logo redação online

ENEM RETA FINAL

Dicas de Redação
Otavio Pinheiro

Redação por Partes: Planejamento

Achou que a gente ia começar do começo? Achou errado, aluno! Vamos começar de antes do começo: do planejamento. Vamos ler sobre Redação por Partes: Planejamento! Lembra que a gente já te disse que gente organizada não se desespera? Se ainda não internalizou esse mantra, tá na hora de internalizar, pois, acreditem, ele vale também para a produção da sua redação. Tá chocado? Não fique, vamos explicar isso aí direitinho. É bem comum a gente ouvir os alunos dizerem que não sabem por onde começar o processo de escrita de uma redação. Aí, bate aquela angústia e a pessoa sua frio diante daquela folha em branco. Para que você não passe por isso, a gente vai fazer agora um passo a passo lindinho de tudo que envolve a produção de um texto, pois, ao contrário do que muita gente pensa, não se deve simplesmente ler a proposta de redação, baixar a cabeça, no melhor estilo Chico Xavier, e começar a escrever. Então, de início, vamos combinar uma coisa: não subestime o planejamento de um texto, pois ele é mais importante do que você imagina, ok? Eu que to dizendo. Se liga aí: Leia a proposta com muita calma. Muita. Muita.

Leia mais »
tema-de-redacao-porte-de-armas-no-brasil
Temas e Repertórios
Otavio Pinheiro

Tema de redação: O porte de armas no Brasil

O Tema de Redação “O Porte de Armas no Brasil” está muito em voga e esta é uma excelente oportunidade para você treinar sua redação. Vamos aos textos de apoio? Texto I “[…] de acordo com os indicadores da época, os anos em que a população podia se armar para teoricamente ‘fazer frente à bandidagem’ não foram de paz absoluta, mas de crescente violência, segundo dados do Ministério da Saúde e do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. De 1980 até 2003, as taxas de homicídios subiram em ritmo alarmante, com alta de aproximadamente 8% ao ano. A situação era tão crítica que, em 1996, o bairro Jardim Ângela, em São Paulo, foi considerado pela ONU como o mais violento do mundo, superando em violência até mesmo a guerra civil da antiga Iugoslávia, que à época estava a todo o vapor. Em 1983 o Brasil tinha 14 homicídios por 100.000 habitantes. Vinte anos depois este número mais do que dobrou: alcançando 36,1 assassinatos para cada 100.000. Para conter o avanço das mortes foi sancionado, em 2003, o Estatuto do Desarmamento, que restringiu drasticamente a posse e o acesso a armas no país e salvou mais de 160.000 vidas, segundo estudos.  Atualmente a taxa

Leia mais »
Temas e Repertórios
Otavio Pinheiro

Tema de Redação: Adolescentes e o vício em games

O tema de redação “Adolescentes e o vício em games” aborda uma preocupação crescente na sociedade contemporânea, à medida que os jogos eletrônicos se tornam cada vez mais acessíveis e populares. O vício em games refere-se a um padrão de comportamento compulsivo e excessivo em relação aos jogos, interferindo nas atividades cotidianas e comprometendo o bem-estar e o desenvolvimento saudável dos adolescentes. Os jogos eletrônicos oferecem uma experiência imersiva e estimulante, com narrativas envolventes e desafios atraentes, o que pode levar os adolescentes a desenvolverem um engajamento excessivo e prolongado. Esse engajamento exacerbado pode resultar em negligência de responsabilidades escolares, sociais e familiares, levando a problemas de saúde física e emocional, isolamento social e queda no desempenho acadêmico. Confira os textos motivadores sobre o tema: Texto 1 “Pode haver problemas por trás dos olhares fixos da garotada que dedica tempo e energia demais aos videogames. Uma pesquisa feita na Ásia com 3.000 crianças em idade escolar indicou que uma em cada dez era ‘viciada’ em games. Segundo os pesquisadores, apesar de as crianças já apresentarem problemas comportamentais, o uso excessivo de videogames aparentemente agravou os distúrbios. De acordo com Douglas Gentile, diretor do laboratório de pesquisa de mídia da Universidade

Leia mais »

