logo redação online

Desafios da prevenção do uso de cigarros eletrônicos entre os jovens no Brasil | Tema de redação

Desafios da prevenção do uso de cigarros eletrônicos entre os jovens no Brasil

Os “desafios da prevenção do uso de cigarros eletrônicos entre os jovens no Brasil” é seu tema para esta semana. Faça uma redação dissertativa-argumentativa sobre ele, capriche nos argumentos e inclua a proposta de intervenção.

Eles são proibidos por lei e fazem muito (muito!) mal ao corpo. Mesmo assim, estão por toda parte: nas baladas, nas reuniões de amigos, na mídia… Hora de alertar você e todo mundo sobre esse enorme risco, e se preparar com esse tema – pode cair no Enem.

Os textos abaixo são os melhores que encontramos na internet – é só ler e usá-los!

Agora, se você é novato no Enem, é bom saber o que dizem por aí sobre a redação dele e que não é verdade.

Texto 1

O que diz a lei brasileira sobre os cigarros eletrônicos

(…) a venda em ambientes virtuais deve ser coibida: “as plataformas de marketplaces têm por dever prever ou favorecer mecanismos de fiscalização e controle para impedir ou limitar o incremento de ofertas de produtos ilegais”, ressalta Renata Schuch, advogada especialista em direito regulatório e sócia do Schuch Advogados.

A multa para quem comercializa, importa e divulga estes produtos, explica o sócio do escritório Martinelli & Guimarães Advocacia Contemporânea, Gustavo Martinelli, varia de R$200 mil a R$1,5 milhão. Mesmo assim, o mercado segue em franca expansão.
fonte: lexlatin

Texto 2

‘É como fumar 20 cigarros por dia’: os riscos dos cigarros eletrônicos que viraram ‘moda’ entre jovens e adolescentes

Tratar a dependência por cigarros eletrônicos já virou rotina para a cardiologista Jaqueline Scholz. “Cada vez mais recebo no meu consultório jovens de 16 a 24 anos que usam esse produto e têm uma taxa de nicotina no organismo equivalente ao consumo de mais de 20 cigarros por dia”, calcula.

Para ter ideia, o fumante brasileiro consome em média 17 cigarros “convencionais” por dia, segundo um levantamento do Instituto Nacional de Câncer (Inca).

Diretora do Ambulatório de Tratamento do Tabagismo do Instituto do Coração (InCor), a médica mostra-se preocupada com o apelo desses dispositivos, especialmente entre os adolescentes e os adultos jovens.

(…)

“Nosso país tinha uma taxa de iniciação do tabagismo muito baixa entre adolescentes, mas vemos que essa política está em risco agora”, analisa Scholz, que também é professora da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).
fonte: bbc

Texto 3

fonte: poder360

Texto 4

Influenciadores promovem venda ilegal de cigarro eletrônico nas redes

Basta jogar poucas palavras em ferramentas de busca na internet para entrar em contato com o inusitado mundo dos “vapers”. São centenas de publicações, fóruns, blogs, grupos e vídeos em que os usuários e defensores do cigarro eletrônico falam abertamente sobre aparelhos, marcas e saborizantes. Tudo, por meio de uma linguagem própria, com termos tão específicos que tornam o conteúdo até mesmo inacessível para quem lê pela primeira vez ou nunca ouviu falar sobre o “vape”.

(…)

A frase “O cigarro eletrônico causa 95% menos danos do que o cigarro tradicional” se tornou um jargão entre os vapers. Apesar de muitas vezes ser usada sem o devido crédito, a afirmação refere-se a estudos da Public Health England (PHE), departamento de Saúde da Inglaterra, que há anos defende o posicionamento de forma isolada na comunidade científica internacional…. 

(…)

Na contramão do que dizem os “vapers” e a indústria, estão instituições de saúde brasileiras e internacionais que exigem cautela e avaliam que ainda não há estudos contundentes para sustentar o argumento, como mostra reportagem publicada pelo Joio. Esse mesmo entendimento fundamenta a proibição determinada pela Anvisa há mais de uma década (Resolução DC nº 46, de 28 de agosto de 2009)…. 
fonte: noticias uol

Texto 5

Solange Almeida pausou carreira por uso de cigarro eletrônico: “Perdi a vontade de cantar”

A forrozeira Solange Almeida, 47, contou em entrevista ao Domingo Espetacular, da Record TV, que quase abandonou a carreira pelo uso de cigarros eletrônicos.

