logo redação online

saúde mental na pandemia

Os impactos da pandemia de COVID-19 na saúde mental dos jovens
Temas e Repertórios
Professora Margarete

Os impactos da pandemia de COVID-19 na saúde mental dos jovens | Tema de redação

Não é só impressão: os jovens sofreram (e ainda sofrem) com os efeitos da pandemia, bem mais que os adultos, principalmente no assunto saúde mental. Os números não mentem: depressão e desânimo com o futuro aumentaram nessa faixa etária. É um problema que ainda persiste e gostaríamos de saber quais propostas de intervenção você teria para ele. Sim, porque este pode ser o próximo tema do Enem! Se você faz parte da nossa comunidade de seguidores, sabe que este será o tema da redação desta semana: “Os impactos da pandemia de COVID-19 na saúde mental dos jovens”. Faça sua redação dissertativa-argumentativa como o Enem pede, argumente com os repertórios que deixamos no final deste artigo e use os textos que estão abaixo. Agora, se você é novo por aqui, entenda o que é uma dissertação para o Enem, e treine com a gente! Texto 1 O impacto da COVID-19 na saúde mental de adolescentes e jovens Uma pesquisa recente realizada pelo UNICEF mostra que a crise do COVID-19 está tendo um impacto significativo na saúde mental de adolescentes e jovens na América Latina e no Caribe.  (…) Entre os participantes, 27% relataram sentir ansiedade e 15% depressão nos últimos sete

Leia mais »

Tema de Redação: Ansiedade e depressão em tempos de pandemia

Leia os textos motivadores que se seguem para desenvolver a proposta de redação sugerida abaixo. Texto 1 Como lidar com estresse e ansiedade em tempos de Covid-19 Levantamento preliminar junto à Central 160 revela quadros de estresse agudo e ansiedade relacionados à pandemia O contexto de incertezas da pandemia pelo novo coronavírus tem provocado reações de estresse agudo e ansiedade na população fluminense, segundo levantamento preliminar da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES-RJ) junto à Central 160, serviço gratuito do estado do Rio de Janeiro para tirar dúvidas por telefone. A psiquiatra Sandra Fortes, professora associada de Saúde Mental e Psicologia Médica da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), atualmente consultora da Superintendência de Atenção Psicossocial e Populações Vulneráveis (SAPV) da SES-RJ, alerta que a falta de ar e a dificuldade para respirar que caracterizam esses quadros podem ser confundidas com sintomas de Covid-19. “É importante observar essas sensações para saber se o que está ocorrendo é um quadro de estresse agudo, uma crise de ansiedade ou uma síndrome gripal, que pode indicar suspeita de infecção pelo novo coronavírus”, orienta. As reações ao estresse agudo e os quadros de

Leia mais »