Ah, a nota 1.000, número que nos faz sonhar noite após noite e que nos impulsiona durante todo o processo de estudos e preparação para o ENEM.

Conquistar a tão afamada nota 1.000 é um sonho sim, porém, possível, tanto que 53 candidatos do ENEM 2019 conseguiram ver esses quatro números na parte de conceito da redação.

CLIQUE AQUI PARA FAZER DOWNLOAD DE 44 DESTAS REDAÇÕES!

Então, por que não aproveitarmos para vermos o que esses candidatos fizeram de tão bom na redação deles? Afinal, técnica boa é técnica compartilhada.

Google: os 10 GIFs mais procurados pelos brasileiros em 2018 - Thorn

Evidentemente, qualquer redação que seja avaliada com conceito máximo no ENEM precisa ter algumas características básicas e obrigatórias, por isso, espere ver em todas elas os seguintes quesitos:

– Três partes textuais: introdução, desenvolvimento e conclusão;

– Divisão e organização paragrafal adequadas;

– Coesão e coerência entre os parágrafos;

– Defesa de argumentos a partir de elementos sustentatórios (citações, dados, contextualização histórica etc.);

– Atenção máxima ao tema;

– Correção gramatical;

– Proposta de intervenção viável e totalmente vinculada à problemática trabalhada ao longo do texto;

– Autoria.

Mas é lógico que de tudo isso você já sabe, afinal, qualquer redação do ENEM deveria obedecer a esses critérios (e a não obediência a eles acarreta descontos de conceitos), por isso, procuramos as especificidades, os detalhes que acabam fazendo a diferença na hora da construção textual e, claro, da avaliação.

Vamos dar aquela espiadela do bem no trabalho dos coleguinhas de 2019? Vem com a gente.

 Contextualização atualizada

Realmente, a contextualização tanto do tema quanto dos argumentos (principalmente quando se recorre a fatos históricos) faz muita diferença no nível de qualidade da redação. Quando essa contextualização está atualizada, então…

Isso ocorre porque contextualizações que envolvem dados, situações e fatos recentes demonstram estudo aprofundado, atualização, preparo, além de saírem do senso comum, criando uma alegação diferenciada.

Note como esse recurso foi utilizado nas redações de Daniel Gomes e Gabriel Lopes, ambas avaliadas com conceito 1.000 no ENEM 2019.

“O filme Cine Holliúdy narra a chegada da primeira sala de cinema na cidade de Crato, interior do Ceará. Na obra, os moradores do até então vilarejo nordestino têm suas vidas modificadas pela modernidade que, naquele contexto, se traduzia na exibição de obras cinematográficas.”

( Extrato de redação do candidato Daniel Gomes )

“O longa-metragem nacional Na Quebrada revela histórias reais de jovens da periferia de São Paulo, os quais, inseridos em um cenário de violência e pobreza, encontram no cinema uma nova perspectiva de vida.”

( Extrato de redação de Gabriel Lopes )

O filme Cine Holliúdy foi lançado em 2013 e o longa Na Quebrada estreou em 2014. Ambos são produções brasileiras e citá-las na redação também expressa valorização da produção nacional.

Excelente pontuação

Sabemos que existem sinais de pontuação que são opcionais em alguns casos e obrigatórios em outros, porém, mesmo nos casos em que a pontuação é uma escolha do autor, colocá-la acaba atribuindo um sentido mais claro à sentença (temos um artigo sobre o assunto aqui no blog, clique AQUI para conferir).

Se você observar os próprios extratos citados acima, é possível notar o quanto a pontuação dos dois candidatos é irrepreensível e faz com que a leitura fique mais fluida, sem que tenhamos de voltar várias vezes à mesma sentença até entendermos o sentido dela.

Com Opinião] Flipop e o preconceito com a literatura YA | Sem Serifa

Evidências de amplo repertório cultural

Uma das frentes avaliativas da redação do ENEM tem por objetivo analisar o quanto o candidato conhece sobre o assunto e qual a variedade desse conhecimento, por isso, incluir no texto dados, notícias, considerações de pensadores, literatura, cinematografia e afins é uma escolha que contribui, e muito, para a boa avaliação nesse critério.

Note como essa ideia foi trabalhada pelo candidato Augusto Scapini e pela candidata Eduarda Duarte, ambos nota 1.000 no ENEM 2019.

