SOMENTE HOJE: 15% OFF usando o cupom APROVADO15 em todos os planos!

Tema de redação – trabalho infantil no Brasil

A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo, uma redação sobre trabalho infantil, em norma padrão da língua portuguesa sobre o tema Trabalho infantil no Brasil, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa e seu ponto de vista.

Texto 1

A exploração da mão de obra infantil no país cresceu 4,5% em 2014 em relação a 2013, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 2013, havia 3,188 milhões de crianças e adolescentes na faixa de 5 a 17 anos de idade trabalhando e o contingente subiu para 3,331 milhões em 2014. “As famílias estão, cada vez mais, utilizando crianças no trabalho infantil para complementação da renda”, disse a administradora da Fundação Abrinq, Heloisa Oliveira.

Os dados fazem parte de uma publicação da Fundação Abrinq lançada hoje (5) que reúne os indicadores relacionados à infância e adolescência divulgados por órgãos oficiais no Brasil. A ideia é, segundo a administradora executiva da fundação, Heloisa Oliveira, mostrar como os problemas envolvendo os jovens estão ligados entre si. “São coisas que vistas isoladamente podem não dizer nada, mas, de forma combinada, você enxerga áreas que precisavam receber atenção e desenvolvimento”, disse.

No caso da exploração da mão de obra infantil, antes do aumento registrado em 2014, o número de crianças usadas como mão de obra vinha caindo. “O mais preocupante é que esses dados ainda não refletem a crise econômica que a gente está vivenciando”, disse Heloisa. Para a administradora executiva, o dado do aumento do trabalho infantil é um indicativo de problemas interligados. “As famílias estão tendo mais dificuldade de se sustentar e estão, cada vez mais, utilizando as crianças no trabalho infantil para complementação da renda. É uma sinalização de vulnerabilidade social aumentando”.

Fonte: https://agenciabrasil.ebc.com.br/direitos-humanos/noticia/2016-04/dadosdo-ibge-mostram-que-exploracao-da-trabalho-infantil-cresceu

Exemplo de redação sobre trabalho infantil:

A obra cinematográfica “Carreto”, de modo ficcional, retrata a história de um menino que carrega frutos para garantir seu sustento, porém o garoto apresenta certo desânimo por não conseguir aproveitar a infância devido as obrigações com trabalho. Fora da ficção,  o cenário apresentado no filme se manifesta na realidade brasileira. Logo, dada a necessidade de analisar esse comportamento, é de extrema relevância considerar não somente a pobreza, mas, também, a falta de fiscalização. Desse modo,  fatos e medidas devem ser analisados.

Nesse sentido, é necessário ressaltar que a necessidade de uma família sem condições, faz com que utilizem as crianças para complementação de renda e, consequentemente, as mesmas deixam de frequentar as escolas que é a base do futuro. Sob esse aspecto, de acordo com dados realizados pela Pesquisa Nacional Por Amostra de Domicílios(PNAD), em 2015, mostra que para combater o trabalho infantil deverá ocorrer a redução da penúria, visto que, uma criança livre de todas as privações múltiplas tem cerca de 4 vezes menos chances de ser submetida a este crime. Seguindo a linha de raciocínio, constata-se que a desigualdade econômica influencia certamente a essa atividade ilegal. Dessa forma, enquanto a pobreza não for erradicada, o labor infantil continuará aflingir o Brasil.

Ademais, é necessário analisar ausência de inspeção e seus efeitos. Acerca disso, durante a Revolução Industrial, entre os séculos XVIII e XIX, a população infantil era submetida às condições desumanas de trabalho ,ja que sem a presença de vigilância na época essa execução se intensificou, pois eram “funcionários” obedientes e recebiam salários menores. Sob esse prisma, no contemporâneo, a fiscalização é uma estratégia importante ao Combate dessa prática, todavia é pouco praticada, posto que, segundo a secretaria executiva do Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil(FNPETI), Isa Oliveira, afirma que a redução de supervisionamento pode estar relacionada a contenção de recursos para essa atividade na Secretaria de inspeção do trabalho. Diante disso, é elementar reformular tal postura.

Portanto, se faz necessário a realização de ações a realidade do trabalho infantil no Brasil. Para tanto, cabe ao Ministério da Educação, responsável pelas diretrizes educacionais em todo território brasileiro, em parceria com as escolas, utilizar a educação para diminuir o emprego infantil com intuito de de formar futuros cidadãos conscientes. Outrossim, o Governo Federal juntamente com o Ministério da Cidadania deverá garantir a inclusão dos mais pobres nos setores de mais propriedade econômica, com objetivo de diminuir a desigualdade e a necessidade. Assim, histórias  como a de Carreto não irá se repetir.

Veja as principais dúvidas sobre redação com o tema trabalho infantil:

O que falar numa redação sobre trabalho infantil?

É importante abordar os seguintes pontos: a definição e abrangência do trabalho infantil, suas causas e consequências negativas para as crianças, famílias e sociedade, a importância da proteção dos direitos das crianças, a necessidade de políticas públicas efetivas para combater o trabalho infantil e promover a educação e o desenvolvimento saudável das crianças.

Como falar sobre o trabalho infantil?

Na redação sobre trabalho infantil, é importante discutir a necessidade de conscientização, leis mais rigorosas e programas de educação para erradicar o trabalho infantil e garantir um futuro saudável e digno para todas as crianças.

Quais são as principais causas do trabalho infantil no Brasil?

As principais causas do trabalho infantil no Brasil são a pobreza, a desigualdade social, a falta de acesso à educação de qualidade, a ausência de políticas públicas efetivas, o trabalho informal e a exploração econômica de crianças em situações vulneráveis.

Qual é a conclusão do trabalho infantil?

A conclusão sobre o trabalho infantil na redação deve destacar a urgência de ações coletivas para combater essa prática. É necessário o fortalecimento das leis de proteção à infância, investimento em programas de educação e capacitação profissional para as famílias, conscientização da sociedade e parcerias entre governos.

Leia também esses artigos:

O que você achou desse tema de redação sobre trabalho infantil? Não esqueça de colocar tudo em prática para se aperfeiçoar na escrita e garantir a nota máxima na prova de redação do Enem, vestibulares ou concursos! Conte com a nossa ajuda para isso!