SOMENTE HOJE: 15% OFF usando o cupom APROVADO15 em todos os planos!

Como usar a série Game of thrones em suas redações?

como-usar-a-serie-game-of-thrones-em-suas-redacoes

Oi, pessoal! Nosso parceiro Lucas Felpi, que tirou nota 1000 na redação do ENEM 2018, trará muitas dicas legais de livros, filmes e séries para usar em redações. Começaremos hoje falando sobre a série Game of Thrones, amada por muitos de vocês! Bora anotar os assuntos ligados a esta série e saber como usar game of thrones em suas redações?

redação

Sobre o que a série Game of Thrones fala? 

2011-2019 • 8 temporadas • 52min • 16+

Sinopse: “Game of Thrones” adapta para a TV a série literária As Crônicas de Gelo e Fogo, de George R.R. Martin. A série se passa em Westeros, uma terra reminiscente da Europa Medieval, onde as estações duram por anos ou até mesmo décadas. A história gira em torno de uma batalha entre os Sete Reinos, onde duas famílias dominantes estão lutando pelo controle do Trono de Ferro, cuja posse possivelmente assegurará a sobrevivência durante o inverno que está por vir.”

got jon snow GIF by Game of Thrones

Temas que você pode relacionar a série Game of Thrones em suas redações  

Os temas de redação do Enem e vestibulares, em geral, buscam abordar problemas sociais. Assim, utilizar a série como exemplo para introduzir ou refletir sobre o tema é uma maneira interessante de conseguir uma boa nota. Alguns dos temas da primeira temporada de Game of Thrones que podem ser referência para sua redação são:

Disputas políticas e territoriais

A trama da série se baseia no confronto de interesses dos reinos e das famílias de Westeros, que competem por terras e castelos, guerreiam entre si, pelo poder regional e nacional. Ao longo do tempo, são vistas mudanças abruptas nos status e localizações de personagens e famílias, além de diversas batalhas e conquistas territoriais. Assim, você pode utilizar exemplos de game of thrones em suas redações caso o tema se relacione com conquistas de territórios.

 Construção social da segregação

É marcante na narrativa a separação entre o mundo civilizado, ao sul da Muralha, e o mundo selvagem, ao norte dela. Essa segregação, determinada pela construção de uma gigante muralha de gelo, está cercada de preconceitos e construções sociais estereotipadas sobre o que seriam os “selvagens”. Hoje em dia, uma situação semelhante ocorre em fronteiras no mundo ocidental, como entre Estados Unidos e México, com a proposta similar de muro para separação física.

No Brasil, recentemente tem se falado da PL do marco temporal, pode ser que algo nesse sentido seja tema da redação neste ou nos próximos anos. Se assim for, essa seria uma ótima oportunidade de citar a série. 

Game of thrones em redações: como exemplificar incesto

O ato de incesto diz respeito a relações sexuais entre membros da mesma família. A família Targaryen já praticava com frequência entre seus descendentes para “manter a linhagem pura” e na série se retrata bem a relação extraconjugal entre os irmãos Cersei e Jaime Lannister, ponto inicial para muitas das intrigas do enredo. 

Como usar game of thrones em redações para falar sobre submissão feminina e objetificação?

Em Essos, Viserys, irmão de Daenerys Targaryen a força a se casar com o líder Dothraki Khal Drogo para garantir um exército. O casamento arranjado demonstra uma mentalidade machista e coloca Daenerys como mero objeto de prazer ao novo marido, embora gradualmente a relação se tornou mais consensual e real.

Os problemas de gênero já foram tema de redação do Enem há alguns anos, mas como o assunto é extenso, pode voltar a cair. Assim, relacionar game of thrones em suas redações pode ser bastante interessante para os corretores.  

Corrupção

A morte de Jon Arryn, mão do Rei, marca um dos primeiros acontecimentos da série, mas que, em essência, é um assassinato tramado que inicia a corrupção em Westeros pela conquista do Trono de Ferro. Peter Baelish (ou Mindinho) e Varys são os principais conspiradores na rede de transmissão de informações sigilosas. 

i'm out game of thrones GIF by Amanda

Estado e religião: como usar game of thrones em redações?

Da mesma forma que os filósofos do Antigo Regime defendiam que os monarcas possuíam o “direito divino”, isto é, a autoridade como vontade sagrada de Deus, Melisandre, uma sacerdotisa do Deus Vermelho, dizia que este havia escolhido Stannis Baratheon para ser o rei de Westeros, e utilizava a crença religiosa para justificar sua legitimidade. 

Uma das maiores discussões políticas no Brasil é sobre a separação entre estado e religião e a imposição de crenças de uma religião específica nas leis do país e o estado laico. Logo, exemplificar essa questão utilizando game of thrones em suas redações pode ser uma maneira valiosa de criar sua linha de raciocínio.

