Medidas para o fim do tráfico de drogas no Brasil | Repertórios para o tema

por | set 17, 2021

Início » Repertório para temas » Medidas para o fim do tráfico de drogas no Brasil | Repertórios para o tema

Quer saber mais sobre o tema “Medidas para o fim do tráfico de drogas no Brasil?”? Confira alguns repertórios que listamos!

 

O tema “Medidas para o fim do tráfico de drogas no Brasil” é mais um daqueles temas do ENEM que deixam o seu cabelo em pé, não é? Afinal, o tráfico de drogas é uma situação cada vez mais urgente e complexa, ainda mais quando olhamos para o cenário brasileiro.

 

https://giphy.com/gifs/converse-xTkcEId8z20sPCMlK8

 

No âmbito global, a temática gira em torno de duas vertentes: de um lado, a adoção de políticas de legalização das drogas; de outro, políticas de criminalização e proibição, como é o caso no Brasil. 

Em nosso país, o tráfico de drogas é considerado um crime previsto na Lei 11.343/2006, sendo esta uma medida proposta pelo governo para combatê-lo. Porém, atualmente, há muitas controvérsias sobre se essa medida é realmente eficaz. O tema também envolve questões muito mais profundas em nossa sociedade, como a desigualdade social e o racismo estrutural.

É um tema delicado, né? Mas calma, a gente ajuda! Ao escrever uma redação sobre o fim do tráfico de drogas é importante ter bastante conhecimento e uma visão ampla sobre a realidade brasileira. Assim, você vai poder caprichar na argumentação, apresentando boas referências que deem suporte à sua tese. Por isso, separamos alguns repertórios socioculturais para você se aprofundar no assunto e até mesmo utilizar na redação. Bora lá?

 

CURTA-METRAGEM | Crack, repensar

 

O curta-metragem Crack, repensar (2015), dirigido por Felipe Crepker Vieira e Rubens Passaro, reúne depoimentos de vários especialistas, usuários, ex-usuários de crack e profissionais que atuam na área de saúde pública para debater sobre a política de drogas no Brasil. Em apenas 25 minutos, o curta aborda algumas problemáticas sobre redução de danos, dependência, encarceramento e internação compulsória.

Além disso, faz uma denúncia à política proibicionista ao apontar que ela é ineficaz e, ao mesmo tempo, direcionada apenas a pessoas em situação de vulnerabilidade, negras e periféricas. Sobre a criminalização do tráfico de drogas, o cientista social Orlando Zaccone levanta uma crítica pertinente: “A construção no ambiente social é cruel, porque quem tem condições de provar que tem condições de comprar a droga é usuário e quem não tem é considerado traficante”.

O documentário é curtinho, tem apenas 25 minutos e está disponível no Youtube. Corre lá pra ver!

 

https://www.youtube.com/watch?v=K-TFGOdW8RE

 

DOCUMENTÁRIO | Quebrando tabu

 

Outro documentário que merece ser visto e que vai ajudar você na elaboração dos seus argumentos é o Quebrando Tabu (2011), produzido pelo cineasta Fernando Andrade. Como o próprio nome sugere, o documentário foi produzido com o objetivo de quebrar o tabu que existe em torno do debate público sobre as drogas ilícitas.

Ele discute sobre as políticas contra às drogas implantadas em outros países, como a descriminalização, e levanta uma reflexão para a realidade brasileira: “se não conseguimos acabar com as drogas dentro de uma prisão de segurança máxima, como podemos acabar com elas em uma sociedade livre?”.

O documentário também está disponível no Youtube!

 

https://www.youtube.com/watch?v=NZYxmJXBPHM

 

FILME | Cidade de Deus

 

Um dos clássicos do cinema brasileiro, o filme Cidade de Deus (2002), dirigido por Fernando Meirelles e Kátia Lund, retrata de forma realista uma das maiores favelas do Rio de Janeiro: a Cidade de Deus.

