CONFIRA O TEMA CLICANDO AQUI!

O tema desta semana tem uma carga emocional muito grande, afinal, quando falamos de famílias e suas relações, isso sempre nos causa um sentimento empático, mesmo que não tenhamos vivido a situação em questão.

Pode ser que você nunca tenha pensado no abandono paterno enquanto um problema social em nosso país, principalmente se você não viveu ou não conheceu alguém que passou por isso, mas os altos índices (e cada vez mais crescentes) têm feito com que o tema se torne um assunto relevante a ser discutido.

Tenha em mente que a proposta desta redação é abordar a temática num âmbito social, por isso, experiências pessoais ou de pessoas próximas devem ser analisadas com bastante critério para que você possa decidir se, de fato, elas devem ou não compor seu texto.

Por ser um tema recorrente, antigo, mas sobre a qual temos ouvido falar pouco nos meios midiáticos, selecionamos para você várias referências com índices e pesquisas quantitativas sobre o assunto.

Esperamos que as indicações te ajudem a construir um excelente texto.

Aborto masculino: por que essa expressão tem ganhado força nas ...

1- Matéria on-line sobre projeto social de procura aos pais.

Disponível em: https://www.uol.com.br/universa/noticias/redacao/2018/04/10/vivemos-uma-epidemia-social-de-abandono-paterno-diz-promotor.htm

Acesso em 08/07/2020.

Como os índices de abandono paterno são frequentes e cada vez mais altos, o Poupatempo de Itaquera-SP criou um projeto em que as pessoas podem procurar por seus pais gratuitamente. O objetivo central do projeto é tentar diminuir os números alarmantes de filhos que não conhecem seus pais.

2- Matéria on-line sobre paternidade responsável.

Disponível em: http://www.ibdfam.org.br/noticias/7024/Paternidade+respons%C3%A1vel%3A+mais+de+5%2C5+milh%C3%B5es+de+crian%C3%A7as+brasileiras+n%C3%A3o+t%C3%AAm+o+nome+do+pai+na+certid%C3%A3o+de+nascimento

Acesso em 08/07/2020.

Nesta matéria, o advogado Rodrigo da Cunha Pereira discute o conceito da paternidade responsável e quais são os impactos na sociedade diante do abandono paternal.

Seria o exercício da paternidade lei em nosso país? Uma pessoa pode ser incriminada por abandonar seu filho? Todas essas respostas estão no texto indicado.

3- Resumo sobre documentário a respeito do abandono paterno.

Disponível em: https://www.hypeness.com.br/2016/11/todos-nos-5-milhoes-documentario-pretende-abordar-o-abandono-paterno-no-brasil/

Acesso em 08/07/2020.

Como dissemos anteriormente, ainda que o abandono paterno seja um problema expressivo em nosso país, pouco se fala sobre ele na grande mídia. Tentando remediar esse problema e trazer luz à questão, um documentário foi planejado.

No link acima, você poderá ter acesso a mais dados e índices sobre o tema e conhecer a respeito do projeto do documentário.

4- Documentário Todos Nós 5 Milhões.

Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=s7sUDHjNRtQ

Acesso em 08/07/2020.

O link disponibilizado te levará para o documentário a que fizemos referência na indicação anterior. O vídeo está completo, com boa qualidade, em português e com legendas disponíveis.

Se este é um tema que te desperta interesse, reserve 1h27min para acompanhar o documentário na íntegra. Com certeza, as informações vão te enriquecer.

5- Documentário Eu te esperei.

Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=vefROhty4dA

Acesso em 08/07/2020.

Este pequeno documentário tem apenas 26 minutos, mas é absolutamente tocante, pois nele você tem o relato de filhos que foram abandonados por seus pais.

É uma nova forma mais intimista de olhar um assunto que estamos tratando enquanto problema social, mas que pode ser fonte de tristeza para muita gente.

6- Artigo on-line sobre as causas do abandono paterno.

Disponível em: https://averdade.org.br/2017/06/cultura-abandono-paterno/

Acesso em 08/07/2020.

