare de escrever e envie como conseguir para nossa equipe corrigir. Portanto, é preciso simular o tempo real que você terá para escrever a redação!

Estudar não é apenas se sentar, abrir a apostila e fazer exercícios sem parar. E a sua vida emocional, como fica? Faça assim:

1- Tenha metas claras

Você sabe, caro aluno, a matéria da prova do Enem pode parecer arrasadora… São anos e anos de preparação para rever em alguns meses! Mas experimente só dividi-la em partes e verá como tudo fica mais fácil de dominar!

Então, antes mesmo de montar seu cronograma, defina metas específicas para cada sessão de estudo (uma sessão de estudo é um dia de estudos.)

Pense nos sábios da Antiguidade: eles conquistavam seu saber parte por parte (não tinham estresse nem ficavam de cama apesar de estudarem tanto). Por isso, eles tinham metas! Copie-os.

Analise seu material de estudos, e decida em que ponto dele quer estar no fim de semana, no fim do mês, no fim do trimestre e assim por diante. Então, basta fazer isso de forma clara.

E qual o melhor horário do dia para estudar?

2- Tenha uma rotina matinal

Calma, não estamos dizendo que você precisa virar uma pessoa matutina, mas acordar um pouco mais cedo pode ajudar a começar o dia de estudos com o pé direito sim! 

Só para ilustrar, mesmo que você seja uma pessoa noturna ou vespertina, nunca ignore o potencial de estudar (pelo menos um pouquinho) pela manhã! 

Dessa forma, acorde meia horinha mais cedo e não vá direto aos livros e apostilas – experimente fazer 5 minutinhos de meditação. 

Não! Não faça essa cara! Apenas sente-se na cama, feche os olhos, e preste atenção a todos os ruídos ao redor. Nada mais que isso. 

Desse modo, você vai experimentar uma tranquilidade perfeita para os estudos que vai funcionar como um aquecimento mental antes de mergulhar no material de estudo! Isso é o chamado “mindfulness”! 

Aliás, por falar em “mindfulness”, pense do jeito certo para encarar as matérias do Enem.

3- Encare o que você pode controlar

Na sua vida de candidato do Enem, há muitas coisas que você não poderá controlar para essa preparação. 

A dificuldade das questões do exame, sobretudo, é uma delas, uma vez que o tema da redação é outro (se bem que tem tudo para ser um da nossa longa lista!). 

Mas os sábios estudiosos diriam a você “foque no que você pode controlar!”. Ou seja, seu esforço, preparação e mentalidade estão totalmente ao seu alcance – você pode controlá-los!  Isso porque as coisas que estão além do seu alcance, deixe pra lá. 

Sempre que puder, de olhos fechados, imagine-se como um desses sábios entrando na sala da prova do Enem. Dessa maneira, você caminha, senta-se na carteira, respira fundo, concentra-se na tarefa em questão e deixa de lado a preocupação desnecessária com essas coisas além do seu controle. 

Já que ao se concentrar no que está sob sua influência, você está incorporando a calma perfeita para se dar bem! E agora… vamos a uma técnica implacável para nocautear a ansiedade e o medo!

4 – Imagine o pior (só por um instante)

A visualização negativa que estamos sugerindo não é sobre ser pessimista! É uma técnica para preparar sua mente para desafios, isto é, ao contemplar brevemente o cenário mais negativo, você não está se fixando no pessimismo, fique tranquilo. 

Funciona assim: visualize a si mesmo na sala do exame, lidando com questões difíceis.  Como seria? Como você se sentiria? Seu rosto ficaria tenso? As mãos ficam suadas?

Por isso, ao encarar brevemente esse cenário em sua mente, você consegue reduzir a ansiedade, e automaticamente se armar com a fortaleza mental para lidar com a situação real!

5 – Mexa-se

Todo candidato que faz atividades físicas tem a memorização turbinada! São coisas confirmadas pela ciência, que você deveria incluir no seu ano de estudos. 

Vamos lembrar a Biologia… Quando você sua a camisa, seu cérebro libera neurotransmissores, tipo dopamina e norepinefrina. Esses hormônios produzem energia e foco, bem como o número de mitocôndrias se multiplica.

Também tem uma notícia boa: uma simples caminhada puxada por meia hora 3 vezes por semana, sem dúvida, já vai dar esse efeito! 

Mais sangue circulando = mais neurônios funcionando. Logo, pode confiar, seu cérebro vai agradecer, e vai ser mais fácil encarar a matéria do Enem.

Agora, vamos ver como é o cronograma para cada parte do dia! 

Quando você rende mais: de manhã ou à tarde? Bem, não vai fazer diferença, desde que você siga as regras abaixo:

Faça pausas conscientes 

Ninguém consegue manter o ritmo o dia todo, e as consequências de quem tenta estudar sem intervalo são melancólicas: sofrerá com estresse e bem na véspera das provas… 

Em vez de horas de estudo sem parar, divida sua sessão em partes. Só para exemplificar, 30 minutos de estudo focado e depois uma pausa rápida (3 minutinhos está ótimo). Certamente, vai render muito e rápido!

