CONFIRA O TEMA CLICANDO AQUI!

Privilégio, um substantivo bastante comum, apesar de abstrato e é justamente o fato de privilégio ser substantivo abstrato que nos chama a atenção. O que é privilégio? Quem ou o que define um privilégio? Os privilégios são variáveis? E dependeriam de quê?

Pois é, você já deve ter percebido que um tema como a conscientização de privilégios dá, como dizem ou diziam nossas avós, “pano para manga”, para não dizer para a peça inteira.

Socialmente, existem sim parâmetros e critérios para que se defina o que é ou não um privilégio, mas, ao abordar um tema assim, tão complexo, tenha em mente que essa definição também passa por um contexto pessoal e, por isso, individual.

Por se tratar de um treino para uma redação de grande porte na sociedade, como a redação do ENEM e dos vestibulares, adotaremos nas sugestões abaixo os princípios sociais do que é considerado privilégio.

É importantíssimo ainda  que você se lembre de que acesso à educação, moradia, lazer, saúde, cultura e segurança não são privilégios, mas sim direitos a todo cidadão brasileiro, independentemente de seu contexto, mesmo que esses direitos não sejam respeitados na grande parte das vezes, infelizmente.

Vamos Falar Sobre Meritocracia. Ou: será que é realmente apenas ...

1- Artigo on-line sobre os conceitos de privilégio.

Disponível em: https://sandracaselato.blogosfera.uol.com.br/2020/01/28/afinal-o-que-e-privilegio/

Acesso em: 16/07/2020.

Já que começamos este roteiro falando um pouco sobre o conceito variável do termo “privilégio”, nada mais justo do que indicarmos primeiramente esta leitura.

Neste artigo, a psicóloga Sandra Caselato faz um levantamento do uso do substantivo privilégio em segmentos diversos e traz várias sugestões de contextualização a respeito do assunto.

Se você tem dúvidas sobre o que é ou deixa de ser um privilégio social, não deixe esta sugestão passar em branco e corra para fazer a leitura. Com certeza, você sairá dela muito mais esclarecido (a).

2- Artigo on-line sobre privilégio vinculado à questão racial.

Disponível em: https://revistatrip.uol.com.br/tpm/stephanie-ribeiro-sobre-ser-uma-negra-com-privilegios

Acesso em: 16/07/2020.

O artigo é de 2017, mas continua nos fazendo refletir sobre privilégios (que, pensando mais a fundo, são mais direitos do que privilégios) que nos são tão naturais que acabamos nem mesmo os considerando enquanto privilégios.

O artigo traz um pouco da visão pessoal de Stephanie Ribeiro, uma jovem que soube analisar a situação de maneira positivamente crítica e que enriquece nossa forma de olhar para o assunto.

3- Artigo de jornal sobre consciência de privilégios vinculada à classe e raça.

Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/ilustrissima/2019/12/combate-a-racismo-exige-reconhecimento-de-privilegios-da-branquitude.shtml

Acesso em: 16/07/2020.

Ainda na linha das discussões sobre privilégios ligados à questão racial, o artigo da Folha traz uma nova vertente: a análise dos privilégios à luz das classes sociais.

Se você leu as referências até aqui, certamente deve ter notado que a consciência de privilégio anda de mãos dadas com a consciência das diferenças sociais existentes entre raças e classes.

É impossível considerar-se privilegiado sem reconhecer que há outros grupos que não têm acesso às mesmas coisas que eu e que isso acontece muito por conta da cor de sua pele ou de sua condição socioeconômica.

4- Matéria de página on-line sobre a definição de consciência de classe.

Disponível em: https://cafecomsociologia.com/consciencia-de-classe/

Acesso em: 16/07/2020.

Quando falamos de consciência de classe, na verdade estamos tratando de um termo especialmente complexo e que pertence aos ramos da Sociologia (principalmente), da Filosofia e da Psicologia.

Nesta matéria, o autor Cristiano das Neves Bodart apresenta o conceito de consciência de classe à luz de Karl Marx, além de completar o texto com outras referências de leitura para quem quiser saber mais.