Tema de Redação: Sociedade do Espetáculo

Com base nos textos abaixo e no seu conhecimento, escreva uma dissertação sobre Tema de Redação: Sociedade do Espetáculo. Texto 01 “A política como espetáculo nos meios de comunicação tornou-se rotineira, especialmente quando se trata da televisão. Em momentos mais dramáticos, como os atuais, o problema se agrava. O espaço para a reflexão desaparece e ganham destaque as cenas mais sensacionais como gravações ocultas, bate-boca entre parlamentares, acusações bombásticas emitidas em encenações teatrais e assim por diante. É assim que funcionam os programas de auditório, as novelas, os shows policialescos do final de tarde e os anúncios comerciais em suas diferentes versões (entre os programas, nos intervalos ou mesmo dentro deles, os chamados merchadisings). Há toda uma lógica para conquistar audiência, mantê-la a qualquer custo e graças a isso empurrar fogões, geladeiras, xampus, cervejas em doses maciças sobre o telespectador.” Fonte: observatorio da imprensa Texto 02 “Mais importante obra teórica produzida no contexto que precedeu os acontecimentos de Maio de 1968, A sociedade do espetáculo é um livro genial e único, precursor de toda análise crítica da moderna sociedade de consumo. Para Antonio Negri, é um dos dez livros mais importantes do século. Para Jean–Jacques Pauvert, “não antecipou 1968, como

Leia mais »
Tema de Redação: Prevenção da obesidade no Brasil
Temas e Repertórios
Otavio Pinheiro

Tema de Redação: Prevenção da obesidade no Brasil

INSTRUÇÕES PARA A REDAÇÃO O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado. O texto definitivo deve ser feito à tinta, na folha própria, em até 30 linhas. A redação que apresenta cópia dos textos da Proposta de Redação terá o número de linhas copiadas desconsiderado para efeito de correção. Escreva sobre Tema de Redação: Prevenção da obesidade no Brasil. Receberá nota zero, em qualquer uma das situações expressas a seguir, a redação que: Tiver até 7(sete) linhas, sendo considerada “texto insuficiente”. Fugir ao tema ou não atender ao tipo dissertativo-argumentativo. Apresentar proposta de intervenção que desrespeite os direitos humanos. Apresenta parte do texto deliberadamente desconectada do Tema de Redação: Prevenção da obesidade no Brasil. Texto 1 O que é a Obesidade? A obesidade é caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal no indivíduo. Para o diagnóstico em adultos, o parâmetro utilizado mais comumente é o do índice de massa corporal (IMC). O IMC é calculado dividindo-se o peso do paciente pela sua altura elevada ao quadrado. É o padrão utilizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que identifica o peso normal quando o resultado do cálculo do IMC está entre 18,5 e 24,9. Para ser considerado obeso, o IMC deve estar acima

Leia mais »
Explicando: Redação UEM
Vestibulares
Otavio Pinheiro

Explicando: Redação UEM

Garanta nota máxima na Redação do vestibular da Universidade Estadual de Maringá. Esse é um dos vestibulares que costuma sair do padrão quanto a gêneros textuais. Mas o que eu quero dizer com isso? É simples, a Redação UEM sugere aos alunos para que escrevam gêneros diferentes, fugindo do tradicional “arroz com feijão” da dissertação.  Por isso, quem for fazer a Redação UEM precisar praticar diversos gêneros textuais. Para te dar uma forcinha, listamos alguns gêneros que caíram nas últimas provas, e aproveitamos para dar algumas características chave de cada um, vamos lá ver nosso texto sobre Explicando: Redação UEM? CARTA:  Não há mistério na hora de escrever uma carta, mas você não pode esquecer de colocar esses dados: local e data + saudação + mensagem (desenvolvimento) + despedida + assinatura. BILHETE: É bem parecido com a carta, mas de uma forma mais sucinta. A UEM tem colocado um limite máximo de palavras. Por isso, fique atento a essa informação. RESUMO: Uma das opções pode ser a de fazer um resumo de um ou mais textos. O importante é selecionar as informações mais relevantes. RELATO PESSOAL: Esse gênero conta algo que aconteceu, uma situação vivida ou presenciada por quem escreve,

Leia mais »
Explicando redação UFPR
Vestibulares
Otavio Pinheiro

Explicando: Redação UFPR – como fazer e exemplos

A prova de redação do vestibular da Universidade Federal do Paraná reserva algumas diferenças, quando comparada as demais provas Brasil afora. Por mais que ela costume pedir um texto dissertativo, o aluno tem apenas 12 (doze) linhas para desenvolver o seu texto

Leia mais »
Temas e Repertórios
Otavio Pinheiro

Tema de Redação: O que você faria se não existisse o “politicamente correto”?

