logo redação online

TEMA: Desafios para implementação de políticas públicas para proteção de animais domésticos em voos comerciais.

animais

A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo em modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “Desafios para implementação de políticas públicas para proteção de animais domésticos em voos comerciais.” apresentando proposta de intervenção que respeite os direitos humanos. 

Desse modo, selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para a defesa de seu ponto de vista.

  1. O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado.
  2. O texto definitivo deve ser escrito à tinta preta, na folha própria, em até 30 (trinta) linhas.
  3. A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de Questões terá o número de linhas copiadas desconsiderado para a contagem de linhas. 
  4. Receberá nota zero, em qualquer das situações expressas a seguir, a redação que:
  • 4.1 tiver até 7 (sete) linhas escritas, sendo consideradas “textos insuficiente”; 
  • 4.2 fugir do tema ou não atender ao tipo dissertativo-argumentativo; 
  • 4.3 apresentar parte do texto deliberadamente desconectada do tema proposto;
  •  4.4 apresentar nome, assinatura, rubrica, ou outras formas de identificação no espaço destinado ao texto.

Texto I

O direito à dignidade dos animais é um tema que tem evoluído ao longo da história. Desde as visões antigas de Aristóteles e Platão, que viam os animais como seres inferiores destinados a servir aos humanos, até pensadores modernos como Jeremy Bentham, que destacou a capacidade de sofrimento dos animais como central para seus direitos.

Além disso, a Declaração de Cambridge de 2012, assinada por renomados neurocientistas, também confirmou que animais possuem consciência e capacidade de sentir emoções, o que reforça a necessidade de tratá-los com compaixão e respeito. Ademais, a legislação moderna sobre os direitos dos animais enfatiza a necessidade de garantir que eles não sofram desnecessariamente, abrangendo direitos que asseguram suas necessidades básicas e comportamentais.

Fonte adaptada: TJDF 

Texto II

De acordo com dados das companhias aéreas, no último ano, foram transportados cerca de 80 mil animais em aeronaves comerciais. Do total, aproximadamente 90% viajaram na cabine de passageiro. Para este ano, a previsão é o crescimento de 15% no serviço de transporte de pets, ou seja, serão mais de 100 mil animais viajando em aeronaves com seus tutores.

Fonte: Agência Brasil

Texto III

Em 2021, um triste incidente ocorreu envolvendo Weiser, um cachorro da raça American Bully, durante um voo da Latam. Seu tutor, Giuliano Conte, descobriu ao chegar em Aracaju que Weiser havia morrido. Normalmente, Weiser viajava em uma caixa de acrílico, mas na ocasião, a empresa não permitiu esse tipo de caixa.

A empresa alegou que não houve falhas no processo de transporte, chamando o incidente de uma “fatalidade” relacionada às características naturais da raça do animal. Contudo, um laudo médico posterior encontrou fragmentos de madeira no estômago do cachorro, sugerindo que o animal tentou morder a caixa em que estava confinado.

A juíza Carolina Bertholazzi julgou que a companhia aérea não tomou todas as medidas necessárias para garantir a segurança e bem-estar de Weiser durante o transporte, atribuindo a eles a responsabilidade objetiva pela morte do animal. A justiça determinou o pagamento de danos materiais e morais aos proprietários de Weiser. O caso foi alvo de recurso e ainda aguarda julgamento.

Fonte adaptada: https://oglobo.globo.com/brasil/noticia/2024/04/24/cias-aereas-acumulam-processos-na-justica-por-morte-de-animais-transportados-em-porao-de-aeronaves.ghtml

Texto IV

O Projeto de Lei n° 1492/2024, de autoria da Deputada Ana Paula Lima, visa regulamentar o transporte de animais domésticos em voos comerciais no Brasil. Define “animais domésticos” como cães, gatos e outros pequenos animais de estimação.

A lei estabelece condições específicas tanto para o transporte no compartimento de passageiros quanto no de carga, garantindo o bem-estar animal com ventilação adequada e monitoramento durante o voo. Além disso, enfatiza a responsabilidade das companhias aéreas em assegurar a segurança e o bem-estar dos animais, e prevê penalidades por descumprimento.

animais domésticos em voos comerciais

Fonte: Senado

Filmes:

  • “Okja” (2017): Este filme explora a relação entre uma jovem e seu super porco geneticamente modificado, Okja. A narrativa aborda temas de ativismo animal e críticas à indústria de alimentos, mostrando os desafios de garantir o bem-estar animal.
  • “Amor aos Animais” (2019): Aborda as consequências devastadoras do abandono de animais e o esforço dos ativistas para promover políticas de proteção animal, incluindo transportes seguros.

Séries:

  • “The Animal Save Movement” (Documentário – Netflix): Série documental que segue ativistas ao redor do mundo lutando para implementar políticas de proteção aos animais, inclusive em contextos comerciais como o transporte aéreo.
  • “Animals” (HBO): Embora seja uma animação satírica, a série aborda questões sérias sobre a exploração e tratamento dos animais em ambientes urbanos, incluindo como eles são transportados e tratados pela sociedade.

Livro clássico da Literatura:

  • “O Chamado Selvagem” de Jack London: Este clássico explora a vida de um cão retirado de seu ambiente confortável e lançado em condições brutais. O livro levanta questões sobre direitos animais e o impacto humano sobre a vida animal.

Documentos oficiais e legislação:

  • Declaração Universal dos Direitos dos Animais: Enfatiza a necessidade de respeito e tratamento humanitário dos animais, incluindo seu transporte.
  • Agenda 2030 – Objetivo de Desenvolvimento Sustentável: Inclui metas para a vida terrestre que podem ser interpretadas como suporte à proteção de animais em todos os ambientes, incluindo comercial.
  • Constituição Federal de 1988: Artigos que tratam sobre o meio ambiente e a proibição de práticas que submetam os animais à crueldade.

Argumento 1 – Negligência governamental:

  • Conceito: Refere-se à falha do governo em criar e implementar leis que efetivamente protejam os animais durante o transporte comercial.
  • Repertório Filosófico: Jeremy Bentham, com a ideia de que “a capacidade de sofrer, e não a de raciocinar, deve ser o bastião dos direitos”. Esta visão pode ser aplicada para argumentar que o governo deve garantir políticas que protejam os animais de sofrimento desnecessário.
  • Causa: Falta de legislação específica ou fiscalização inadequada.
  • Consequência: Aumento de casos de abuso e sofrimento animal durante transportes comerciais.

Argumento 2 – Falta de conscientização pública:

  • Conceito: Refere-se à falta de conhecimento ou interesse do público geral sobre as condições em que os animais são transportados em ambientes comerciais.
  • Repertório Filosófico: Tom Regan, que argumenta pela necessidade de reconhecer os direitos animais como parte de um sistema moral que respeita a vida. Este conceito pode ser usado para destacar a necessidade de educação pública para mudar perspectivas.
  • Causa: Educação insuficiente sobre direitos animais e ética.
  • Consequência: Continuação da aceitação cultural do tratamento inapropriado de animais, dificultando a implementação de políticas públicas eficazes.

Por fim, agora que você está bem informado sobre todos os aspectos a respeito do tema da redação sobre desafios para implementação de políticas públicas para proteção de animais domésticos em voos comerciais, que tal colocar seus conhecimentos em prática? Ao acessar o nosso site, você terá a oportunidade de ter sua redação corrigida pela mais renomada e eficiente plataforma de correção do Brasil

POSTS RELACIONADOS