As teorias de Karl Marx são extremamente relevantes e podem te auxiliar a construir redações sobre muitos temas, por isso, saber um pouco mais sobre ele é uma boa ideia.

5- Artigo on-line sobre o privilégio em tempos de pandemia.

Disponível em: https://brasil.elpais.com/sociedade/2020-05-12/jovens-tem-choque-de-consciencia-sobre-privilegios-e-injusticas-do-brasil-durante-a-pandemia.html

Acesso em: 16/07/2020.

É assustador pensar, mas toda a situação imposta por conta da pandemia causada pela Covid-19 trouxe ainda mais à tona as desigualdades e discrepâncias que existem em nosso país. E se as dissonâncias foram ressaltadas, os privilégios de um grupo em detrimento de outros também.

No artigo de El País, quatro jovens contam como tem sido suas experiências durante o período de isolamento social e quarentena estabelecidos no Brasil e como as situações vividas têm as ajudado a entender quanta injustiça e privilégio há em terras brasileiras.

6- Levantamento on-line sobre homicídios no país.

Disponível em: https://ponte.org/brasil-mata-cada-vez-mais-negros-mulheres-e-lgbts/

Acesso em: 16/07/2020.

Sabemos que vocês precisam de dados para sustentar as argumentações das redações e por isso selecionamos este levantamento.

Nele, temos em números aquilo que todo mundo já sabe: negros, mulheres e pessoas que pertencem ao grupo LGBTQIA+ sofrem muito mais violência e são mortas com mais frequência, mesmo nos dias atuais.

7- Indicações de documentários sobre privilégios.

Disponível em: https://revistatrip.uol.com.br/tpm/16-documentarios-para-entender-seus-privilegios

Acesso em: 16/07/2020.

Documentários são outra forma incrível de adquirir conhecimento sobre os mais variados assuntos e a revista Trip selecionou “só” 16 documentários que tratam da temática dos privilégios em diversos contextos.

8- Série Cara Gente Branca.

Disponível até a terceira temporada na Netflix.

Ano da primeira temporada: 2017.

Se você nunca ouviu falar desta série, está na hora de ficar por dentro de sua temática.

Resumidamente, alunos negros de uma universidade norte-americana bastante tradicional passam por diversas situações delicadas por apenas um motivo: serem negros.

Além disso, a série estampa os privilégios reservados à comunidade branca da universidade, que, mesmo sendo fictícia, assemelha-se, e muito, à realidade.

9- Série Elite

Disponível até a terceira temporada na Netflix.

Ano da primeira temporada: 2018.

Ao contrário da série indicada acima, Elite é mais centrada na oposição entre classes sociais e religiões, que constitui todo o conflito do enredo.

Nela, você terá três novos alunos bolsistas, de origem modesta, ingressando no caríssimo e tradicionalíssimo Colégio Elite. Já dá para imaginar que essa chegada não será bem-vinda.

10- Resumo do site Jus Brasil sobre os direitos básicos de qualquer cidadão.

Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/topicos/10619582/artigo-113-da-constituicao-federal-de-16-de-julho-de-1934

Acesso em: 16/07/2020.

Vivemos numa situação tão desigual e injusta em nosso país que, às vezes, acabamos nos esquecendo de que existem direitos. E direitos não podem ser considerados privilégios.

Este resumo traz todos os direitos básicos dos cidadãos reunidos no artigo 113 de nossa Constituição, um artigo, aliás, que pode ser útil para uma infinidade de temas.

 

Mente aberta e aquecida? Então vamos ao trabalho. Boa sorte!

Lets Go GIF by RuPaul's Drag Race - Find & Share on GIPHY

QUERO USAR ESSE TEMA!

Leia também:

Repertório para o tema ”Abandono paterno no Brasil’

Repertório para o tema ”A importância das redes de relacionamento on-line para os movimentos sociais’

Repertório para o tema ”Estereótipos na mídia e na literatura’

Repertório para o tema ”Gordofobia e o culto ao corpo padrão’

 

 

 

Comentários do Facebook