Com base nos seus conhecimentos e nos textos motivadores, elabore uma redação sobre o seguinte Tema de Redação: O que você faria se não existisse o “politicamente correto”? Texto 1 A onda politicamente correta cresceu a ponto de tolher a liberdade de pensamento. O maior problema, porém, é outro: a reação torna tudo o que é incorreto “bacana”. E abre espaço para a intolerância. “Toda mulher que eu vejo na rua reclamando que foi estuprada é feia pra c… Tá reclamando do quê? Deveria dar graças a Deus.” A fala é de um show de comédia stand-up de Rafinha Bastos. O Twitter foi inundado de mensagens com variações do tema proposto por Mayara Petruso – a estagiária de direito que recomendou o afogamento de nordestinos. Claro que nem Rafinha está defendendo o estupro nem os afogadores de imigrantes são necessariamente homicidas em potencial. Boa parte dessa truculência é uma reação à onda politicamente correta das últimas décadas. A incorreção, nesse sentido, virou uma arma para defender a liberdade de expressão, que só existe quando você também é livre até para pensar o impensável e dizer o impronunciável. Mas o que acontece quando o impensável agride o próximo gratuitamente? Para entender

Leia mais »

Tema de Redação: Foro Privilegiado é porta aberta para a impunidade?

Com base nos seus conhecimentos e nos textos motivadores, elabore uma redação sobre o seguinte tema: FORO PRIVILEGIADO É PORTA ABERTA PARA A IMPUNIDADE? Texto 1 “Todos são iguais perante a lei”. A Constituição Brasileira estabelece que todos os brasileiros e estrangeiros residentes no país são iguais perante a lei, mas o foro por prerrogativa de função, mais conhecido como foro privilegiado, pode ser considerado uma exceção a essa regra. O foro privilegiado se refere a como as autoridades são julgadas. Ele garante tratamentos diferentes aos réus de processos, a depender da importância do cargo da pessoa. Esse direito determina que algumas autoridades são julgadas apenas em cortes superiores (especiais), ao contrário do cidadão comum, que é julgado pelo Poder Judiciário comum. Foro privilegiado não é um privilégio de uma pessoa, mas do cargo público que ela ocupa. Ou seja, assim que as pessoas deixam o cargo, elas perdem esse direito. Esse mecanismo jurídico foi criado com a ideia de proteger o exercício de determinada função ou mandato. Foi na Constituição de 1988 que o sistema de atribuição de foros privilegiados incluiu uma ampla gama de autoridades. No contexto da época, ele foi reforçado sob o argumento de preservar a

Leia mais »
tema: CAMINHOS PARA COMBATER A TRANSFOBIA NO BRASIL.
Temas e Repertórios
Otavio Pinheiro

Tema de Redação: Caminhos para combater a transfobia no Brasil

Com base nos seus conhecimentos e nos textos motivadores, elabore uma redação sobre o seguinte tema: CAMINHOS PARA COMBATER A TRANSFOBIA NO BRASIL. Texto 1: “[..] O problema começa desde muito cedo, com a exclusão das transexuais na família, o que faz com que a maioria seja expulsa de casa já na adolescência. Muitos parentes tentam a todo custo – todo mesmo, inclusive através de violência física, como espancamentos – fazer com que aquele membro da família se encaixe no padrão. Então, o jeito é ir para a rua e arranjar um jeito de não passar fome. Nem a casa nem a escola, via de regra, apoiam pra valer esse alguém. Nem o psicólogo na escolinha entende o que está acontecendo, nunca ouviu falar de identidade de gênero. O ambiente não é seguro e nem oferece o cuidado necessário. Daí que, desamparadas, 90% dessas meninas são empurradas para a prostituição, de acordo com os dados da Antra (Associação Nacional de Travestis e Transexuais do Brasil). ‘A mulher trans que se prostitui, além de ser vista como criminosa, é encarada como um ser inferior’, explica Daniela. E esse tratamento dá margem tanto para a violência por parte de policiais e clientes, como

Leia mais »