Leia os textos motivadores abaixo para redigir o que se propõe na sequência.

Texto 1

Turismo pode causar danos ao meio ambiente, sociedade e a cultura local

São considerados impactos todos aqueles fatores resultantes de atividades, produtos ou serviços que podem mudar ou descaracterizar o meio ambiente, podendo ser os mesmos de cunho positivo ou negativo.

Os impactos positivos, geralmente, estão ligados à questão econômica e social local, trazendo maior geração de renda, conservação de alguns recursos tidos como atrativos turísticos, educação e equidade social e que podem ser alcançados por meio do desenvolvimento sustentável da atividade turística. Os impactos negativos podem ser fatais para determinados locais, principalmente em áreas naturais consideradas muito frágeis; são originados pelo mau uso destes espaços, sem ou com pouca atenção a uma política de preservação.

A atividade turística está totalmente envolvida no cotidiano das pessoas, seja de forma direta ou indireta e, por este motivo pode impactar sua convivência em todos os aspectos. A significância de cada impacto identificado pode variar de acordo com suas causas, como também por sua severidade, probabilidade de ocorrência e custos para revitalização do ambiente.

Os impactos sociais podem ser representados pela interferência na cultura, sendo o impacto cultural um dos principais problemas advindos da atividade turística, visto que, a partir do momento em que se interfere na cultura de determinado grupo, modificam-se grandes aspectos de conduta até então praticados.

A globalização tende a uniformizar os grupos culturais e, em consequência, causar grandes impactos na produção da cultura, o que refletiria na perda da identidade, podendo ser de origem coletiva ou até mesmo individual.

A sociedade é a principal responsável pela qualidade de suas relações e tem o direito de optar por querer ou não determinada atividade incluída diretamente em seu cotidiano. Porém o que tem ocorrido, muitas vezes, é totalmente o contrário, em que localidades de forte potencial têm se tornado “laboratórios de experimentos turísticos”, realizados por gestores despreparados.

Pelo fato do turismo ter a condição de melhorar consideravelmente a renda local, muitos gestores e empresários buscam o seu desenvolvimento, no entanto, pode acontecer que nem sempre a população esteja de acordo com tal resultado, justamente pela interferência na cultura e a necessidade da mudança de hábitos cotidianos que muitas vezes é consequente. Um impacto bastante visível na sociedade é a mudança de comportamento e perda de seu sossego em prol dos turistas.

“Os impactos do desenvolvimento turístico sobre o patrimônio natural e cultural são percebidos local, regional, nacional e internacionalmente. A intensidade dos impactos, tanto positivos como negativos, pode apresentar-se nesses diferentes níveis. Em alguns casos, os impactos não são relevantes e, em outros, comprometem as condições de vida ou a atratividade das localidades turísticas” (Ruschmann, 1997, p.37).

[…]

Fonte: www.portaleducacao.com.br / Acesso em 16/08/2020.

Texto 2

Estudos apontam que o turismo é responsável por 8% das emissões atuais de gases de efeito estufa. Além disso, vários ecossistemas muito frequentados por turistas já estão tão degradados que as autoridades estão tomando medidas (provavelmente atrasadas) pra protegê-los de ainda mais danos.

É o caso de praias na Tailândia que foram, mais de uma vez, fechadas pra se recuperarem dos danos causados pelo turismo de massa. A mais famosa é a Maya Bay, que bombou depois de aparecer no filme A Praia, com Leonardo DiCaprio. Segundo esse relatório do Center for Responsible Travel, 77% dos seus corais estão sob sério risco.

Sem falar no uso de animais em atrações turísticas, que quase sempre é ruim. A ONG Proteção Animal Mundial estima que aproximadamente 110 milhões de pessoas visitam lugares que promovem turismo cruel com animais silvestres, enquanto a Wildlife Conservation Research Unit (WildCRU) aponta que pelo menos 560 mil animais silvestres sofrem por causa de atrações turísticas irresponsáveis.

Essa crueldade às vezes é mais evidente, como os casos em que os bichos são mantidos em cativeiro em condições terríveis, acorrentados ou dopados pra posarem pra fotos com turistas ou forçados a fazer truques e acrobacias.

Mas de acordo com a Proteção Animal Mundial, mesmo quando os animais estão em seu habitat natural, eles sofrem sempre que há interação com humanos. Fazer carinho ou dar comida pra atraí-los pode tornar os animais dependentes da alimentação por humanos, fazê-los brigar entre si, provocar doenças ou acelerar a reprodução de uma espécie de forma anormal, alterando o ecossistema do lugar.

Passeios de elefante, fotos com tigres e serpentes “encantadas” em vários países asiáticos são alguns exemplos de exploração animal no turismo, mas não é preciso ir tão longe. Na Amazônia, por exemplo, a maioria das agências de turismo promove a exploração de botos, bichos-preguiça ou jacaretingas.

Fonte: www.papodehomem.com.br / Acesso em: 16/08/2020.

Texto 3

Animais ressurgem em cidades da Itália e do Japão durante quarentena.

Fonte: www.gooutside.com.br / Acesso em: 16/08/2020.

Com base na leitura, interpretação e compreensão dos textos motivadores e utilizando seus conhecimentos sobre o assunto, redija uma dissertação argumentativa, na modalidade culta da Língua Portuguesa, com tamanho máximo de 30 linhas, sobre o tema Turismo e seus impactos socioambientais.

CONFIRA REPERTÓRIOS PARA ESTE TEMA CLICANDO AQUI!

QUERO APRENDER REDAÇÃO!

Leia também:

Tema de Redação: O agronegócio como ameaça ao meio ambiente

Tema de Redação: Lixo eletrônico e impactos socioambientais

Tema de redação: As queimadas e a preservação do meio-ambiente

Tema de Redação: Coronavírus e emergência na saúde global

Tema de Redação: Poluição do ar e seus impactos na saúde da população

Comentários do Facebook