O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Pobreza no Brasil

Funcionando conforme a primeira lei de Newton, a Lei da Inércia, a qual afirma que um corpo tende a permanecer em seu movimento até que uma força atue sobre ele, o mudando de percurso, a situação de pobreza é um contratempo presente na sociedade brasileira. Com isso, em vez de funcionar como a força suficientemente capaz de alterar a rota deste problema, rumo à extinção, a combinação da má distribuição de renda aliada à dificuldade de ascensão na pirâmide social contribui com a situação atual.
É válido ressaltar, a principio, que a questão da pobreza no Brasil possui raízes históricas e teve início na colonização. Nesse sentido, desde a má distribuição latifundiária feita por colonos portugueses, cuja divisão não contou com a participação dos índios nativos, há uma desigualdade social que perdura no país. Além disso, é estimado que a maior concentração de miséria se encontra nas regiões do Nordeste, cujo território foi pioneiro na colonização, onde, atualmente, 60% da população, em média, vive com menos de R$200,00 mensais.
Ainda convém lembrar que nesse contexto de dificuldades financeiras, é notório que jovens não deem continuidade aos estudos básicos para optar por algum trabalho informal. Em vista disso, é compreensível que apenas 43% dos brasileiros com mais de 25 anos possuam o ensino médio completo, já que desde cedo precisam garantir o sustento necessário para a família. Entretanto, ao optar pela evasão escolar, o adolescente se insere em um paradoxo onde, sem o básico de educação, ele dificilmente terá possibilidades de possuir um futuro promissor.
Torna-se evidente, portanto, a necessidade de adotar medidas que amenizem a situação de pobreza no Brasil. Por conseguinte, cabe ao Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Social, investir mais recursos nas políticas sociais, como o bolsa-família, além de intensificar o cadastramento de pessoas de baixa renda no programa, de maneira a garantir que a desigualdade financeira diminua. Ademais, uma parceria entre Empresa e Escola é fundamental para que sejam ampliadas vagas do programa Jovem Aprendiz, cuja função é intermediar o ingresso do adolescente em oportunidades de emprego de carga horária reduzida, de forma a garantir que esse consiga ter uma renda sem prejudicar seus estudos. Só assim, será possível funcionar como a força descrita por Newton e alterar o percurso do problema da permanência para a extinção.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!