O desconto do plano APROVADO EM 2021 termina em: dias horas minutos segundos

ENEM 2019 : Democratização do acesso ao cinema no Brasil

   Segundo Sartre, filósofo francês, o ser humano é livre e responsável, cabe a ele decidir seu modo de agir. Nesse contexto, com o avanço do sistema capitalista recai sobre o homem o dever de tornar o mundo um lugar mais democrático. Contudo, isso não ocorre no Brasil, seja pela desigualdade social ou pelo individualismo de grandes empresas.
    Em primeiro lugar, vale ressaltar que o fator socioeconômico aliado a negligência governamental tem corroborado para que menos pessoas possam ter acesso ao cinema. Isso ocorre porque devido a má distribuição de renda do país, as pessoas que vivem em zonas periféricas não conseguem ter acesso ao cinema. Segundo o pensador Johann Goethe, a maior necessidade de um estado é de governantes corajosos. Porém, no Brasil ocorre o oposto, e por conta desse desleixo do governo muitas pessoas são isoladas desses ambientes e são privadas de adquirirem um maior conhecimento de mundo e olhar mais crítico. Coisas que o cinema consegue proporcionar.
   Outrossim, o pensamento individualista das empresas responsáveis pela exibição de filmes também tem se mostrado como determinante no problema. Isso acontece porque esses empresários visam somente o lucro, com isso lugares como as periferias são esquecidos. Segundo o filósofo Friedrich Nietzsche, a moralidade é a melhor de todas as regras para orientar a humanidade. De maneira análoga, vê-se que ao empresários agirem de forma imoral, eles prejudicam a sociedade como um todo, pois restrigem a propagação de mais cultura a sociedade.
   Portanto, medidas são necessárias para resolver o problema. Dessa forma, o governo por meio da disponibilização de verbas deve fazer com que mais cinemas sejam construídos em zonas com menor concentração de renda. O fito de tal ação é promover a socialização de forma gratuita a pessoas de baixa renda nesses locais, para que assim o país se torne um lugar melhor.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!