A história tem como protagonista o Buscapé, um jovem negro e pobre, que mora na favela e vive em meio à violência. A narrativa retrata as dificuldades de quem vive na favela e aborda questões que, infelizmente, são urgentes em nosso país até os dias de hoje, como desigualdade social, racismo estrutural, abuso de poder, violência e corrupção policial.

O filme completo está disponível no Youtube. Prepara a pipoca!

 

https://www.youtube.com/watch?v=nBWtTrLxUjM

 

VÍDEO | Guerra às drogas

 

Neste vídeo, a intelectual Rita Von Hunty, do canal Tempero Drag, faz uma crítica sobre o termo “guerra às drogas” como uma prática ineficaz de criminalização realizada no Brasil. Ela aponta que a atual política de drogas no país é uma forma de mascarar a institucionalização do encarceramento da população negra e periférica. Em contraponto, Rita entende que uma das medidas para o fim do tráfico de drogas é a política de integração e socialização do usuário, ou seja, é a oferta de melhores condições e perspectivas de vida.

Para esse argumento, ela apresenta um estudo importante sobre a relação entre a dependência química e o isolamento social, realizado no final dos anos 70, pelo psicólogo canadense Bruce Alexander. O estudo denominado “Ratolândia” explorou, por meio de experimentos com ratos presos em gaiolas, o quanto os animais têm mais predisposição à dependência de drogas quando vivem em condições insalubres. Por outro lado, os roedores que possuíam socialização e melhores condições de vida, a probabilidade de recorrer às drogas era praticamente nula. Interessante, né?

O vídeo tem 17 minutos, mas juro que vale a pena assistir! Dá um play aí:

 

https://www.youtube.com/watch?v=-JS27esNdkE

 

Ah, o estudo “Ratolândia”, do psicólogo Bruce Alexander, fez tanto sucesso que também está disponível em quadrinhos aqui!

 

REPORTAGEM | A íntima relação entre narcotráfico e política no Brasil

 

Na reportagem A íntima relação entre narcotráfico e política no Brasil, publicada na Agência Pública, o jornalista Vasconcelo Quadros apresenta detalhes de uma investigação da Polícia Federal sobre o tráfico de cocaína realizado por aqueles que possuem poder financeiro e social: políticos e empresários do agronegócio.

Para ler a reportagem completa e saber mais, clique aqui.

 

PESQUISA | Um tiro no pé

 

A pesquisa intitulada Um Tiro no Pé: Impactos da proibição das drogas no orçamento do sistema de justiça criminal do Rio de Janeiro e São Paulo calculou os gastos governamentais com as instituições do Estado, que são responsáveis pela repressão armada e a aplicação da Lei de Drogas no Brasil. O resultado é alarmante: o Rio de Janeiro e o estado de São Paulo gastaram mais de R$ 5,2 bilhões com a política de proibição das drogas. Tá passada?

 

https://giphy.com/gifs/britishbakeoff-shock-shocking-liam-charles-tfUW8mhiFk8NlJhgEh

 

A partir desse resultado, a pesquisa levanta as seguintes perguntas: a proibição funciona? E se esse dinheiro fosse investido em saúde, educação e renda básica? Será que não seria mais efetivo para o fim do tráfico de drogas?

Dá o play no vídeo a seguir e veja alguns dados levantados!

 

https://youtu.be/lvoWNciWMQ4

 

Quer saber mais sobre a pesquisa? Leia o relatório completo aqui.

 

E aí gostou dos repertórios socioculturais para o tema “Medidas para o fim do tráfico de drogas no Brasil”? Você tem outros repertórios sobre o tema para compartilhar? Conta pra gente nos comentários! 🙂

Não se esqueça de enviar a sua redação pra gente depois, hein? Nós corrigimos seus textos em até 3 dias úteis!

 

 

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é ad-3-1-1024x536.jpg
Marina Dias

Bacharela em Letras Língua Portuguesa e Literaturas pela UFSC, revisora de textos e redatora.

Assine um plano do Redação Online
Como fazer uma Redação do zero
Guia da Redação ENEM: tudo o que você precisa saber
Como tirar nota mil na Redação ENEM