A importância da moda sustentável e consciente | Tema de redação

por | jun 13, 2022

Início » Temas e Repertórios » A importância da moda sustentável e consciente | Tema de redação

Você tem alguma peça de roupa com a etiqueta “Made in China” em sua gaveta? E jeans, você tem? O assunto hoje é esse – moda sustentável e consciente. Você não tem ideia de quanto o meio ambiente e a sociedade podem ter sido impactados por essas roupas suas!

Estamos deixando alguns textos de apoio superinteressantes, abaixo, para você entender melhor sobre o que estamos falando. Com base neles e em todo o seu conhecimento, faça uma dissertação argumentativa sobre o tema:  a importância da moda sustentável e consciente.

 

TEXTO 1

 

O que é moda sustentável?

 

A moda sustentável se preocupa em usar métodos de produção que não produzam ou pelo menos minimizem o impacto ambiental, e possui como principal objetivo oferecer peças com durabilidade e que tenham o uso prolongado.

Na moda sustentável, são aplicados métodos que são menos poluentes:

  • Aplicação de corantes naturais e colas menos tóxicas para que não haja a poluição dos oceanos e lençóis freáticos;
  • Uso de tecidos eco-friendly, onde são usadas fibras orgânicas e que são usados menos água e produtos químicos na produção;
  • Reutilização e reutilização de tecidos e outros materiais usados e descartados;
  • A preocupação em produzir peças que possam ser utilizadas por um longo tempo, tendo em vista que a produção voltada para as fast fashions valoriza o consumismo e o descarte rápido das peças, que são usadas em média somente 5 vezes.

 

O que é moda consciente?

 

Os debates em torno da moda consciente se intensificaram nos últimos anos, principalmente, após a repercussão do desabamento, em 2013, do Rana Plaza, que era um prédio que abrigava uma fábrica têxtil em Bangladesh.

Nessa fábrica eram produzidas roupas para grandes marcas de fast fashions ocidentais. 

Muita gente pensa que moda sustentável e moda consciente é a mesma coisa. Apesar de serem complementares, há diferenças no conceito de moda sustentável e moda consciente.

Enquanto que a moda sustentável se preocupa com as formas de produção da indústria têxtil, a moda consciente é quando o consumidor manifesta em suas compras a preocupação com as questões ambientais e também sociais que envolvem a produção em massa das fast fashions. Na moda consciente, se busca produtos com materiais sustentáveis e de qualidade e que, além de ter maior durabilidade, também sejam atemporais, como são os casos das roupas e acessórios de grifes.

Adaptado de  https://blog.etiquetaunica.com.br/moda-sustentavel-e-moda-consciente/ 

 

TEXTO 2

 

Jeans: peça mais versátil é também uma das que mais polui

 

Uma das peças coringas do nosso guarda-roupa é também uma das que mais impactam o meio ambiente durante a produção. “Fazer um par de jeans requer cerca de 7,5 mil litros de água, o equivalente à quantidade que uma pessoa média bebe em sete anos”, aponta relatório do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA).

No Brasil, o projeto Pegada Hídrica Vicunha – do Movimento Ecoera, empresa de consultoria e ensino de sustentabilidade para os mercados de moda, beleza e design – mapeou o consumo de água no ciclo de vida de uma calça jeans no Brasil, desde o plantio do algodão, até o consumidor final. Os resultados mostraram que a indústria brasileira gasta, em média, 5.196 mil litros de água para produzir uma única peça de calça jeans.

 

As consequências sociais do fast fashion

 

A indústria têxtil também promove desigualdades sociais, oferecendo condições de trabalho precárias e contribuindo para aumentar o abismo no desenvolvimento global entre os hemisférios norte e sul.

O livro Armario Sostenible, de Laura Opazo, detalha como as grandes empresas do setor trabalham com empresas intermediárias, que, por sua vez, subcontratam serviços a empresas menores, o que leva a uma rede difícil de controlar.

O elo mais fraco da cadeia, ou seja, os funcionários, é o que mais sofre. A necessidade de responder ao ritmo sempre crescente de entrega para atender à demanda leva a longas horas de trabalho e salários desvalorizados.

Adaptado de https://www.nationalgeographicbrasil.com/meio-ambiente/2022/04/moda-sustentavel-uma-alternativa-verde-ao-fast-fashion

 

TEXTO 3

 

Slow fashion

 

Em contraposição ao fast fashion – sistema de produção de moda atual que prioriza a fabricação em massa, a globalização, o apelo visual, o novo, a dependência, a ocultação dos impactos ambientais do ciclo de vida do produto, o custo baseado em mão de obra e materiais baratos sem levar em conta aspectos sociais da produção -, o slow fashion surgiu como uma alternativa socioambiental mais sustentável no mundo da moda.

A prática do slow fashion preza pela diversidade; prioriza o local em relação ao global; promove consciência socioambiental; contribui para a confiança entre produtores e consumidores; pratica preços reais que incorporam custos sociais e ecológicos; e mantém sua produção entre pequena e média escalas.

Fonte: https://www.ecycle.com.br/moda-sustentavel/

 

TEXTO 4

 

 

A importância da moda sustentável e consciente | Repertório para usar na redação

 

  1. Reportagem: você vai ficar impressionado com os números que mostram o impacto da indústria têxtil no mundo lendo este artigo!
  2. Livro: o livro “Moda E Sustentabilidade: Design Para Mudança”, de Lynda Grose, analisa o papel dos designers e dos consumidores sugerindo maior sustentabilidade.
  3. Documentário: você se lembra do caso Zara? Essa e outras empresas famosas se envolveram em crimes para produzir coleções acessíveis e descartáveis, que já estarão fora de moda quando chegarem ao Brasil. É o que conta o documentário “The True Cost”.
  4. Coletivo: a Fashion Revolution é um grupo de produtores de moda que conscientiza todos nós sobre os impactos socioambientais do setor, através de movimentos como o #QuemFezMinhasRoupas.  
  5. Reportagem: fatos surpreendentes neste artigo, que mostra para onde vai o lixo têxtil na maior cidade do Brasil.
  6. Podcast: a Rádio Globo entrevistou Fernanda Simon, pesquisadora de moda sobre a consciência na moda – ouça!
  7. Música: “7 rings”, da cantora Ariana Grande, foca na ostentação financeira. O famoso refrão (“Eu vejo, eu gosto, eu quero, eu tenho”) retrata a sociedade hiperconsumista, além da criticar à mercantilização de tudo na atualidade (“Gostou do meu cabelo? Obrigada, acabei de comprar”).
  8. Filme: o longa-metragem ”Os Delírios de Consumo de Becky Bloom” retrata a vida de Rebecca, uma jornalista que mora em Nova York e que sonha em trabalhar para uma renomada revista de moda. Ela consegue um trabalho como colunista para uma revista financeira que pertence à mesma empresa e sua coluna se torna um grande sucesso. No entanto, ela está quase acabando com sua carreira por ser uma compradora compulsiva de roupas.

 

https://www.youtube.com/watch?v=LjQ7hMbfEDw

 

Estamos curiosos para ler sua redação sobre moda sustentável e consciente, e fazer as correções necessárias pra ajudar você!

 

Margarete Pulido é redatora e professora pela USP há mais de 30 anos, e é especializada em desbloqueio de escrita. Atualmente também cuida de seu próprio blog, escrevacertoblog.wordpress.com.

Assine um plano do Redação Online
Como fazer uma Redação do zero
Guia da Redação ENEM: tudo o que você precisa saber
Como tirar nota mil na Redação ENEM