Como usar game of thrones em redações sobre homofobia

Renly Baratheon, casado com Margaery Tyrell, é, em verdade, apaixonado por seu irmão, Loras Tyrell. Mas, como a homossexualidade não é permitida no reino, ele é obrigado a esconder e fingir um relacionamento com Margaery, mesmo não sendo capaz de consumi-lo.

A homofobia segue sendo uma temática em debate no mundo. O Brasil, por exemplo, segue sendo um dos países que mais mata travestis e transexuais no mundo. Assim, essa problemática também pode ser um tema de redação. Desse modo, utilizar game of thrones em redações pode surpreender os corretores.

Incompetência governamental

Renly e Margaery bloquearam o abastecimento de comida para Porto Real, deixando a população da capital faminta. A inércia e ineficácia do Rei Joffrey para resolver a fome causou uma das maiores revoltas da cidade.

Efeitos da tortura

Ramsay Snow, bastardo de Lorde Bolton, após capturar Theon Greyjoy em Winterfell, o tortura e chega a castrá-lo. Sádico, Ramsay afeta profundamente a identidade de Theon, passando a chamá-lo de Fedor, e o faz servir a suas vontades e estranhas manias. Theon, ou Fedor, vive traumatizado e fragilizado após a tortura.

Diversos momentos da história do mundo foram marcados pela tortura e ditaduras, logo, o exemplo da série também pode se aplicar em redações de Enem e vestibulares.

Morte de inocentes em contexto de guerra

O famoso Casamento Vermelho, no 9º episódio, pode se relacionar à realidade de mortes de civis e inocentes em guerras atuais. No contexto de Westeros, o conflito Bolton-Stark não poupa ninguém e, sem piedade, morrem mulheres e crianças – inclusive Talisa, grávida e esfaqueada com o bebê em sua barriga. 

Atualmente, o mundo está passando por diversas guerras que são importantes e que você, enquanto vestibulando, deve estar a par. Um exemplo é o conflito entre Israel e Paletisna, que já perdura há anos, e mais recente, o conflito entre Rússia e Ucrânia. Logo, esta pode ser uma temática que a banca do Enem e de outros vestibulares decidam abordar nas provas. 

Escravidão

Os Imaculados eram escravos soldados em Astapor, treinados agressivamente desde a infância e castrados para tornarem-se guerreiros isentos de desejos sexuais e conexões emocionais. Daenerys os compra, liberta-os e inicia um grande processo de abolição da escravidão por toda a chamada Baía dos Escravos (renomeada Baía dos Dragões após o feito).

A história mundial também possui vários momentos em que foram escravizados diferentes povos. A mais expressiva de todas, é a escravidão dos povos negros Africanos. Mas vale lembrar também que, atualmente ainda encontramos casos e denúncias de pessoas escravizadas. Logo, é possível fazer um comparativo de game of thrones em redações, com o pensamento dos povos de Astapor e “os imaculados” na série e com a escravidão a que alguns povos foram submetidos na história mundial. 

redacao-online-enem

Preconceito à deficiência

Ao longo de toda a série, retrata-se o preconceito que a família Lannister tem com Tyrion, o único membro com nanismo na linhagem. Sendo excluído e muitas vezes rejeitado, ele é o primeiro a ser acusado pela morte do Rei Joffrey e posto sob um injusto julgamento. 

No Brasil, o dia 25 de outubro foi instituído em 2017 como o Dia Nacional de Combate ao Preconceito contra as Pessoas com Nanismo.

Vingança

Oberyn Martell viaja a Porto Real com a missão secreta de vingar sua irmã e seus sobrinhos, mortos cruelmente por Montanha na rebelião de Robert Baratheon. Oberyn decide então arriscar sua vida e participar do julgamento por batalha de Tyrion apenas para enfrentar Montanha e alcançar a vingança.

Pena de morte

Ao final da caminhada pela libertação dos escravos, Daenerys assume o controle de Meereen e ordena matar 163 governantes da cidade em justiça às 163 crianças escravas crucificadas por eles. O caso gera uma controvérsia e certa oposição à Khaleesi, por sua opção pela pena de morte. A decisão retoma o lema “olho por olho, dente por dente”.

game of thrones king GIF

 Intolerância religiosa: como usar game of thrones em redações?

Surge nessa temporada a seita dos Pardais, crentes da Fé dos Sete, mas que, radicais, não aceitam qualquer desvio à religião ou fé diferente da sua. É estabelecida a Fé Militante, um exército religioso para combater infiéis e caçar homossexuais, um possível paralelismo à Inquisição medieval. 

A intolerância religiosa no Brasil não é permitida, afinal, viola o art. 5º da constituição. O paralelo feito em game of thrones também pode ser feito em suas redações caso este seja o tema. 

Violência contra a mulher e estupro

É arranjado o casamento entre Sansa Stark e Ramsay Bolton, que, assim como fazia com Theon, passou a maltratar constantemente a mulher. Porém, o episódio decisivo está na noite de núpcias, em que Ramsay estupra Sansa e a mantém em cativeiro. 

