logo redação online

sala do saber

Temas e Repertórios
Otavio Pinheiro

Pobreza menstrual | Repertórios para o tema tema

Quer conferir repertórios para o tema ”Desafios no combate à pobreza menstrual”? Nós separamos alguns para você sobre a pobreza menstrual! Já estamos em 2021 e, ainda hoje, em vários cantos do mundo, pessoas que menstruam precisam enfrentar a pobreza menstrual, um problema que tem sido potencializado pela crise financeira que assola vários países, inclusive o Brasil. Solucionar essa questão é algo urgente, e o caminho para isso começa pela desconstrução da menstruação como tabu. Pensando nisso, escolhemos tal discussão para compor o nosso tema de redação desta semana e, agora, vamos sugerir alguns repertórios para você usar no seu texto.    O QUE É A POBREZA MENSTRUAL? | VÍDEO   Neste vídeo, a médica e ex-BBB Marcela Mc Gowan explica sobre a pobreza menstrual e traz um dado um tanto quanto alarmante: no Brasil, absorvente não é visto como item básico. Diferentemente do papel higiênico e da pasta de dente, por exemplo, ele é tributado como artigo de luxo, com 25% de impostos.   https://youtu.be/eHKQ6KdOQbY   MULHERES EM SITUAÇÃO DE RUA E MENSTRUAÇÃO | Vídeo sobre pobreza mestrual   E como as pessoas que vivem situação de rua e menstruam lidam com esse problema? Este vídeo mostra como algo

Leia mais »
Enem
Otavio Pinheiro

10 coisas que você não deve fazer na redação do ENEM

Vivemos nos preparando para o ENEM e pensando no que devemos fazer na redação, mas, tão importante quanto saber o que fazer, é saber o que NÃO fazer. Às vezes, deixamos escapar pontos fundamentais em nossa redação por simples desatenção ou por desconhecermos alguns detalhes que fazem toda a diferença, por isso, selecionamos 10 coisas que você não deve fazer em sua redação se quiser alcançar aquele notão. 1- Uso de gírias e/ou expressões informais Um erro bastante comum, principalmente quando nos falta vocabulário suficiente, é recorrermos às gírias ou expressões bastante informais, próprias da fala, em nossa redação. A menos que o tema possibilite a inclusão desses termos (e, mesmo assim, é importante termos bastante critério), evite a todo custo incluir em seu texto marcas da oralidade ou as tão comuns, que, mesmo comuns, não são dicionarizadas e, por isso, não são consideradas vocabulário formal, gírias. Se a sua dificuldade está em lembrar sinônimos para expressões repetitivas ao longo do texto, comece a fazer uma relação de sinônimos, pois esse treino facilitará bastante a lembrança das opções na hora da prova. 2- Estrangeirismos Temos notado que, principalmente nos últimos anos, os estrangeirismos, ou seja, termos “importados”, emprestados de outra

Leia mais »
Atualidades
Otavio Pinheiro

100 anos de Clarice Lispector: Como usar a autora em suas redações?

Se você é brasileiro e ainda não conhece a obra de Clarice Lispector, precisa correr para compensar o tempo perdido, pois ler Clarice é muito mais do que uma simples leitura, é uma experiência. Clarice Lispector é, por assim dizer, uma estrela que brilha com intensidade no cenário do Modernismo brasileiro, isso porque suas obras são de altíssima qualidade literária e não perdem suas qualidades excepcionais mesmo com o passar das décadas. Um pouco sobre a autora Apesar de compor o rol de artistas literários brasileiros, Clarice nasceu na Ucrânia em 1920, mas ainda bebê passa a viver com sua família no Brasil. A própria autora era pontual em afirmar que não se identificava com a naturalidade ucraniana. Sua família, judia, por conta da perseguição aos judeus, viu-se obrigada a deixar a Ucrânia e procurar refúgio no Brasil, país no qual Clarice foi naturalizada mais tarde (aos 21 anos, conforme determinava a lei da época). Tendo vivido inicialmente em Maceió e após no Recife e Rio de Janeiro, Clarice perde sua mãe aos oito anos e seu pai aos vinte. A autora era portanto uma mulher órfã, ainda solteira, num contexto histórico e social em que as mulheres eram úteis

Leia mais »
Atualidades
Otavio Pinheiro

30 anos de ECA: Como usar o Estatuto da Criança e do Adolescente nas suas redações?

