Temas e Repertórios
Otavio Pinheiro

Tema de Redação: Imediatismo da sociedade moderna e a dificuldade em lidar com as frustrações

Com base nos textos motivadores abaixo, produza uma redação dissertativo-argumentativa sobre o tema: Imediatismo da sociedade moderna e a dificuldade em lidar com as frustrações. Texto 1 Vocês já pensaram que grande parte de nossos problemas e insatisfações estão ligados ao fato de não sabermos lidar com nossas frustrações? Frustração é a não satisfação de uma expectativa que mantínhamos. A realidade contraria o esperado. É comum que uma frustração venha acompanhada de uma manifestação agressiva de quem passou por ela. Quando as pessoas não estão com os “pés no chão”, criam em suas mentes possibilidades mirabolantes que, no decorrer do tempo, não se concretizam. As decepções vão aumentando e, consequentemente, as insatisfações também. O imediatismo também é um forte colaborador para alimentar frustrações e revoltas. Quer-se algo tempestivamente. Observem que isso não ocorre só com as crianças, mas principalmente com os “adultos”, que não podem respeitar o tempo para que as coisas aconteçam, não querem cumprir as etapas necessárias para que se tenha a conquista do desejado. Para tudo existe um tempo, assim como a forma de se conquistar. Os fins não justificam os meios. Se isso fosse verdade, após a conquista viria a satisfação, o que não ocorre. E

Leia mais »
Vestibulares
Otavio Pinheiro

Dicas para a redação da UFRGS

Enquanto muitos já estão tomando água de coco na beira da praia, outros ainda estão ralando para se dar bem nos vestibulares que acontecem no início de 2017, e muitos de vocês estão se preparando para a redação da UFRGS! Por isso, preparamos um listão da UFRGS para te ajudar no vestibular! Essa galera deixou até mesmo de ver o especial de Natal do Roberto Carlos para estudar e já está assim: Calma aí! Respira fundo, pois agora falta pouco. Toma aquele último fôlego e confere aqui algumas dicas para arrasar na redação da UFRGS: A redação da UFRGS é aquela “diferentona”. Ela aceita o uso do “eu” – primeira pessoa do singular – na dissertação, no entanto, ele não é obrigatório e nem deve aparecer no texto todo. Invista pesado na argumentação! Antes de mais nada, escolha uma estratégia argumentativa. Você pode escolher um “lado” e argumentar em prol da defesa dele ou pode ter uma postura conciliadora. Exemplo: no ano passado, os vestibulandos foram desafiados a pensar no livro na era digital. A defesa do uso de uma das duas formas literárias, digital ou impressa, ou a conciliação entre o uso da ambas as formas eram dois caminhos

Leia mais »
Fuvest
Otavio Pinheiro

Dicas de como fazer uma redação nota 10 na FUVEST

Os temas abstratos que costumam figurar na prova de redação da Fuvest funcionam como verdadeiros exercícios de reflexão para os estudantes que prestam o vestibular. Mas qual o segredo de uma redação considerada excelente? Veja, a seguir, Dicas de como fazer uma redação nota 10 na FUVEST: 1 – Comece pela redação O ideal é fazer um rascunho e depois ir para a prova de Português. Depois, volte e revise. Este distanciamento permite olhar criticamente a redação e achar erros de gramática;  2 – Atenção ao enunciado Leia com atenção o enunciado e o direcionamento por meio do texto que a Fuvest dá como apoio. Busque a ideia central de cada texto, grifando as palavras-chave;  3 – Vá direto ao ponto Não precisa situar o texto no tempo-espaço. Comece introduzindo o assunto proposto, já emitindo sua posição sobre o assunto (isso é muito importante, você deve deixar o seu posicionamento claro desde o princípio, na introdução. Jamais fique “em cima do muro” sobre o tema) ; 4 – Referências e dados Siga justificando sua posição com evidências, dados, referências filosóficas e políticas, para imprimir uma marca de autoria; se você conseguir citar dados estatísticos e citar a fonte da qual

