logo redação online

consumismo desenfreado

consumismo publicidade na internet
Exemplos de Redação
Marina Dias

Tema de Redação | Consumismo e publicidade excessiva na internet

Você já escreveu uma redação sobre “Consumismo e publicidade excessiva na internet”? Confira o tema da semana!   Não é de hoje que o consumismo levanta uma série de problemáticas em nossa sociedade. Com a criação da internet, esse problema se intensificou devido à publicidade excessiva nas redes sociais e sites que acessamos. Afinal, a tentação agora é muito maior: com apenas um clique é possível comprar um produto que parece perfeito para nós. Leia os textos motivadores a seguir e, com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo sobre o tema “Consumismo e publicidade excessiva na internet”.   TEXTO 1   CONSUMIDOR E REDES SOCIAIS: A NOVA DIMENSÃO DO CONSUMISMO NO ESPAÇO VIRTUAL   “Ao mesmo tempo em que as redes sociais instigam e aumentam o consumismo, influenciando mercados de consumo de maneira negativa, aparece, também, como um novo local de fala ao consumidor, como um novo ambiente onde ele possa ser ouvido e onde acaba por produzir um discurso de poder. O consumo é próprio do ser humano, necessário e intrínseco. Nada mais é do que a aquisição daquilo que lhe é essencial, para a manutenção de uma vida digna e confortável.

Leia mais »
publicidade excessiva
Temas e Repertórios
Marina Dias

Repertórios | Consumismo e publicidade excessiva na internet

Quer saber mais sobre “Consumismo e publicidade excessiva na internet”? Confira alguns repertórios que listamos para o tema!   Você já foi bombardeado nas redes sociais por anúncios de um produto do seu interesse? Ou mesmo pensou em comprar algo na internet sem antes botar na balança se essa compra é realmente necessária? Certamente já, não é? Saiba que isso é mais comum do que se imagina! Ao mesmo tempo que a internet tem o seu lado positivo por facilitar a comunicação e agilizar processos de compras, por outro lado também intensificou outros problemas: o consumismo e publicidade excessiva.  No ambiente digital, as pessoas estão mais vulneráveis por conta de tantos estímulos emocionais e o excesso de publicidade agrava um problema que já existe há anos – o consumo exagerado –, prejudicando a saúde emocional e financeira. Para ajudar você a escrever o tema “Consumismo e publicidade excessiva na internet”, selecionamos alguns repertórios socioculturais para você usar na redação. Confira neste post!   Reportagem | Compulsão por compras afeta cerca de 600 milhões de pessoas no mundo   Essa reportagem do Domingo Espetacular mostra como a internet impulsionou o consumismo e alerta sobre as consequências da compulsão pelo consumo: prejuízo

Leia mais »
Vestibulares
Otavio Pinheiro

Tema de Redação UNESP 2019 – Compro, logo existo?

Está se preparando para o vestibular Unesp? Confira o tema de redação da Unesp 2019: “Compro, logo existo?” Texto 1 da redação Unesp 2019 Ao shopping centerPelos teus círculosvagamos sem rumonós almas penadasdo mundo do consumo.De elevador ao céupela escada ao inferno:os extremos se tocamno castigo eterno.Cada loja é um novoprego em nossa cruz.Por mais que compremosestamos sempre nusnós que por teus círculosvagamos sem perdãoà espera (até quando?)da Grande Liquidação.(José Paulo Paes. Prosas seguidas de Odes mínimas, 1992.) TEXTO 2 Nós somos consumidores agora, consumidores em primeiro lugar e acima de tudo. Para todas as dificuldades com que nos deparamos no caminho trilhado para nos afastar dos problemas e nos aproximar da satisfação, nós buscamos as soluções nas lojas. Do berço ao túmulo, somos educados e treinados a tratar as lojas como farmácias repletas de remédios para curar ou pelo menos mitigar todas as doenças e aflições de nossas vidas particulares e de nossas vidas em comum. Comprar por impulso e se livrar de bens que já não são atraentes, substituindo-os por outros mais vistosos, são nossas emoções mais estimulantes. Completude de consumidor significa completude na vida. (Zygmunt Bauman. A riqueza de poucos beneficia todos nós?, 2015. Adaptado.) Com base

Leia mais »