Trechos da redação de Augusto Scapini:

Aristóteles, grande pensador da Antiguidade, defendia a importância do conhecimento para a obtenção da plenitude da essência humana.[…]

De início, tem-se a noção de que a Constituição Federal assegura a todos os cidadãos o acesso igualitário aos meios de propagação do conhecimento, da cultura e do lazer.[…]

Essa segregação é identificada na elaboração da tese de “autocidadania”, escrita pelo sociólogo Jessé Souza, que denuncia a situação de vulnerabilidade social vivida pelos mais pobres, cujos direitos são negligenciados tanto pela falta de ação do Estado quanto pela indiferença da sociedade em geral.[…]”

Trechos da redação de Eduarda Duarte:

“Durante a primeira metade do século XX, as obras cinematográficas de Charlie Chaplin atuaram como fortes difusores de informações e de ideologias contra a exploração e o autoritarismo no continente americano.[…]

Essa visão condiz com as ideias de Henri Lefebvre, uma vez que, para o sociólogo, o meio urbano é a manifestação de conflitos, o que pode ser relacionado à evidente segregação socioespacial dos cinemas.[…]

Isso porque, apesar de Steve Jobs, um dos fundadores da empresa Apple, ter corroborado com a ideia do mundo virtual como influenciador ao constatar que a “tecnologia move o mundo”, as redes sociais não são utilizadas pelos órgãos públicos para divulgar apresentações cinematográficas nos centros culturais, presentes em diversas regiões do país.[…]”

Palavras de abertura para os parágrafos

Apesar de não ser um quesito obrigatório, utilizar palavras específicas para a abertura dos parágrafos situa o leitor com relação às partes do texto dissertativo-argumentativo, além de atribuir maior coerência ao texto e facilitar a criação do tópico frasal (está na dúvida sobre o que é tópico frasal? Clique AQUI para saber mais).

Entretanto, cuidado! Fuja das obviedades. Nada de introduzir o texto com “inicialmente” ou concluir com “em conclusão”, pois isso revela pouca riqueza vocabular e pode reduzir os conceitos.

Vamos ver o que os candidatos nota 1.000 fizeram?

Ademais, uma análise dos métodos da educação nacional é necessária.

É evidente, portanto, que a dificuldade na democratização do acesso ao cinema no Brasil é agravada por causas corporativas e educacionais.

Logo, é necessário que a Secretaria Especial de Cultura do Ministério da Cidadania torne tais obras mais alcançáveis ao corpo social.

Paralelamente, o Ministério da Educação deve levar o tema às escolas públicas e privadas.”

Trechos da redação de Gabriel Lopes.

Tendo em vista a realidade supracitada, destaca-se a crescente discrepância entre as classes sociais nos grandes centros habitacionais, o que leva a modificações no espaço.

Além disso, a insuficiência de recursos destinados a exibições em teatros populares é um fator que dificulta a democratização do cinema no Brasil.

Desse modo, é imprescindível democratizar o acesso ao cinema no Brasil.”

Trechos da redação de Eduarda Duarte.

Pop Com's- Princesa Pop, jogo de moda! Jogo de meninas e jogo para ...

Citação de leis

Já falamos sobre isso em outras ocasiões aqui no blog: citar leis atribui muita força à argumentação, porém, a lei citada precisa ter relação direta com o tema, não se pode citar simplesmente por citar.

Das 53 redações nota 1.000 de 2019, 27 delas citaram a Constituição Federal ao longo da apresentação dos argumentos. É lógico que essa não é um regra ou uma fórmula pronta para uma boa nota, mas saber minimamente sobre os direitos básicos dos quais a Constituição Federal trata pode ajudar bastante na hora de redigir seu texto.

Alguns temas cotados para 2020 tratam do mercado e das condições de trabalho atuais, portanto, é interessante conhecer mais sobre as leis que compõem a Consolidação das Leis do Trabalho- CLT.

Vocabulário formal, mas compreensível

Muitos e muitos “especialistas” (entre aspas mesmo) em redação do ENEM dizem que “se você colocar tal palavra na redação, isso é garantia de nota alta”. Mentira!

Demonstrar um vocabulário rico, com bastantes variações de sinônimos, certamente é um excelente recurso (e não à toa também é critério avaliativo), mas colocar palavras não usuais, das quais você nem sequer sabe o significado, só porque elas parecem “bonitas”, não é uma atitude inteligente.

Isso porque os corretores avaliam algo chamado “nível e estilo vocabular”, que diz respeito ao processo de escolha de palavras e a como você as combina para escrever seu texto. Caso haja em sua redação uma palavra ou mais que fujam ao seu estilo, há uma quebra de coerência. E aí, já sabe, desconto de nota.

Observe os extratos que citamos aqui enquanto exemplos de nota 1.000. Não há neles nenhuma palavra que não seja usual ou, ao menos, conhecida de grande parte dos falantes de Língua Portuguesa. E esse é o segredo: demonstrar que você sabe usar os recursos e as variantes de sua língua, mas de forma acessível e compreensível.

gif-de-palmas-11 - Garbor in Company

Estamos torcendo para que em 2021 a sua redação esteja aqui como exemplo de nota 1.000. Vamos em frente!

QUERO APRENDER REDAÇÃO!

Leia também:

Quais são os critérios de correção da redação do ENEM?

Como interpretar e compreender os textos motivadores da redação?

Filmes, séries e livros que podem ser utilizados na redação do ENEM

Como fazer uma boa proposta de intervenção na redação do ENEM?

Como vai funcionar o ENEM DIGITAL?

Comentários do Facebook