Tema de redação – ENEM DIGITAL 2020: O desafio de reduzir as desigualdades entre as regiões do Brasil

O desafio de reduzir as desigualdades

Você já se perguntou sobre os desafios para reduzir as desigualdades entre as regiões do Brasil? Pois bem, este é um tema de extrema relevância e complexidade, envolvendo aspectos sociais, econômicos e políticos.

Então, leia atentamente o texto abaixo e crie um texto dissertativo-argumentativo sobre Tema – O desafio de reduzir as desigualdades.

TEXTO I

Ao relembrar a década de 1970, percebe-se que o Brasil se destacava não apenas pela pobreza, mas também pela elevada concentração de pessoas pobres em seus municípios, além da carência generalizada de serviços essenciais. Desde então, nos últimos quarenta anos, ocorreu uma melhora significativa nas condições de vida urbanas. A renda per capita cresceu, a concentração de pobres diminuiu, e houve um avanço na infraestrutura física, na disponibilidade de médicos e nos níveis de escolaridade. Contudo, apesar desses avanços, a desigualdade de riqueza entre os municípios brasileiros manteve-se estável. Ao mesmo tempo, a desigualdade territorial na concentração da pobreza aumentou, embora as desigualdades no acesso a serviços básicos, como energia elétrica, água e esgoto, coleta de lixo e educação, tenham diminuído.

Por outro lado, a trajetória de melhorias teve uma expressão regional bem marcada. Durante esses quarenta anos, o progresso começou nos municípios mais ricos, onde a universalização dos serviços antecedeu, de forma significativa, a expansão da cobertura para outras áreas. Assim, a melhoria das coberturas nas regiões Sul e Sudeste representou o primeiro ciclo de expansão para todas as políticas, apesar dos diferentes ritmos para cada política setorial. Posteriormente, a melhoria da cobertura para as regiões Sul e Centro-Oeste marcou o segundo ciclo de expansão para todas as políticas. Por fim, as regiões Norte e Nordeste foram as últimas áreas a experimentar a expansão da oferta de serviços.

Adaptada – ARRETCHE, M. Trazendo o conceito de cidadania de volta: a propósito das desigualdades territoriais. In: ARRETCHE, M. (Org.). Trajetórias das desigualdades: como o Brasil mudou nos últimos cinquenta anos. São Paulo: Ed. Unesp/CEM, 2015 (adaptado).

TEXTO II

O IBGE divulgou dados sobre a renda em cada estado em 2019. A pesquisa mostrou uma disparidade grande entre as diferentes unidades da federação. Distrito Federal, São Paulo e Rio de Janeiro aparecem como os locais com maior rendimento domiciliar per capita.

Além de mostrar as distâncias entre cada estado, os números do IBGE revelam disparidades expressivas entre as regiões brasileiras no ano de 2019. Em especial, fica evidente o menor rendimento por pessoa em estados das Regiões Norte e Nordeste.

Todos os estados das Regiões Norte e Nordeste tiveram rendimentos per capita menores que os estados das Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste em 2019. Isso significa, sobretudo, que os 16 estados do Brasil com menor renda domiciliar per capita foram os 16 estados pertencentes às Regiões Norte e Nordeste. Da mesma forma, as 11 unidades com maior rendimento em 2019 são as que compõem Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Disponível em: https://www.nexojornal.com.br. Acesso em: 30 set. 2020 (adaptado).

TEXTO III

Qual momento específico da ocupação do território brasileiro acentuou de modo mais relevante as desigualdades sociais?

Na perspectiva de Milton Santos, a globalização se destaca como um momento crucial na história da ocupação do território brasileiro, acentuando de forma significativa as desigualdades sociais. Segundo ele, a globalização trouxe consigo mudanças bruscas de valores, acelerando os processos de valorização e desvalorização de maneira que impede a reorganização dos atores sociais. Inclusive, a classe média, anteriormente percebida como protegida, agora se encontra vulnerável.

