logo redação online

machismo

pessoas rindo humor piada
Propostas de redação
Professora Margarete

O uso de estereótipos de gênero no humor na mídia brasileira | Tema de redação

No passado, os humoristas Rafinha Bastos e Danilo Gentili contaram piadas machistas na TV, e tiveram problemas com isso. Por sua vez, o saudoso humorista Jô Soares divertiu gerações com seus personagens gays.  Assim, para você, tem graça esse tipo de humor que envolve estereótipos de gênero? Pode parecer uma pergunta fácil de responder, mas não é, não: onde entra a liberdade de expressão nessa hora? Então, temos abaixo opiniões variadas sobre o fato, inclusive do próprio Jô Soares. Use-as para escrever uma redação dissertativa-argumentativa sobre o tema “O uso de estereótipos de gênero no humor da mídia brasileira”. Pense em argumentos fortes e propostas de intervenção. O uso de estereótipos de gênero no humor na mídia brasileira – Texto 1 Significado de Humor n.m. 1. Ação de rir ou de fazer outra pessoa rir; 2. Característica ou atributo do que é engraçado ou divertido; graça, jocosidade ou jovialidade; 3. Ânimo, estado de espírito ou disposição de um indivíduo num dado momento; 4. Aptidão ou competência para admirar o que é jocoso ou cómico. (Etm. do inglês: humour) Fonte: lexico – humor O uso de estereótipos de gênero no humor na mídia brasileira – Texto 2 A (re)produção do estereótipo nas

Leia mais »
Combate ao machismo no mundo gamer
Temas e Repertórios
Otavio Pinheiro

Combate ao machismo no mundo gamer | Tema de Redação

No mundo dos jogos on-line, as mulheres ouvem piadinhas infames, xingamentos descarados e até ameaças, se por acaso vencem o jogo – esse é o machismo no mundo gamer!  Se esse fosse o tema da próxima redação do Enem ou do vestibular, o que você escreveria? Não custa nada se preparar: aqui vão 3 textos motivadores para ajudá-lo a pensar no caso. Em seguida escreva uma dissertação argumentativa expondo o problema do machismo no mundo gamer e como ele poderia ser minimizado.    TEXTO 1   ‘Vivi situações humilhantes’: ela criou campanha contra machismo nos games   “Tenho 21 anos e minha relação com o mundo gamer começou aos 7, influenciada por meu pai, que também joga. Ele me mostrou alguns games e me apaixonei por esse universo ao ver o quanto aquilo podia ser algo legal e divertido. Hoje em dia, jogo profissionalmente e já disputei várias competições de “Rainbow Six Siege”, ganhando três delas. No campeonato de 2020, por exemplo, fui a melhor do ranking no circuito feminino desse jogo. Por outro lado, sendo mulher nesse meio sei que o machismo no mundo gamer é algo muito comum, infelizmente. Vivi situações horríveis e humilhantes. Em trocas com outras jogadoras percebi

Leia mais »

Medidas para combater o tabu da saúde masculina | Tema de redação e repertórios

  Se engana quem pensa que a cultura machista afeta apenas a vida das mulheres. Essa ideologia também afeta a vida dos homens e está diretamente relacionada ao tabu da saúde masculina – nosso tema da semana! Leia os textos motivadores a seguir e, com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo sobre o tema “Medidas para combater o tabu da saúde masculina”. Após ler a proposta, confira a lista de repertórios socioculturais que preparamos sobre ela!   TEXTO 1   O tabu da saúde do homem   “O homem sempre foi visto pela sociedade como um ser forte e inabalável, aquele que é invulnerável, que não pode expressar suas emoções ou sentimentos. Tais conceitos criados sobre essa população pode ter sido um dos principais fatores para interferir nos cuidados com a sua saúde. Segundo Cavalcanti e colaboradores (2014), esses preceitos históricos em relação a masculinidade faz com que estes não deem o devido valor à sua saúde e, muito menos, na prevenção de doenças. Este contexto da não preocupação com a prevenção é nítido ao avaliar determinados dados em que é demonstrado que o homem só procura o serviço de saúde nos níveis

Leia mais »
personagem enola holmes da netflix
Atualidades
Otavio Pinheiro

ENOLA HOLMES na redação: como usar o filme como repertório?