Em 13 de julho de 2020, o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), completou 30 anos, sua primeira publicação foi em 1990. Por muitos anos, os conceitos de infância e adolescência não eram definidos. Acreditava-se que a criança era, na verdade, uma espécie de adulto em versão reduzida. Por isso, não se considerava que suas necessidades e formas de desenvolvimento fossem diferentes. Com os estudos da Psicologia e da Sociologia, notou-se que as crianças e os adolescentes tinham características próprias, diferentes daquelas dos adultos. Por isso, criar leis que os protegessem e permitissem seu pleno desenvolvimento tornou-se fundamental. Na verdade, no Brasil, outras leis precederam o Estatuto da Criança e do Adolescente. Uma delas foi o Código de Menores, da década de 70. O Código de Menores foi constituído com a intenção de promover proteção, assistência e vigilância a pessoas até 18 anos, daí o nome “menores”. Porém, o Código de Menores surgiu num contexto de ditadura militar, em que a liberdade era altamente cerceada. Por essa razão, os artigos do Código foram utilizados muito mais no âmbito criminal. No caso de menores infratores, do que no sentido de atender a todas às crianças e aos adolescentes. Em 1988,

Leia mais »
Enem
Otavio Pinheiro

Quais são os critérios de correção da redação do ENEM?

Falamos muito por aqui sobre as melhores formas de garantir uma belíssima nota 1000 em sua redação do ENEM, e, tão importante quanto ter ferramentas para escrever bem, é saber como sua redação será corrigida, saber como é a famosa correção da redação do Enem. A correção da redação do ENEM é estruturada em competências e a escolha do termo competências já nos conta bastante sobre o principal objetivo da produção textual deste teste. Espera-se que o aluno tenha sim conteúdo e repertório para dissertar a respeito do tema selecionado, mas, além de saber sobre o tema, é essencial que ele saiba como usar todos os recursos da língua a fim de expressar da melhor maneira possível seu ponto de vista, seus argumentos e sua proposta de intervenção. As competências para a correção da redação são divididas em cinco quesitos e cada uma dá conta de avaliar uma forma de aplicação da língua ou de desenvolvimento do tema. Sabendo que a nota máxima a se alcançar é a de 1000 pontos, fica fácil compreender que cada competência equivale à nota máxima de 200 pontos, sem nenhuma prevalência de uma competência em detrimento da outra. Todas têm exatamente o mesmo peso

Leia mais »

Como usar a série The Politician na redação?

O Lucas Felpi, que tirou nota 1000 na redação do ENEM 2018, preparou uma dica maravilhosa para vocês: como usar a série THE POLITICIAN nas suas redações! Bora pegar o caderno e anotar tudo? SÉRIE: THE POLITICIAN 2019- • 2 temporadas • 45min • 16+ Sinopse: “Payton não tem dúvidas de que chegará à presidência dos EUA. Para isso, ele precisa passar pelo cenário mais traiçoeiro de todos: a politicagem da escola.” ‍1ª TEMPORADA (SEM SPOILERS) JOVENS NA POLÍTICA “The Politician” traz uma versão adolescente de um tema visto como adulto: a política. Protagonizada por Payton Hobart, um jovem ambicioso aspirante à Casa Branca, a série destaca a complexidade de personagens adolescentes e a importância de sua participação no debate político. AMBIÇÃO VERSUS ÉTICA Desde os 7 anos, Payton almeja ser presidente dos Estados Unidos. Dono de uma ambição irrefreável, ele fará de tudo para conseguir o que deseja. Sua ganância e narcisismo ultrapassam os limites da ética. “Quero fazer o bem às pessoas. Mas não que eu seja uma boa pessoa”, ele diz. 1ª TEMPORADA (COM SPOILERS) SUICÍDIO ADOLESCENTE Em meio às eleições para Grêmio Estudantil, o opositor de Payton, River Barkley, revela em público uma tentativa passada de suicídio e seu quadro

Leia mais »
Enem
Otavio Pinheiro

O que é ENEM PPL?

Você sabia que, além da versão tradicional impressa e da nova modalidade digital, o Enem ainda conta com mais um tipo de aplicação? Considerado como “Enem secreto” por alguns, o Enem PPL foi implementado em 2010 e é modalidade legítima de aplicação até o presente ano. PPL corresponde à sigla “pessoas privadas de liberdade”, ou seja, o Enem PPL é destinado a pessoas que estão cumprindo sentença prisional em regime fechado (nas prisões) ou a jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade. Apesar de ser de pouco conhecimento geral, o Enem PPL não tem nada de “secreto”, já que suas informações são disponibilizadas no site do Ministério da Educação e do INEP a qualquer pessoa que se interessar pelo assunto. É claro que, por se tratar de um público bastante específico, o Enem PPL tem algumas características bastante peculiares e vamos te contar quais são elas no artigo de hoje. 1- Por que o Enem PPL foi criado? As provas tradicionais do Enem começaram a ser aplicadas em 1998 e não havia nenhuma previsão ou possibilidade de acesso às provas (e aos seus benefícios) às pessoas privadas de liberdade. Em 2010, com base em dois pontos de nossa

Leia mais »