Além disso, Santos aborda a questão de como a globalização impacta as diferenças regionais no Brasil. Ele argumenta que, embora a globalização tenda a unificar, essa unificação não se traduz em integração. Ela favorece a homogeneização em benefício de um número limitado de atores, mas a verdadeira integração, que é mais viável do que antes graças às novas tecnologias, ainda está por ser realizada. Para Santos, a globalização é uma promessa que pode ser concretizada, e a integração efetiva será um resultado desse processo.

Fonte adaptada: Entrevista de Milton Santos em 2001. Disponível em: folha.uol.com.br. Acesso em: 18 jul. 2020.

PROPOSTA DE REDAÇÃO

A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo em modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “O desafio de reduzir as desigualdades entre as regiões do Brasil”, apresentando proposta de intervenção que respeite os direitos humanos. Desse modo, selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

EXEMPLO TEMA - O DESAFIO DE REDUZIR AS DESIGUALDADES

Na obra de arte “Os reiterantes” de Candido Portinari é retratada uma família na pobreza andando em um deserto, ou seja, representando um exemplo de migração de nordestinos para lugares que possam melhorar a condição financeira. Fora do desenho, a situação de desigualdade entre regiões brasileiras é presente, de modo geral, ocasionada por um fardo histórico e a negligência estatal, então, caso resolvidos, talvez essa não fosse a realidade do Brasil.

Em primeira análise, é necessário ressaltar que os fluxos migratórios internos ocorridos no passado podem ser motivadores do cenário atual de priorização de certas localidades do país. Evidenciando o supracitado, em meados de 1950, com o advento do modelo capitalista, as opções de industrialização sempre recaiam nas regiões Sul e Sudeste, de forma a centralizar os espaços propícios a chegada de canarinhos que precisavam modificar suas situações econômicas. Diante disso, trazendo para o século XXI, torna-se inadmissível que tal circunstância ainda ocorra, quando até donos de grandes perfis nas redes sociais, os chamados influenciadores digitais, que moram no Nordeste muitas vezes precisam se mudar para os polos industriais, tendo que deixar um vínculo familiar para trás. Logo, faz-se crucial o interesse das empresas, nesse caso nacionais, no restante do país, de forma a expandir a situação criada anos atrás.

Ademais, convém debater que o descaso estatal também faz parte da precarização de certas áreas, indo contra um dever previsto na lei. Sob esse aspecto, de acordo com o artigo 5 da Constituição todos são iguais e tem que ter acesso a segurança e propriedade, condicionando um lar. Em outras palavras, mesmo que em teoria existam lugares “mais fáceis” de se conseguirem empregos, citados anteriormente por terem sido o foco de muitas empresas, torna-se desconfortável para aquele já estagnado na miséria conseguir forças para migrar para outras regiões, como último recurso e muitas vezes sem o conhecimento para adquirir o serviço, pois é compromisso do Estado evitar esse cenário ao proporcionar tanto a capacitação, como oportunidades. Isto significa que além das empresas, é evidente a ação dos três poderes a fim de agirem para promover a propriedade e segurança em totalidade entre brasileiros.

Por conseguinte, é indiscutível ações interventivas, para tanto, cabe ao governo federal junto do Ministério do Trabalho fazerem um projeto de expansão da modernização e dos empregos, pincipalmente para o Norte e o Nordeste. De modo geral, esse projeto será feito a partir de política públicas voltadas a capacitação para os serviços do futuro, logo, para a tecnologia, em que cursos técnicos gratuitos serão ofertados em massa, como, Administração, Informática, Marketing Digital. Além disso, propostas serão feitas com as empresas nacionais, por exemplo, Magazine Luiza, de forma a incentivar a maior instalação de suas sedes e lojas físicas nas regiões citadas antes, objetivando gerar novos empregos e proporcionar espaços mais modernos e parecidos com os encontrados no Sul. Desse modo, os diferentes territórios do Brasil vão ser nivelados.

Gostou do tema? Na nossa plataforma, você encontra mais de 300 temas atualizados para treinar e conquistar a nota máxima. Então, acesse agora e descubra como podemos ajudá-lo a alcançar seus objetivos!

⏰ O cupom loucura com 40% de desconto acaba em:

  • 00Dias
  • 00Hrs
  • 00Min
  • 00Seg