Tema de redação – Dessalinização da Água

Tema de redação - Dessalinização da Água

A crise hídrica global é uma realidade e os prognósticos não são nada animadores: a ONU afirma que “até 2030, o planeta enfrentará um déficit de água de 40%, a menos que seja melhorada dramaticamente a gestão desse recurso precioso”. O aumento na demanda de água tem como principais forças o crescimento populacional e o avanço da produção industrial e agrícola, que evoluem na mesma medida em que os recursos hídricos são esgotados. A água, em si, está longe de ser um bem escasso – cerca de 70% da superfície terrestre é coberta por H2O e há, ainda, grande quantidade do líquido em aquíferos e mananciais subterrâneos. O que falta é água potável para consumo humano – apenas 0,92% da água terrestre está disponível para nosso uso – e para alimentar a indústria e a agricultura, que é responsável por 70% do consumo de água na Terra. A solução parece simples: por que, então, não tornar potável esse imenso volume de água hoje salgada e imprópria para consumo? A resposta é igualmente simples: purificar água do mar é caríssimo. Contudo, há esperança no horizonte. Em 2018, o custo da dessalinização caiu ao nível mais baixo de todos os tempos. Pela primeira vez, informa a Associação Internacional de Dessalinização (AID), dessalinizar um metro cúbico de água – o equivalente a 1000 litros – custou menos de US$ 0,50. “Dessalinização e reutilização de água são soluções de abastecimento de água não convencionais, ambientalmente corretas, e estão em linha com a economia circular de água, além de oferecerem uma solução para a escassez hídrica”, afirma disse Shannon McCarthy, secretário geral da AID.

FONTE: https://bluevisionbraskem.com/inovacao/dessalinizacao-da-agua-e-a-melhorresposta-para-a-crise-hidrica/

Exemplo Tema de redação – Dessalinização da Água

 No filme “Lorax”, realizado por Chris Renaud, ocorre um fenêmeno muito comum na contemporaneidade, a comercialização de um recurso básico; no caso do filme, o ar, que é vendido em cápsulas e garrafas. Analogamente, tal comportamento do filme é característico da sociedade hodierna, a qual tem se filiado na monetarização e irresponsabilidade. Nesse sentido, tal paradoxo se conjuga com o panorama da dessalinização da água, a qual se apresenta como uma fuga para a mudança social.

 Primeiramente, o primeiro causador da escassez de água é o próprio usufruidor desse recurso, o homem, o qual se exime de sua responsabilidade ambiental. Em meados do século XIX, se iniciou a segunda revolução industrial, a qual tinha como principal combustível os materiais fóceis. Com isso, a utilização desses produtos aumentou a emição de gases do efeito estufa, os quais desencadearam uma diminuição da corbertura de geleiras e da quantidade de água potável, consequentemente. Parardoxalmente, a sociedade acompanhou esse ato estaticamente, apenas preocupando-se com o meio ambiente quando suas casas foram alagadas e seus filhos morreram de calor, pelo aumento da temperatura, advindo das mudanças climáticas.

Ademais, enquanto a sociedade permanece imóvel perante tal problema, o Estado se movimenta para trazer uma solução paleativa e muito cara, a dessalinização da água. Nessa óptica, Max Horkheimer, filiado da “Escola de Frankfurt”, apresenta que, na sociedade contemporânea, tudo pode ser monetarizado, de objetos complexos como obras de arte até recursos básicos, como a água, a qual, ao se tornar dessalinizada, prioritariamente, se converterá em um recurso de luxo. Tal projeto de monetarização auxiliará no mantenimento do estigma da desigualdade, regulando e aprovando tal problemática.

 Por conseguinte, tal sociedade idealizada por Chris Renaud não pode ser uma previsão do futuro da humanidade. Portanto, o Estado, tem a responsabilidade de criar uma Agência de Desenvolvimento da Dessalinização da Água. Nessse ínterim, tal órgão terá como função a implementação da política pública da dessalinização nos espaçoes mais necessitados, a partir da colocação de bombas dessalinizadoras nesses espaços, montadas por profissionais especializados. Contudo, tal ato será conjugado com uma reeducação dos cidadãos que tiverem acesso a esse recurso, a partir de cursos curtos, organizados nos centros comunitários locais. Além disso, tais cursos também serão utilizados como material obrigatório na educação básica, implantados na BNCC. Para, por fim, ser formada uma sociedade progressista, que defende o meio ambiente e a vida, diferente daquela prevista por Horkheimer e Renaud.

⏰ O cupom loucura com 40% de desconto acaba em:

  • 00Dias
  • 00Hrs
  • 00Min
  • 00Seg