Segundo ela, o consumo excessivo da nicotina presente no dispositivo afetou as suas cordas vocais.Solange se tornou dependente do aparelho durante a pandemia. “Eu perdi toda a vontade do mundo de cantar. Comecei a ficar com a mucosa ressecada, dificuldade para cantar e para respirar”, relatou Solange. 

“Eu esperava meu marido dormir para fazer uso do cigarro. Acordava cedo e ia para padaria, já tinha um cigarro no meu carro. A coisa estava fugindo completamente do meu controle”. 

No desabafo, acompanhado de um alerta para quem usa o aparelho, ela ainda disse que foi ‘fisgada’ pelo sabor da substância. Para reconstruir a carreira, Solange precisou de muitas sessões de terapia e acompanhamento de um fonoaudiólogo.
fonte: estadao

Repertórios socioculturais relacionados ao tema “Desafios da prevenção do uso de cigarros eletrônicos entre os jovens no Brasil”

filme – Além da escuridão é um filme de 2011, no qual o protagonista faz uso do cigarro eletrônico o tempo todo – é um filme de suspense, mas o importante é que você pode citá-lo como repertório.

vídeo – o que há por trás dos cigarros eletrônicos? o Dr. Drauzio Varella responde.

notícia – está sabendo como a Austrália pretende controlar esse perigo que é o cigarro eletrônico entre adolescentes? leia tudo aqui.

reportagem – se você busca números como repertório, esta matéria tem vários, sobre o uso de cigarro eletrônico no Brasil.

filme – Cigarro eletrônico: como tudo deu errado é um documentário lançado em 2022, que conta quem inventou o cigarro eletrônico e como a ideia original era muito boa!

notícia – a cantora Doja Cat teve sérios problemas com cigarro eletrônico e até cancelou shows, veja como foi isso

vídeo – uma professora da Faculdade de Medicina da USP faz um alerta completo contra cigarros eletrônicos em uma entrevista.

relatos – por que não ouvir o lado dos fumantes de cigarros eletrônicos? isso também é um bom repertório; aqui você tem alguns relatos.

filme – House of cards, de 2003, é um filme no qual o autor principal, Kevin Spacey, usa um cigarro eletrônico, afirmando que se trata apenas de um vaporizador… 

relatos – conheça relatos de quem passou a usar cigarros eletrônicos e enfrentou sérios problemas de saúde – são consequências que qualquer jovem pode ter pela frente com esse vício.

reportagem –  entenda como os colégios estão ajudando os alunos a evitarem o vício em cigarros eletrônicos e como esse vício chega até os alunos. 

relato – Daniel, um jovem de 17 anos apenas, já precisou passar por transplante de pulmão por usar cigarros eletrônicos; hoje ele alerta outros jovens para que não “entrem nessa”; leitura obrigatória!

reportagem – números assustadores: os médicos usam mais cigarros eletrônicos que o restante da população! repertório impactante para sua redação

vídeo – sempre é importante considerar todos os lados de um fato, e aqui você tem uma reportagem de TV que diz que cigarros eletrônicos são menos prejudiciais que os comuns… você decide.

livro –  se você quer usar números e informações de estudiosos como repertório, nada melhor que este livro gratuito do Ministério da Saúde!
reportagem – saiba exatamente quais os prejuízos causados pelos cigarros eletrônicos, que são até maiores que os causados por cigarros comuns, numa conversa com um Médico.

Esse tema já pode cair no Enem, que você está preparado! E qual seria a nota da sua redação se a prova fosse hoje? É fácil saber: envie para nossos corretores que eles revelam.

POSTS RELACIONADOS

Tudo sobre o fies 2024

A Lei nº 10.260, de 12 de julho de 2001, estabeleceu o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) com o propósito de oferecer financiamento a estudantes