Sabia que a competência 5 da redação Enem é a que mais recebe nota zero nas avaliações? Descubra aqui tudo sobre ela e aprenda a fazer uma proposta de intervenção completa. Garanta seus 200 pontos!

Você, que está se preparando para as provas do Enem, já sabe que uma boa nota na redação pode ajudar a elevar sua média geral. As redações são avaliadas por competências, e a competência 5 da redação Enem corresponde à conclusão do texto. No caso específico do Exame Nacional, essa conclusão precisa, necessariamente, apresentar uma proposta de intervenção. Embora uma grande parcela de participantes saiba disso, muitos não conseguem desenvolvê-la de forma completa. Por isso, hoje vamos apresentar como essa competência é avaliada e dar algumas dicas de como conseguir tirar 200 pontos nela.

De fato, dados do da prova de 2018, divulgados pelo Inep, mostraram que 10, 4% dos participantes tiraram nota zero na competência 5 da redação Enem. Assim, isso representa mais de 420 mil candidatos que não souberam apresentar a proposta de intervenção em seu texto. No entanto, fazer o fechamento do texto não é uma tarefa difícil. Especialmente para quem conhece a importância de treinar bastante a escrita, é plenamente possível elaborar uma conclusão completa. Vamos conhecer como essa competência é avaliada? Acompanhe!

Por que preciso apresentar uma proposta de intervenção?

Além de ser uma prova que pode carimbar seu passaporte para uma universidade, o Enem é um exame que avalia o desempenho dos estudantes brasileiros que concluem o Ensino Médio. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN) apresenta como um de seus objetivos de formação estudantil “o pleno desenvolvimento do educando e seu preparo para o exercício da cidadania”. Dessa forma, solicitar uma proposta de intervenção na redação visa verificar se o participante

(…) demonstra se ele construiu, ao longo de sua formação, conhecimentos para a produção de um texto em que, além de se posicionar de maneira crítica e argumentar a favor de um ponto de vista, propõe uma intervenção com o objetivo de solucionar o problema abordado por um tema de ordem social, científica, cultural ou política. (INEP, 2019)

Cabe reforçar também que essa é uma especificidade do Enem. Portanto, não é obrigatório em outras provas que pedem texto dissertativo-argumentativo apresentar intervenção. Então, leia atentamente o comando das propostas. Assim conseguirá  verificar se é ou não necessário apresentar essa solução em suas redações.

O que um corretor avalia na competência 5 da redação Enem?

Ao corrigir uma redação, o avaliador segue determinações específicas da banca para atribuir as notas. Assim, com relação à competência 5, o participante deve:

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Aqui, é necessário salientar: desde 2017 a redação não é mais zerada por desrespeito aos direitos humanos. Porém, como é uma exigência da proposta que a intervenção não atente a esses direitos, ainda é um critério que pode, sim, zerar a competência 5! Desse modo, tome cuidado! Ainda, como um exercício de cidadania, pense quanto uma proposta que desrespeita os direitos de outras pessoas é danosa à sociedade…

Elementos obrigatórios na proposta de intervenção

De fato, para ser considerada completa, uma proposta de intervenção precisa apresentar cinco elementos básicos:

  • ação: prática apontada como necessária para a solução do problema apresentado pelo tema. Atenção: não importa a quantidade de ações que o participante apresente na proposta. Saiba que, entre todas as ações, o que o avaliador busca é A MAIS COMPLETA entre o que foi apresentado. Então, pergunte-se: “O que deve ser feito?”.
  • agente: identifica o ator social apontado para executar a ação que se propõe. É necessário considerar o problema abordado pelo tema e a ação apresentada. A pergunta a ser respondida para identificar o agente da ação proposta é “Quem executa?”. Importante: o agente equivale a 1 elemento válido, independentemente de quantos ou quais deles sejam identificados em uma mesma proposta. Ou seja, mesmo que você coloque 3 agentes para executar uma ação, isso tudo equivale a 1 elemento válido. Certamente, não se trata da quantidade de agentes, mas sim da pertinência da escolha com relação ao projeto de texto e à ação.
  • modo/meio: diz respeito à maneira e/ou aos recursos pelos quais a ação é realizada. Assim, a pergunta que você deve se fazer para pensar esse elemento é: “Como se executa/Por meio do quê?”. É fundamental que o meio/modo apresentado seja executável, concreto e demonstre a capacidade interventiva da ação. Assim, em outras palavras, é preciso que seja possível de realizar.

Portanto, não elabore algo que seja inviável em relação à realidade.

  • efeito: corresponde aos resultados pretendidos ou alcançados pela ação proposta. A pergunta a ser respondida
    para identificar esse elemento é “Para quê?”. O efeito pode ser expressado por uma estrutura indicativa de finalidade, consequência ou conclusão.
  • detalhamento: acrescenta informações à ação, ao agente, ao modo/meio ou ao efeito. Portanto, ao elaborar a proposta, você deve se questionar o seguinte: “Que outra informação sobre esses elementos posso acrescentar ?”.

Exemplo de proposta de intervenção completa

Agora, veja uma proposta que foi elaborada de forma completa em 2019. O tema era “Democratização do acesso ao cinema no Brasil”. Gabriel Lopes compartilhou conosco o seu rascunho. Então, será que você consegue identificar os cinco elementos obrigatórios avaliados na competência 5 da redação?

(…) Paralelamente, o Ministério da Educação deve levar o tema às escolas públicas e privadas. Isso deve ocorrer por meio da substituição de parte da carga teórica da Base Nacional Comum Curricular por projetos interdisciplinares que envolvam exibição de filmes condizentes com a prática pedagógica e visitas aos cinemas da região da escola, para que se desperte o interesse do aluno pelo tema ao mesmo tempo em que se desenvolve sua consciência cultural e cidadã. Nesse contexto, poder-se-á expandir a ação transformadora da sétima arte retratada em “Na Quebrada”, criando um legado duradouro de acesso à cultura e de desenvolvimento social em território nacional.

E então, conseguiu achar todos os elementos? Colocamos em cores diferentes cada um deles para facilitar para você. Relacione-os com as perguntas que colocamos na descrição de cada elemento. Assim, você vai saber como planejar a sua quando chegar a sua vez!

Precisa de ajuda para aprender a desenvolver uma proposta completa? Não se aflija! Use a nossa plataforma de correções e conte com as orientações dos nossos corretores. Assim você vai conseguir mandar bem na prova! É só treinar bastante que o 1000 vem!

QUERO APRENDER REDAÇÃO!

 

Comentários do Facebook