O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Dessalinização da água

Para a Teoria Ecomalthusiana o desperdício dos recursos naturais é um fator preocupante, pois nem todos são bens duráveis e renováveis. Assim como previa Malthus, no Brasil atual, a crise hídrica, infelizmente, mostrou o que são na prática as palavras do geografo. Diante disso, surge a ideia de dessalinizar a água salgada. Isso, poderia ser uma tentativa de coibir o impasse, porém deve ser pautada com cuidado. Afinal, esse caminho tanto pode causar impactos ambientais, quanto ter um custo elevado.


Primeiramente, é ético considerar a função ambiental da água salgada. Ela é biologicamente necessária para muitas espécies marinhas, já que eles tem o organismo adaptado ao ambiente salgado e se perderem esse meio podem até explodir seus pela osmose celular. Nesse sentido, torna-se desrespeituoso interromper esse fluxo natural que a natureza faz para manter a vida de outros seres vivos.


Ademais, a dessalinização em poços e cisternas é um desafio, visto que tem um preço elevado. Nesse viés, pode-se citar o caso pernambucano de adoçar a água salobra. Essa tentativa da Embrapa utiliza a osmose reversa, método mais ´´barato´´ de dessalinização, porém, mesmo assim, ainda é um valor ´´salgado´´ para os pobres vítimas da seca. Logo, essa técnica concentra o desigual acesso a água no sertão, restrito a quem tem mais dinheiro e terra, o que é injusto.


Diante do exposto, é necessário refletir a respeito da dessalinização da água. Para isso, o Governo, por meio do Ministério do Meio Ambiente, deve utilizar o modelo israelense de reaproveitamento de esgotos domésticos, afim de aproveitar o que seria inútil, sem retirar desnecessariamente o ´´bem marinho´´. Também é mister, o financiamento de Projetos de Pesquisa, feito pelo Ministério da Educação, com a doação de bolsas de estudos para universidades federais, a fim incentivar o desenvolvimento de meios dessalinizar água para serem distribuídos gratuitamente aos nordestinos carentes. Feito isso, a água não será mais o motivo de disputa e preocupação como previa Thommas Malthus.


Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!