Leia mais »
Fuvest
Otavio Pinheiro

Possíveis temas da redação da Fuvest 2016

   Com base nos exemplos de edições anteriores, preparamos uma lista dos assuntos que podem ser abordados na prova de redação da Fuvest 2016. São onze destaques do Brasil e do mundo que mais chamaram a atenção da opinião pública e que rendem boas argumentações. Venha ver sobre nossas apostas de Possíveis temas da redação da Fuvest 2016! Crise na política nacional O ano foi marcado por uma das piores crises políticas da história do País. A população se manifestou nas ruas com os “panelaços” e as marchas anticorrupção. Diferentes categorias profissionais entraram em greves prolongadas e houve até pedidos formais de impeachment da presidente Dilma Rousseff. PEC da Maioridade Penal Um dos temas mais importantes debatidos na Câmara dos Deputados foi a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos em casos de crimes hediondos. PEC das Domésticas Foi sancionada a lei que amplia os direitos dos empregados domésticos com itens como seguro-desemprego, salário-família, auxílio-creche e seguro contra acidentes de trabalho. Fanatismo religioso Os atentados promovidos por radicais islâmicos ao longo do ano, sobretudo em Paris, provocaram enorme tensão mundial. Destaque para os ataques à sede da revista Charlie Hebdo e para a série

Leia mais »

Proposta de redação: Variação e preconceito linguístico

Venha ver sobre Proposta de redação: Variação e preconceito linguístico! Texto 01 A variação linguística é um fenômeno que acontece com a língua e pode ser compreendida por intermédio das variações históricas e regionais. Em um mesmo país, com um único idioma oficial, a língua pode sofrer diversas alterações feitas por seus falantes. Como não é um sistema fechado e imutável, a Língua Portuguesa ganha diferentes nuances. O português que é falado no Nordeste do Brasil pode ser diferente do português falado no Sul do país. Claro que um idioma nos une, mas as variações podem ser consideráveis e justificadas de acordo com a comunidade na qual se manifesta. As variações acontecem porque o princípio fundamental da língua é a comunicação, então é compreensível que seus falantes façam rearranjos de acordo com suas necessidades comunicativas. Os diferentes falares devem ser considerados como variações, e não como erros. As variações linguísticas acontecem porque vivemos em uma sociedade complexa, na qual estão inseridos diferentes grupos sociais. Alguns desses grupos tiveram acesso à educação formal, enquanto outros não tiveram muito contato com a norma culta da língua. Podemos observar também que a língua varia de acordo com suas situações de uso, pois um

Leia mais »
Temas e Repertórios
Otavio Pinheiro

Diferenças e semelhanças entre a redação do ENEM e de vestibulares

Se você está se preparando para entrar em uma boa universidade, você não pode deixar a redação de lado, pois ela conta pontos valiosos na sua prova. A redação do Enem é uma das partes mais importantes do exame. É a única prova na qual você pode atingir os 1000 pontos e que, quando bem feita, pode aumentar a média final da prova. E a redação do seu vestibular não fica de fora dessa. Mas, dependendo da prova que você vai fazer, alguns aspectos podem ser pedidos na sua redação e outros não, então vale a pena conhecer a banca e o tipo de prova para o qual você está se preparando. A redação do ENEM, por exemplo, possui algumas diferenças quando comparada com as redações dos vestibulares, então listaremos, aqui, diferenças e semelhanças entre os dois tipos de redação. Quando falamos das diferenças: 1 – O ENEM não obriga o candidato a dar um título para a redação (apesar de ser recomendável que ele o faça). Já os vestibulares, em geral, pedem que você intitule o seu texto e, caso você não faça isso, pode perder muitos pontos; 2 – A redação do ENEM é uma dissertação argumentativa; já nos

Leia mais »
Dicas de Redação
Otavio Pinheiro

6 dicas para começar a escrever redação do zero

Muita gente tem medo das provas de Redação, seja na escola, no Enem ou no Vestibular. Então, como conseguir uma boa nota? Tirar nota máxima na prova de redação é muito difícil e não existe uma fórmula que garanta um bom resultado. Mas algumas práticas são sempre citadas por quem chega lá: 1) Conheça a prova: Antes de qualquer coisa, saiba com que tipo de prova você está lidando – e isso vale para todo o Enem e para todos os vestibulares que pretende fazer. “Em vez de ver a prova como um inimigo, encare-a como algo que está em seu favor. Para isso, é necessário conhecê-la, o que envolve, no caso do Enem, saber os critérios de avaliação usados e a forma como os avaliadores gostariam que a sua redação fosse escrita“. E aí, você sabe o que a prova do seu vestibular está pedindo? 2) Leituras importantes: Ler e escrever muito são pontos básicos, assim como se manter atualizado sobre o que acontece no mundo por meio de jornais, revistas e pela internet. “Para a introdução, é essencial ter uma visão histórica e cultural ampla que lhe permita citar pensamentos, teorias ou ainda coisas do cotidiano que se relacionem ao tema, iniciando