Trouxemos uma dica de um repertório sociocultural incrível para você estudante: como usar o filme ENOLA HOLMES na redação! Pegue seu caderno e anote todos os temas relacionados ao longa-metragem da Netflix! Primeiramente, confira a ficha técnica e sinopse do filme antes de conferir como usar ENOLA HOLMES na redação: ENOLA HOLMES: 2020 ‧ 2h1min ‧ 12+ Na manhã do seu aniversário de 16 anos, Enola Holmes descobre que a mãe desapareceu, deixando para trás alguns presentes enigmáticos e um grande mistério sobre seu paradeiro. Agora passa a viver sob os cuidados dos irmãos Sherlock e Mycroft, que decidem mandá-la para uma escola de etiqueta para aprender boas maneiras. Indignada, ela foge para Londres em busca da mãe. PATRIARCADO O filme se passa em meados de 1880, auge de grandes movimentos e reivindicações, momento em que as mulheres eram lidas e vistas como propriedades, que ficavam sob a tutela dos seus pais, maridos ou irmãos, homens detentores das decisões e o domínio dos locais de fala e voto. Ao voltarem para casa, os irmãos de Enola encontram uma garota livre e consciente do seu lugar no mundo, que logo se posiciona contra as ideias que queriam impor a ela, como ir

Leia mais »
Tema: Subsmissão feminina na sociedade
Temas e Repertórios
Otavio Pinheiro

Tema de redação: A submissão feminina na sociedade

Leia os textos motivadores a seguir para redigir o que se pede. Texto 1 Cultura de submissão da mulher: principal determinante da violência doméstica Nesta entrevista, Dayse de Paula, coordenadora da Pesquisa Novas Hierarquias Profissionais: Conhecimento, Gênero e Etnia, do Programa de Estudos de Gênero, Geração e Etnia da SR3/Faculdade de Serviço Social (FSS), da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), fala dos determinantes da violência social e das formas de coibir este tipo de violência. Mobilizadores COEP – Em que consiste a chamada violência doméstica contra a mulher? Que condutas a caracterizam? R.: É toda violência praticada por pessoa do círculo das relações da intimidade e confiança da mulher (companheiro, marido, irmão, padrasto, sogra etc). As condutas mais comuns são agressão verbal, coação, desqualificação das ações da mulher no dia a dia, agressão física e subtração de bens materiais de que a mulher precisa para sobreviver. Mobilizadores COEP – Quais os principais determinantes deste tipo de violência? Quem são as principais vítimas? R.: O principal determinante é a cultura de submissão da mulher, ainda existente em nossa sociedade, e o estímulo a comportamentos agressivos na educação do homem. As principais vítimas são mulheres e crianças do sexo feminino.

Leia mais »
Como usar a série 13 REASONS WHY em suas redações?
Atualidades
Otavio Pinheiro

Como usar a série 13 REASONS WHY em suas redações?

Como usar a série 13 REASONS WHY em suas redações? Oi, pessoal! Tudo bem? Nosso parceiro Lucas Felpi, que tirou nota 1000 na redação do ENEM 2018, preparou uma dica muito legal de Como usar a série 13 REASONS WHY em suas redações?! Bora pegar o caderno e começar a anotar tudinho? SÉRIE: 13 REASONS WHY 2017- • 3 temporadas • 60min • TV-MA Sinopse: Parece que todo mundo em Liberty High está escondendo alguma coisa… Mas a mentira tem perna curta, e a verdade está prestes a vir à tona. BULLYING Hannah Baker é nova em Liberty High e sai com Justin Foley, que secretamente tira uma foto íntima sua. No dia seguinte, a foto circula por todos os colegas e ela passa a ser humilhada, objetificada e assediada nos corredores. A garota, recém chegada na escola, começa a ser excluída e os amigos que ela vai encontrando no caminho sempre a desapontam ou abandonam. Ainda sobre bullying: Tema de redação: medidas para combater a prática de bullying e de cyberbullying na sociedade brasileira INVASÃO DE PRIVACIDADE Além de Justin, outros agentes participam da frequente invasão da privacidade e intimidade de Hannah sem seu consentimento. Tyler Down persegue Hannah

Leia mais »

Tema de Redação: A importância da representatividade no Cinema e na TV

TEXTO 1 Inúmeros estudos demonstram uma inquietante verdade: a esmagadora maioria de diretores, atores, colaboradores, ou seja, trabalhadores da área cinematográfica – e pasme – até mesmo críticos, são homens. Tal pesquisa revela que “apenas 10,7% dos filmes analisados possuíam um elenco equilibrado de homens e mulheres – a proporção média encontrada foi de 2,25 atores para cada atriz”. O mesmo estudo apontou que um terço das atrizes trajam roupas provocantes ou estão parcialmente nuas nas filmagens. A desproporção atinge inclusive os bastidores: há uma média de 5 homens para cada mulher trabalhando na indústria cinematográfica. São apenas 9% de diretoras mulheres, contra 91% de diretores homens na atualidade. Na história do Oscar, apenas quatro mulheres já foram indicadas ao prêmio de Melhor Direção, enquanto somente Kathryn Bigelow saiu vencedora nesta categoria pelo filme “Guerra ao Terror”, de 2009. Não são apenas as mulheres que são deixadas de lado. Uma polêmica envolveu a cerimônia do Oscar do ano de 2016, que, pelo segundo ano consecutivo, não indicou nenhum negro para as categorias principais. O que dizer, então, acerca da participação de outras minorias, a exemplo dos transgêneros, que são massivamente ignorados: “Nenhum personagem transgênero apareceu nos 100 filmes de maior bilheteria

