O desconto do plano APROVADO EM 2021 termina em: dias horas minutos segundos

ENEM 2020: O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira

Na música “Clarice”, de Renato Russo, é retratada a história de uma jovem que, vítima de problemas mentais, busca atenuar sua solidão social. Análogo à obra, graças ao estigma associado às doenças mentais, parte da população brasileira compartilha do mesmo sentimento de Clarice. De fato, isso acontece por conta da normalização dessa situação pelo povo e resulta em uma sociedade menos democrática.  


Primordialmente, é importante ressaltar que o estigma social ligado à vitalidade mental permanece ativo devido ao viés de normalidade designado pela a população a esse tipo de postura. Decerto, a prova disso pode ser obtida ao observar as ideias de Bourdieu, sociólogo moderno, sobre o caráter simbólico da violência, no qual ele aponta que, quando a sociedade normaliza uma injustiça, o problema passa a ser sutilmente ignorado. Dessa maneira, quando o povo – por intermédio do preconceito e da negação -  estigmatiza a saúde mental, pessoas que se encontram nessa situação frágil são socialmente ignoradas.


Outrossim, seria leviano não ressaltar que o estigma social relativo às questões psicológicas tem como consequência uma sociedade menos democrática. Sem dúvida, esse fato pode ser comprovado ao analisar o pensamento de Milton Santos, geógrafo brasileiro, no seu pensar sobre a justiça social, ao afirmar que um eixo só é democrático quando atinge uma totalidade social. Dessa forma, o estigma em torno das pessoas com saúde mental fragilizada afirma a ineficiência estatal em garantir saúde e inclusão social para todos, visto que, por exemplo, o preconceito pode manter essa parcela da população fora de uma totalidade social.


Portanto, visto as questões relacionadas com o estigma social associado à saúde mental no Brasil, o Ministério da Educação deve, por meio de uma formação continuada, promover palestras – presenciais e on-line - que conscientizem a população dos perigos e consequências de normalizar essa postura social a fim de inserir a saúde mental na vivência do povo e promover uma sociedade mais democrática. Ademais, essa iniciativa deve contar com professores capacitados e motivados, pagos pela verba tributária, para que menos casos como o de “Clarice” sejam presentes na população.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!