Ademais, nesse intervalo, levante-se, estique-se, dê uma volta. Use esses momentos para se desligar um pouco dos estudos e olhar o mundo à volta. 

Então, vamos ver o que seu cérebro precisa para colaborar com você…

Faça refeições saudáveis

Os antigos sábios certamente não deixavam de se alimentar bem enquanto estudavam. Mens sana in corpore sano já diziam os sábios da antiguidade…

Vamos falar de comida – mmm! Pule as bombas de açúcar (refrigerantes, você sabe do que estamos falando…) e as doses maciças de cafeína – eles podem te dar um impulso rápido, nós sabemos, mas o que vem depois não compensa. 

Alimente-se mais com gorduras boas – elas ajudam nas funções cerebrais e controlam sua fome. 

E importante: mantenha sua garrafinha d’água por perto – 75% do volume do seu cérebro é água!

Então seu dia de estudos termina enquanto o sol se põe. O que você deve fazer? estudar mais um pouquinho? Não! O melhor é fazer assim:

Faça revisão e reflita

Terminado o dia de estudos, é hora de olhar para trás para ver o que você conquistou (você conquistou! acredite!). Reserve 5 minutinhos no fim de seu dia de estudos e começo da noite para reorientar sua bússola. 

Ao fechar suas apostilas, pense:

  • O que ficou na minha mente de cada disciplina estudada hoje? 
  • O que vou precisar rever?
  • Como eu lidei com o estresse ou dificuldade de cumprir a meta?

Depois disso, feche as apostilas.

Desacelere

Antes mesmo de ir para a cama, ative o modo de sono e – ahhh! – desligue-se! 

Por favor, nada de telas de celular antes de dormir… talvez um livro, tudo bem. 

Estique-se na cama, respire fundo algumas vezes. O tempo de relaxamento é crucial para uma boa noite de sono. Se seus professores não contaram, a gente conta: a multiplicação do número de neurônios ocorre durante o sono, à noite! 

Ahá! Entendeu agora por que não vale a pena estudar de noite e dormir de dia? 

Bem, você viu que tem cronogramas para seu dia e para sua noite. Agora a surpresa! Tem cronograma para o dia da sua prova também!

Existe a postura e o estado de espírito ideal para você se dar bem na prova do Enem, sabia? Guarde o que vem abaixo para o grande dia!

Meditação matinal

Chegou o dia D! 

Comece com uma rápida meditação assim que acordar. É aquela mesma que ensinamos acima: de olhos fechados, ouça os ruídos ao redor por alguns minutos, sem pensar em mais nada. Respire suavemente. 

Uma ótima ideia é aproveitar esses minutinhos para visualizar-se na hora da prova, sorrindo enquanto responde facilmente as questões, e escrevendo rapidamente sua redação. 

Outra possibilidade: visualize-se conversando com um colega ou familiar dizendo que a prova estava fácil, e que na redação você foi super bem. 

Repita a visualização cerca de 5 vezes.

Ao terminar sua meditação, lembre: você só pode controlar o que faz, o resto você deixa pra lá.

Estímulo de confiança

Chegou a hora H!

Hora de mostrar seu valor! 

Ao receber o caderno de provas, feche os olhos por alguns segundos e lembre-se daquelas vitórias (grandes ou pequenas), que você obteve no seu percurso de estudos. Lembre-se das metas atingidas. 

Por que sua jornada não poderia ser uma pequena história de um herói?! Claro que poderia! Só você sabe, sem dúvida, do seu esforço para chegar ali. 

Em suma, olhe para as questões da prova e concentre-se em respondê-las. Nisso você tem controle – e você está muito bem preparado, ou seja, foco e tranquilidade.

Aceitação do resultado

Não se prenda tanto no resultado que virá em algumas semanas. Mas lembre-se da sabedoria que você conquistou! Isso ninguém tira de você. 

Você deu o seu melhor, e é isso que conta. Então, aceite o que vier em breve como uma chance de crescer. 

Por fim, você acabou de descobrir como começar a estudar para o Enem 2024, bem como viu que dá para fazer isso sem ansiedade para enfrentar o exame com sabedoria. 

Então, se começar a gora e seguir o que ensinamos, você vai conseguir! Nós sabemos disso, porque estamos acostumadas a ajudar alunos a chegar lá, e lhe desejamos um Feliz 2024!

POSTS RELACIONADOS

Calendário dos Principais Vestibulares 2024

Primeiramente, sabemos a dificuldade que os vestibulandos enfrentam para se organizar. Por isso, preparamos um calendário completo dos principais vestibulares do Brasil para 2024. Aqui,