logo redação online

Como escrever uma redação mais coesa no Enem

Tema de Redação: A banalização do coaching

Manual de redação coesa do Inep traz dicas de coesão para mandar bem na competência 4

A competência 4 da redação do Enem analisa a capacidade do candidato de demonstrar que possui conhecimento sobre os mecanismos linguísticos necessários para um adequado encadeamento textual. Por isso, observe quais marcas linguísticas o candidato usa para isso. 

Para garantir a coesão textual, é importante que a redação tenha algumas características específicas. A Cartilha do Participante – A Redação do Enem 2022, explica quais são elas:

Estruturação dos parágrafos: um parágrafo é uma unidade textual formada por uma ideia principal a qual se ligam ideias secundárias. No texto dissertativo-argumentativo, os parágrafos podem ser desenvolvidos por comparação, por causa-consequência, por exemplificação, por detalhamento, entre outras possibilidades. É importante que exista uma articulação explícita entre um parágrafo e outro;

Estruturação dos períodos: período nada mais é do que um enunciado que tem sentido completo. Desse modo, uma ou mais orações pode formar o enunciado. Além disso, em um texto dissertativo-argumentativo, os períodos do texto são, normalmente, estruturados de modo complexo. Isso significa que eles são formados por duas ou mais orações, para que se possam expressar as ideias de causa-consequência, contradição, temporalidade, comparação, conclusão, entre outras;

Referenciação: apresentam pessoas, coisas, lugares e fatos e, depois, retomados à medida que o texto vai progredindo. Esse processo é feito mediante o uso de pronomes, advérbios, artigos, sinônimos, antônimos, hipônimos, hiperônimos, além de expressões resumitivas, metafóricas ou metadiscursivas.

As dicas do Inep

Para colocar cada um destes tópicos em prática e alcançar a famosa redação coesa, o Inep separou algumas dicas práticas. Confira:

1) Utilize operadores argumentativos para relacionar orações, frases e parágrafos de forma expressiva ao longo do texto. Um exemplo de operador argumentativo que estabelece relação espacial é o termo “em primeiro lugar”. Também existem operadores que estabelecem relações de causalidade, condicionalidade e outras. 

2) Verifique se o elemento coesivo utilizado estabelece a relação de sentido pretendida. Se você busca estabelecer uma relação adversativa, por exemplo, não faria sentido utilizar a conjunção “por fim”, mas conjunções como “porém” ou “todavia”;

3) Procure utilizar as seguintes estratégias de coesão para se referir a elementos que já apareceram no texto.

Estratégias

1 – substituição de termos ou expressões por pronomes pessoais, possessivos e demonstrativos, advérbios que indicam localização, artigos;

2 – substituição de termos ou expressões por sinônimos, hipônimos, hiperônimos ou expressões resumitivas;

3 – substituição de verbos, substantivos, períodos ou fragmentos do texto por conectivos ou expressões que retomem o que foi dito;

4 – elipse ou omissão de elementos que foram citados ou que sejam facilmente identificáveis.

Evite!

Para escrever um texto coeso, evite:

1) A ausência de articulação entre orações, frases e parágrafos;

2) A ausência de paragrafação (texto elaborado em um único parágrafo);

3) Emprego de conector (preposição, conjunção, pronome relativo, alguns advérbios e locuções adverbiais) que não estabeleça relação lógica entre dois trechos do texto e prejudique a compreensão da mensagem;

4) A repetição ou substituição inadequada de palavras sem se valer dos recursos oferecidos pela língua (pronome, advérbio, artigo, sinônimo).

E lembre-se!

O Inep alerta que você não deve utilizar elementos coesivos de forma artificial ou excessiva para fazer o texto parecer mais bem escrito e com isso ter uma redação coesa. 

Aqui, vale mais a qualidade do que a quantidade, e o excesso de recursos coesivos mal empregados pode tornar o seu texto mais difícil de compreender.

Este texto é fruto de uma parceria entre o Guia do Estudante e o Redação Online, plataforma de correção de redações. Clicando aqui é possível acessar os planos de correção disponíveis. Utilize o cupom GUIADOESTUDANTE20 e ganhe 20% de desconto.

POSTS RELACIONADOS

Tudo sobre o fies 2024

A Lei nº 10.260, de 12 de julho de 2001, estabeleceu o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) com o propósito de oferecer financiamento a estudantes