Tema - Desafios da Inteligência Artificial
Enem
Professora Margarete

Análise do tema de redação do Enem 2022

O tema da redação Enem 2022 foi “Desafios para a valorização de comunidades e povos tradicionais no Brasil”. Sendo assim, um tema bem adequado ao nível médio e presente na mídia constantemente. Então, vamos analisar passo a passo a prova e você vai entender o que poderia ser escrito na redação – continue lendo! Como de praxe, o Enem pedia uma dissertação-argumentativa sobre esse tema, incluindo proposta de intervenção respeitando direitos humanos.  Analisando a prova de redação Enem 2022 “Desafios para a valorização de comunidades e povos tradicionais no Brasil” pressupõe que nossos povos tradicionais não têm sido suficientemente valorizados, percebeu?  Muito bem… e qual seria o real valor dos povos tradicionais para o Brasil? Será que serviriam apenas como lembrança de um tempo distante, colonial? Não seriam importantes para o mundo de hoje? O candidato já poderia pensar num valor concreto: social, cultural… quem sabe econômico, também.  Como repertório, vai bem comentar a importância econômica das quebradeiras de coco de Sergipe! Vamos agora pedir ajuda aos textos de apoio, que você pode conferir na íntegra aqui! Texto 1 do tema do Enem 2022 Esse é um texto jornalístico.  A novidade que este texto traz é a lista de outros

Leia mais »
Enem
Otavio Pinheiro

Tema de Redação do Enem 2022: Desafios para a valorização de comunidades e povos tradicionais no Brasil

Confira a proposta de redação cobrada no Enem 2022! Após isso, confira a nossa análise sobre a proposta! INSTRUÇÕES PARA A REDAÇÃO TEXTO l Você sabe quais são povos e comunidades tradicionais brasileiros? Talvez indígenas e quilombolas sejam os primeiros que passam pela cabeça, mas, na verdade, além deles, existem 26 reconhecidos oficialmente e muitos outros que ainda não foram incluídos na legislação. São pescadores artesanais, quebradeiras de coco babaçu, apanhadores de flores sempre-vivas, caatingueiros, extrativistas, para citar alguns, todos considerados culturalmente diferenciados, capazes de se reconhecerem entre si. Para uma pesquisadora da UnB, essas populações consideram a como uma mãe, e há uma relação de reciprocidade com a natureza. Nesta troca, a natureza fornece “alimento, um lugar saudável para habitar, para ter água. E eles se responsabilizam por cuidar dela, por tirar dela apenas o suficiente para viver bem e respeitam o tempo de regeneração da própria natureza”, diz. Disponível em g1 globo Acesso em 17 jun. 2022 (adaptado). TEXTO II Povos e comunidades tradicionais O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) preside, desde 2007, a Comissão Nacional de Desenvolvimento Sustentável das Comunidades Tradicionais (CNPCT), criada em 2006. Fruto dos trabalhos da CNPCT, foi instituída, por meio do Decreto 6.040, de

Leia mais »

⏰ O cupom loucura com 40% de desconto acaba em:

  • 00Dias
  • 00Hrs
  • 00Min
  • 00Seg