A influência do uso do celular na leitura e na escrita | Tema de Redação

tema-de-redacao-a-influencia-das-novas-plataformas-midiaticas-no-desenvolvimento-infantil
Você nem percebe a influência do uso do celular na leitura e na escrita, certo? Mas fale com um professor, e ele vai dizer que antes do celular os alunos tinham mais concentração Então, como esse é um assunto que pode aparecer na sua prova do Enem, a equipe do Redação Online não perdeu tempo: já bolou uma proposta de redação sobre ele. Dessa forma, escreva uma dissertação-argumentativa sobre o tema “A influência do uso do celular na leitura e na escrita”, apresentando sua proposta de intervenção. Aproveite os ótimos textos de apoio abaixo, assim vão surgir ideias sobre o que escrever!  

TEXTO 1

Hábitos digitais estão ‘atrofiando’ nossa habilidade de leitura e compreensão?

“As pessoas estão percebendo que algo está mudando em si mesmas, que é seu poder de leitura. E há um motivo para isso”, diz a neurocientista cognitiva estadunidense, Maryanne Wolf.  A razão, segundo a pesquisadora da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA), é que o excesso de tempo em telas – celulares e tablets, desde a infância até a vida adulta – e os hábitos digitais associados a isso estão mudando radicalmente a forma como muitos de nós processamos a informação que lemos. Segundo um livro de Wolf prestes a ser lançado no Brasil (O Cérebro no Mundo Digital – Os desafios da leitura na nossa era; ed. Contexto) e algumas pesquisas sobre o tema, o fato de lermos cada vez mais em telas, em vez de papel, e a prática cada vez mais comum de apenas “passar os olhos” superficialmente em múltiplos textos e postagens online podem estar dilapidando nossa capacidade de entender argumentos complexos, de fazer uma análise crítica do que lemos e até mesmo de criar empatia por pontos de vista diferentes do nosso. Adaptado de https://www.bbc.com/portuguese/salasocial-47981858

TEXTO 2

Uso de celular em sala de aula dobra efeito negativo nas notas, aponta estudo

O uso excessivo de telefones celulares tem prejudicado o desempenho acadêmico de estudantes universitários brasileiros sem que eles percebam, já que a maioria tende a subestimar o tempo que dedica, diariamente, a seus aparelhos. Cada cem minutos diários dedicados ao celular fazem com que um estudante recue 6,3 pontos na escala, que vai de 0 a 100. Segundo os pesquisadores Daniel Darghan Felisoni e Alexandra Strommer Godoi, isso pode ser suficiente para tirá-los da lista dos 5% melhores da turma, impedir que alcancem pontuação para cursar determinadas eletivas ou prejudicá-los em avaliação dos critérios para obtenção e manutenção de bolsa de estudos. O uso de smartphones no horário das aulas é ainda mais nocivo: faz com que a queda de desempenho quase dobre. Ou seja, se os cem minutos forem concentrados no período em que os alunos deveriam prestar atenção nas aulas ou em rotinas da universidade, o recuo no ranking vai para cerca de 12 pontos. Fonte: https://www1.folha.uol.com.br/educacao/2018/09/uso-de-celular-em-sala-de-aula-dobra-efeito-negativo-nas-notas-aponta-estudo.shtml  

TEXTO 3

Uso de celular e proficiência em leitura de crianças e adolescentes

(…) A grande maioria das crianças usava o telefone para enviar mensagens de texto; esta pesquisa encontrou vários motivos para pais ou educadores se preocuparem menos com o uso do celular para enviar mensagens de texto do que para falar. Os resultados mostraram que mais mensagens de texto estavam associadas a uma maior compreensão de leitura. Em contraste, o maior uso do telefone para se comunicar por voz foi associado a escores mais baixos na decodificação de letras e palavras. Esses resultados são consistentes com a interpretação de que um dispositivo tecnológico que aumenta a exposição de pré-adolescentes e adolescentes a palavras e frases escritas, especialmente de forma divertida e social, pode melhorar suas habilidades de alfabetização. Tradução livre de conclusão de estudo feito por Sandra L. Hofferth and Ui Jeong, na Universidade de Maryland, EUA https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5036529/

TEXTO 4

Leitura no papel X leitura em telas, nosso cérebro processa da mesma forma?

(…) estudos sobre essas diferenças na leitura digital e impressa não começaram agora, em 2016 já foi publicado pesquisas sobre diferenças na leitura de artigos impressos e digitais em alunos de graduação e os resultados foram similares ao que temos hoje: O formato afetou a compreensão da ideia principal e diversos detalhes foram perdidos na leitura nas telas. A hipótese para isso é que o cérebro exposto constantemente a mídia digital de forma acelerada processa informações dessa fonte de forma mais rápida, porém, menos completa, ou seja, pode PERDER DETALHES IMPORTANTES DO TEXTO! Além disso, outro estudo sobre os efeitos da mídia na compreensão da leitura entre 2000 e 2017 também apoiou a ideia de que A COMPREENSÃO DA LEITURA DIGITAL É MAIS DIFÍCIL DO QUE A IMPRESSA. E, surpreendentemente, esses achados sugeriram que vantagens da impressão foram maiores no último ano da pesquisa (2017) do que no ano de 2000. Ou seja, o problema de leitura digital não está desaparecendo, mesmo com a explosão dessa área! Fonte: https://www.brainlatam.com/blog/leitura-no-papel-x-leitura-em-telas-nosso-cerebro-processa-da-mesma-forma-1974

Repertórios socioculturais relacionados ao tema “A influência do uso do celular na leitura e na escrita”

Reportagem – leia aqui casos de crianças que estão demonstrando dificuldades na alfabetização, devido a uso de celulares e tablets. Opinião –  saiba o que um psiquiatra pensa sobre o uso do celular e a concentração.  Informativo – já é possível escrever à mão mesmo no celular – veja aqui! Artigo acadêmico – nada melhor que usar dados destes especialistas da UFCG sobre o impacto do celular na habilidade de ler escrever.  Entrevista com estudioso – um professor da Universidade Estadual da Califórnia revela que é possível contornar o problema da falta de concentração devida ao uso de celular. Livro Este livro do governo do Paraná tem várias dicas interessantes para manter a concentração nos estudos. Vídeo – o livro ”A Fábrica de Cretinos Digitais”. Veja no vídeo a seguir:
Quanta coisa interessante sobre a influência do uso do celular na leitura e na escrita você acabou de ler! Agora nossa equipe de corretores gostaria de mostrar onde sua redação precisa melhorar, porque ainda dá tempo!

POSTS RELACIONADOS