Como já dissemos anteriormente, a violência contra a mulher já foi tema de redação do Enem em 2015, mas o tema pode voltar a ser tema da redação, afinal, os pormenores do tema são vários e a solicitação da banca pode ser ainda mais complexo detalhado. A série pode ser, então, uma excelente referência para abordar o assunto em seu texto dissertativo argumentativo. 

Rituais de sacrifício religiosos

A feiticeira Melisandre, baseada na religião do Deus Vermelho, aconselha Stannis, para melhorar seu desempenho na guerra, a fazer um sacrifício: queimar sua filha Shireen viva, pois ela possui sangue real. Ele aceita, desesperado.

Perseguição política: Como usar game of thrones em redações

No dia do julgamento de Loras e Margaery Tyrell e Cersei Lannister pelo Alto Pardal, Cersei não comparece ao Grande Septo de Baelor e orquestra a destruição do lugar com todos dentro, a fim de eliminar os seus maiores inimigos no jogo do poder. Margaery competia com ela na manipulação do Rei Tommen e sabia controlá-lo muito bem; o Alto Pardal a manteve em cativeiro e a humilhou profundamente. Ela emprega então fogovivo para explodir o Septo e atinge os seus objetivos de forma ilegal.

Suicídio entre jovens

Após sua intensa manipulação pelo Alto Pardal e a morte de sua amada, o jovem despreparado e fragilizado Rei Tommen decide saltar da janela de seu aposento e suicidar-se. A pressão imposta sobre ele de reinar e atender a todos os interesses se torna excessiva para si, semelhante aos jovens da atualidade.

Esse é um problema bastante atual e as chances de que o assunto seja cobrado em algum vestibular ou no Enem é alto. A pressão sofrida pelo jovem na série pode ser comparada, por exemplo, na pressão atual que pessoas mais jovens sentem no mercado de trabalho. 

Feminismo e empoderamento

Na sexta temporada, Arya se conecta com sua identidade e consolida sua personalidade forte e empoderada. Ao acompanhar Jaqen H’ghar em Braavos, ela se aperfeiçoa em lutar e cumpre algumas missões, mas sendo punida severamente por desobediência. No final, ela se rebela e consegue independência da ordem dos Homens Sem Rosto, continuando firmemente sua missão pessoal.

got GIF by Game of Thrones: #PrepareForWinter

Tratamento de doenças

Samwell Tarly, após ir a Cidadela e obter conhecimentos da vasta biblioteca dos sábios Meistres, consegue encontrar um tratamento para a trágica Escamagris, doença que atordoava personagens há 6 temporadas. O caso revela a constante evolução científica no ramo da saúde até os tempos atuais, nos quais novas medicações e tratamentos são descobertos para doenças antes fatais.

Exploração mineral

O combate aos Caminhantes Brancos levou à necessidade da exploração do Vidro de Dragão (material capaz de matá-los), intensificada cada vez mais e comprometendo a estrutura natural da ilha Pedra do Dragão.

Manipulação alienadora

Lorde Baelish (ou Mindinho), o personagem alegórico da manipulação de agentes sociais, demonstra seu poder de controle ao gerar um conflito entre as irmãs Arya e Sansa Stark. Ele é capaz de selecionar o que é apresentado e visto por cada uma e traçar uma história que resulte no seu próprio benefício.

O personagem com poderes de manipulação pode ser, por exemplo, relacionado com o algoritmo das redes sociais ou, então, para falar de bolha social digital. 

got GIF by Game of Thrones: #PrepareForWinter

Mudança climática

Por fim, é interessante explicar uma relação muito inteligente, ressaltada inclusive pelo George R.R. Martin, entre a série Game of Thrones e um fenômeno contemporâneo: o aquecimento global.

Os Caminhantes Brancos são uma ameaça à sobrevivência de todos na série, mas os reinos persistem em brigar internamente entre si por interesses próprios e pequenos. Alguns inclusive não acreditam na existência dessas criaturas, como um mito, mesmo com evidências e relatos feitos. Troque “reinos” por países e “Caminhantes Brancos” pela mudança climática. Ambos são fenômenos da natureza irrefreáveis, que constituem uma ameaça iminente a todos e demandam a união para a sobrevivência.

Mais do que qualquer coisa, Game of Thrones veicula a mensagem da articulação entre os humanos por um bem maior. É preciso abrir mão da política individual, dos interesses pessoais e da ambição para o combate ao inimigo maior. Como disse Davos, “Se não superarmos nossas inimizades e nos unirmos, morreremos. E então não importará qual esqueleto sentará no Trono de Ferro”.

Gostou desta super dica? Não deixe de seguir estes perfis no instagram (é só clicar em cada um):

@redacaonline

@lfelpi

@gameofthrones.brasil


LEIA MAIS:

POSTS RELACIONADOS

Calendário dos Principais Vestibulares 2024

Primeiramente, sabemos a dificuldade que os vestibulandos enfrentam para se organizar. Por isso, preparamos um calendário completo dos principais vestibulares do Brasil para 2024. Aqui,