O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Maus-tratos a crianças e adolescentes no Brasil

O mito da caverna, de Platão, descreve a situação de pessoas que se recusavam a observar a verdade em virtude do medo de sair de sua zona de conforto. Fora da alusão, a realidade brasileira caracteriza-se com a mesma problemática no que diz respeito aos maus-tratos a crianças e adolescentes, pois também é um tema que vive às sombras da sociedade.Nesse contexto, percebe-se a configuração de um grave impasse, em razão da inércia governamental e da falta de debates.


Em primeira análise, a falta de políticas públicas é uma das razões para que o impasse persista.Sobre isto,Abraham Lincoln, importante personalidade americana,disse, em um de seus discursos ,que a política é serva do povo e não o inverso .Em relação a tal afirmação, nota-se uma inconformidade  sobre a falta de amparo social as vítimas e a atuação do Estado brasileiro, no sentido que,ao contrário do que Lincoln explanou, o governo pouco serve ao povo com ações, planos e metas que proporcionem meios de combater esse óbice.Por conseguinte, ferindo um direito fundamental estabelecido no artigo 6° da Carta Magna , em que declara o Estado como garantidor da segurança para todo cidadão. Dessa forma, sem uma pólitica comprometida, infelizmente a resolução do fato é praticamente utópica.


Ademais, o silenciamento é outra causa latente do problema.Segundo o filósofo alemão Habermas,a linguagem é uma verdadeira forma de ação.Sob esse viés,para que um óbice como os maus-tratos a crianças e adolescentes seja mitigado, é preciso discutir sobre. Entretanto, verifica-se uma lacuna no que se refere aos debates em torno dessa questão ,haja vista a pouca importância dada para essa temática no cotidiano das conversas brasileiras.Consequentemente, afastando o acesso às diferentes visões e interpretações dela, acabando assim contribuindo com o aumento da falta de conhecimento da população sobre a questão ,tornando a sua resolução mais dificultada.Logo é inaceitável que tal situação continue.


Portanto, faz-se necessária uma intervenção.Para isso, o Governo Federal, garantidor dos direitos sociais, deve promover uma semana para rodas de conversas sobre como acabar com os maus-tratos a crianças e adolescentes na sociedade brasileira.Esses eventos podem ocorrer por meio de praças públicas, contando com a presença da população,especialistas no assunto e a mídia fazendo a cobertura desse encontro, a fim de quebrar a inércia estatal e o silenciamento em torno do tema.Dessa forma,ao contrário do mito da caverna,as pessoas começarão a enxergar a verdade.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!