Leia mais »
Vestibulares
Otavio Pinheiro

Dicas para detonar na redação do vestibular

Há alguns anos a redação nem existia nas provas de vestibular, mas depois de algumas denúncias na falha do processo seletivo, as universidades perceberam que não dava pra avaliar os alunos sem a presença de um texto redigido pelos mesmos. Hoje ela tem peso de 40% na nota do vestibular e isso derruba muita gente nos concursos, tanto públicos quanto particulares. Por isso, é importante saber escrever bem para equilibrar conteúdo escolar e capacidade de escrita. Já pensou se você gabarita a prova objetiva e manda mal na redação? Aí, não dá. Dê uma olhada nas nossas dicas pra ficar afiado na hora da prova. A primeira etapa da redação é analisar bem a proposta do tema e verificar o gênero pedido: narração, dissertação ou carta. A partir do material oferecido pela banca faça o maior número de associações possíveis com leituras prévias e fatos importantes e anote tudo num rascunho. O uso exclusivo do material da prova pode denotar total desconhecimento sobre o tema proposto. As informações que você trouxer no seu texto têm peso maior quando vindas de outros meios que não o oferecido na prova. O candidato deve ser capaz de criar um texto, articulando sua opinião

Leia mais »

O que devo fazer com minha nota do Enem?

Agora é aquele momento que muitos se indagam “Tá, eu fiz o Enem e agora? O que eu faço com minha nota?”. Fique calmo, o Enem é um método q te ajudar a conquistar muitas coisas. Muitas universidades utilizam 10% a 30% da sua nota para aumentar sua pontuação no vestibular. Por exemplo, a UFSC usa 30% para complementação da nota. Mas fora isso, você pode ingressar na universidade por outros meios.    Preciso acertar quantas perguntas para entrar na faculdade com a nota do Enem? Isso vai depender do curso e da faculdade que você deseja e do processo seletivo em que você se inscrever. No Sisu e no Prouni, os sistemas calculam uma nota de corte para cada curso e instituição, com base no número de vagas disponíveis e nas notas dos candidatos inscritos.  Qual a relação entre Enem e Sisu? O Sisu e o Sisutec (apenas para cursos técnicos) é um processo seletivo gerenciado pelo MEC no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes da última edição do Enem que não tenham tirado nota zero na redação. As inscrições ocorrem duas vezes por ano (uma a cada semestre) e, nelas, o candidato pode

Leia mais »
Dicas para ler mais rápido os enunciados do Enem
Vestibulares
Otavio Pinheiro

Agora que passou o Enem, como devo me preparar para o vestibular?

E ai, já sabe traçar seu plano de ensino para o vestibular? Agora que passou pelo Enem, você tem que continuar focado. Ter passado pelo Enem não significa que você deve relaxar, o vestibular esta chegando e você deve estar preparado. Então, é necessário que você reorganize seu cronograma de estudo. Pode ser no papel, no notebook ou em um monte de post-it: monte seu plano com as dicas a seguir. Vamos ver sobre Agora que passou o Enem, como devo me preparar para o vestibular? 1. Status atual Entenda sua posição atual para definir o que falta ser feito. Veja o que falta para estudar e passe tudo para o papel. 2. Escolha seu caminho Já sabe que curso prestar? Avalie seus interesses, leve em conta resultados dos testes de vocacionais. É preciso definir o seus objetivos. “Eu quero um trabalho que envolva sustentabilidade e meio ambiente.” Ou “Eu quero combinar o ensino de Inglês com as viagens”. 3. Reorganize sua rotina de estudo Pense. O Enem já passou se continuar na mesma rotina de antes vai acabar relaxando, então, é hora de criar novos métodos. Faça os exercícios de casa; adiante sempre os trabalhos; revise as tarefas; anote

Leia mais »

⏰ O cupom loucura com 40% de desconto acaba em:

  • 00Dias
  • 00Hrs
  • 00Min
  • 00Seg