Analisando friamente a situação e sem deixar o emocional interferir, o que faria um pai abandonar seu filho? É a busca por essa resposta que motiva o artigo indicado.

Além do levantamento, inclusive histórico, sobre as principais razões para o abandono paterno, você também poderá conhecer outros projetos e iniciativas que estão acontecendo em nosso país a fim de minimizar a situação.

7- Artigo acadêmico acerca das consequências causadas pelo abandono paterno.

Disponível em: http://uniesp.edu.br/sites/_biblioteca/revistas/20180301124653.pdf

Acesso em 08/07/2020.

Já era de se imaginar que o abandono paterno tem consequências para a sociedade como um todo, mas muito mais para o filho que é abandonado e são essas consequências que o artigo aborda.

Se você é daqueles que adora colocar especialistas no assunto em sua redação, esta é a referência perfeita, pois o trabalho está recheado delas.

8- Links de causas judiciais a respeito de abandono paterno.

Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/topicos/2794584/abandono-paterno

Acesso em 08/07/2020.

Legalmente, o que tem acontecido em nosso país a respeito do abandono paterno? Como tem sido o entendimento dessa situação perante as leis?

Separamos para você este levantamento do site Jus Brasil que contém o resumo de muitas causas judiciais relacionadas à temática e também discussões de especialistas na área do Direito.

9- Matéria on-line sobre ação legal para retirada de sobrenome do pai.

Disponível em: https://www.migalhas.com.br/quentes/325817/filho-conquista-direito-de-retirar-sobrenome-paterno-apos-abandono-afetivo

Acesso em 08/07/2020.

A matéria aqui indicada é de 29 de abril deste ano, ou seja, com referências super atualizadas para você aproveitar em sua redação.

O assunto central do texto é a conquista legal de um jovem (sem nome identificado) para a retirada do sobrenome do pai devido à situação de abandono paterno.

10- Matéria on-line com relatos de filhos que sofreram abandono paterno.

Disponível em: https://d.emtempo.com.br/amazonas-cidades/196886/no-am-vitimas-falam-sobre-as-consequencias-do-abandono-paterno

Acesso em 08/07/2020.

Mais uma matéria do mês de abril deste ano repleta de relatos de pessoas abandonadas por seus pais quando crianças e que hoje, adultas, ainda sofrem emocional e psicologicamente com a situação. Não à toa, a matéria as coloca na situação de vítimas.

11- Poema sobre abandono paterno.

Disponível em: https://www.geledes.org.br/stephanie-ribeiro-em-poema-colunista-relembra-o-abandono-do-pai/

Acesso em 08/07/2020.

Quando o sentimento é imenso e as palavras em sua ordem natural não expressam sua grandeza, o sentir vira poesia. E é isso que aconteceu no texto indicado.

Stephanie Ribeiro escreveu um poema dolorido sobre o sofrimento advindo por conta do abandono de seu pai, e mais: o principal motivo da escritura do poema, segundo a autora, foi a irmã mais nova, que espera a volta do pai até hoje.

 

Sabemos o quanto falar sobre abandono é um desafio, por isso, torcemos para que as referências aqui indicadas possam realmente te auxiliar a ter uma percepção mais aprofundada do porquê o abandono paterno é um problema social em nosso país e quais seriam as possíveis soluções para minimizar essa ocorrência ou os danos advindos dela.

Por fim, é hora de respirar fundo, organizar as ideias e colocar a caneta para trabalhar. Boa sorte!

QUERO USAR ESSE TEMA!

Leia também:

Tema de redação: As principais dúvidas do homem pós-moderno

Tema de Redação: Alienação parental no Brasil

Tema de redação: A autonomia da mulher brasileira nos casos de interrupção da gestação

Tema de redação: As altas taxas de feminicídio no Brasil

Tema de redação: Estereótipos na mídia e na literatura

Tema de Redação: Educação domiciliar no Brasil

Tema de Redação: A relação entre professor e aluno e o processo de aprendizagem

Comentários do Facebook