Leia mais »
como-usar-a-serie-coisa-mais-linda-nas-redacoes
Atualidades
Otavio Pinheiro

Como usar a série COISA MAIS LINDA nas redações

Oi, pessoal! Nosso parceiro Lucas Felpi, que tirou 1000 na redação do ENEM 2018, preparou uma dica super legal para vocês! A série COISA MAIS LINDA estreou há pouco tempo na plataforma Netflix e traz vários assuntos que podem ser pertinentes em uma redação! Vamos conferir? SÉRIE: COISA MAIS LINDA 2019 • 1 temporada • 50min • 16+ Sinopse: “Uma dona de casa chega ao Rio dos anos 50 para encontrar o marido e descobre que foi abandonada. Em vez de sofrer, ela decide ficar na cidade e abrir um clube de bossa nova.” GERAL 1ª TEMPORADA EXEMPLO NA REDAÇÃO Tema ENEM 2015: “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira” No série nacional da Netflix “Coisa Mais Linda”, o cenário do Rio de Janeiro de 1959 é marcado pelo patriarcalismo. Nesse sentido, Augusto é um político que, com medo de perder sua bela e cobiçada esposa cantora, a bate e a agride regularmente em casa, chegando a estuprá-la. Sessenta anos depois, é evidente que muitas circunstâncias não se alteraram: a violência contra a mulher persiste no Brasil do século XXI, consequência majoritariamente da insegurança masculina em perder sua posição de poder. Gostou desta super dica? Não deixe

Leia mais »
tema-de-redacao-os-relacionamentos-abusivos-em-questao-no-brasil
Temas e Repertórios
Otavio Pinheiro

Tema de Redação: Os relacionamentos abusivos em questão no Brasil

Texto 1 A Polícia Militar confirmou nesta segunda-feira (7) que registrou no Norte de Minas no último fim de semana pelo menos 27 ocorrências de violência contra mulher que envolvem autores próximos às vítimas, como marido, companheiro, namorado, ou ex-parceiros. A natureza dos registros vai de ameaça, agressão, lesão corpora e até homicídio. É preciso que as vítimas tomem providências o quanto antes quando percebem que os relacionamentos ultrapassaram a barreira do respeito. “É preciso que elas percebam quando o relacionamento se torna abusivo e tomem providências. O que não pode é denunciar, depois voltar atrás, depois denunciar de novo. A relação cai no desrespeito, gera falta de credibilidade e a situação só se complica”, comenta Maia. Fonte: g1 globo Texto 2 Relação abusiva é aquela onde predomina o excesso de poder sobre o outro. É o “desejo” de controlar o parceiro, de “tê-lo para si”. Esse comportamento, geralmente, inicia de modo sutil e aos poucos ultrapassa os limites causando sofrimento e mal estar. É difícil definir quando um relacionamento é abusivo, porém, os principais indicativos de uma pessoa abusiva são: ciúme e possessividade exagerados; controle sob as decisões e ações do parceiro; querer isolar o parceiro até mesmo do

Leia mais »

Documentários disponíveis na Netflix para escrever melhores redações

Oi, pessoal! Hoje, pra descontrair um pouquinho, trouxemos uma lista com alguns documentários disponíveis na Netflix que poderão ser citados por você na hora de escrever a sua redação. Então, sem demora nenhuma, vamos descobrir quais são eles e caprichar em melhores redações? 1. Feministas: O que elas estavam pensando? Um álbum de fotos da década de 1970 captura o despertar de algumas mulheres, deixando para trás restrições culturais impostas sobre elas desde sua infância e abraçando a si mesmas por inteiro. A diretora Johanna Demetrakas revisita essas fotos e as histórias de vida das mulheres retratadas nelas, refletindo sobre as mudanças culturais que aconteceram desde então e que exigem uma ainda presente necessidade de mudança. O documentário nada mais é do que uma entrevista com diversas mulheres que falam sobre as grandes mulheres da segunda onda do feminismo nos EUA. Vale a pena assistir para se inspirar para escrever melhores redações. O documentário pode ser citado ao se abordar diversos temas, como igualdade de gênero, busca de direitos, direitos humanos, etc. 2. The True Cost Documentário de 2015 que explora o impacto da moda nas pessoas e no planeta. Mostra passo a passo a produção de moda e como isso

Leia mais »