O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Xenofobia no Brasil

Analisando a formação histórica e geográfica do Brasil é perceptível a influência de diversos povos para definição do cenário brasileiro atual. Entretanto, mesmo com raízes ancestrais advindas de diversos países, o brasileiro ainda discrimina aqueles que divergem no aspecto cultural.
Embora o termo 'xenofobia' seja ligado diretamente ao preconceito contra imigrantes estrangeiros, a exclusão com aqueles que possuem mesma nacionalidade é acentuada. Exemplo disso são os estereótipos pejorativos utilizados em especial aos nordestinos. Além disso, essa estereotipação junto ao preconceito acaba por dificultar o crescimento educacional e profissional, pois está impregnado em uma parcela da população a crença de que essas pessoas só podem ocupar cargos de baixo prestígio.
Por outro lado, imigrantes vindos dos mais diversos países também são vitimas da falta de informação dos anfitriões. De acordo com o portal G1, o número de imigrantes aumentou 160% nos últimos 10 anos no Brasil. Esse dado é reflexo da política de abertura para estrangeiros, porém, a falta de estrutura profissional e o preconceito fazem com que mesmo profissionais com nível acadêmico elevado ocupem cargos inferiores, culminando assim no desperdício de conhecimento.
Portanto, é necessário que haja primeiramente esforços por parte do Estado e Ministério do Desenvolvimento em investimentos nas áreas descentralizadas do Brasil, com a geração de empregos através de polos industriais, por exemplo. Além disso, o Ministério da Educação deve aumentar o número de vagas em escolas e cursos técnicos e profissionalizantes, pois a educação é a única maneira de crescimento, seja na região natal ou não. Ademais, é necessário também o aproveitamento da cultura vinda de outros países, por isso as escolas, universidades e faculdades podem receber incentivos governamentais para contratação de estrangeiros para lecionarem línguas diferentes, dessa forma agregando conhecimento ao currículo escolar.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!