O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Xenofobia no Brasil

De acordo com o sociólogo Émile Durkheim, a sociedade pode ser comparada a um "corpo biológico" por ser, assim como esse, composta de diversas partes que interagem entre si. Nesse contexto, seguindo a comparativa de Durkheim, os constantes casos de xenofobia no país mostram-se como uma doença, que como qualquer outra, deve ser diagnosticada e tratada. Desse modo, há fatores que devem ser exaltados, como o arraigamento etnocêntrico da sociedade brasileira e, também, a necessidade da criação de um instrumento protecionista para imigrantes.
Em primeira análise, cabe-se pontuar que, desde a chegada dos portugueses no território que hoje conhecemos como Brasil, o pensamento etnocêntrico esteve presente em todas as fases do processo civilizatório nacional. Comprova-se isso por meio das palavras de Pero Vaz de Caminha, que ao descrever os nativos para à corte portuguesa, usou de palavras pejorativas, inferiorizando a cultura indígena diante da europeia. Esse pensamento se manteve presente em todos os períodos da formação nacional, resultando nos diversos casos de xenofobia registrados na contemporaneidade.
Ademais, convém frisar que com a ascensão da economia brasileira em meio a um planeta globalizado, cada vez mais imigrantes, de diversas partes do mundo, escolhem o Brasil como país destino. Uma prova disso está nos números registrados pelo censo, no qual mostra que grande parte desses imigrantes, são de origem de países subdesenvolvidos, buscando em nosso país, a garantia de direitos básicos, principalmente, ofertas de emprego. Porém, em contrapartida ao crescimento do número de imigrantes, é registrado também, um aumento dos casos de preconceito diante desses indivíduos, demonstrando, de certa forma, a incapacidade do povo brasileiro de acolher diferentes povos e culturas.
Destarte, medidas são necessárias para atenuar a problemática. O Governo Federal, junto ao Ministério da Educação, deve elaborar medidas que contribuam para o fim do arraigamento negativo no que se refere a imigrantes e migrantes. Uma ótima forma de se alcançar tal resultado, é por meio de feiras culturais nas escolas e nas diferentes instituições de ensino, tendo como foco, o ensino das diferentes culturas existentes no país, a fim de extinguir de forma positiva o pensamento distorcido acerca dos diferentes modos de vida. Além disso, é essencial que haja políticas punitivas diferentes para os praticantes de xenofobia, como o encaminhamento para trabalho voluntário em ONGs que trabalhem com a proteção de imigrantes.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!