O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Xenofobia no Brasil

Consoante ao cantor Cazuza, "Eu vejo o futuro repetindo o passado", pois a xenofobia não é um problema atual. Desde o Holocausto durante a Segunda Guerra Mundial essa problemática é uma realidade, uma vez que com a ascensão do Nazismo gerado na Alemanha os judeus eram mortos por serem considerados uma raça inferior aos arianos. Da mesma maneira, na contemporaneidade os obstáculos persistem, seja pelos casos de discriminação com os refugiados, seja pelo subterfúgio da conjuntura econômica, já que perdura na sociedade.
Em primeira análise, pode-se destacar o aumento gradativo de agressões físicas como um fator contínuo da hostilidade com os estrangeiros. Ele é perpetuado devido à austeridade aos costumes e tradições adquiridas de outros povos, estes considerados uma ameaça à unidade cultural do país. Tal prática é confirmada pelo fortalecimento do discurso nacionalista, em que há a grande preservação da nação e o receio da desnacionalização do território. Como consequência, os imigrantes têm seus direitos violados no que tange à Carta Magna de 1988, a qual assegura dignidade da pessoa humana. Dessa forma, com práticas inconstitucionais torna-se evidente a continuidade da intolerância.
Em análise não menos importante, cabe salientar que a questão financeira é um pretexto para "fechar as portas" para os estrangeiros, visto que são acusados de acentuarem a crise financeira. Com isso, os refugiados encontram-se prejudicados com o desacolhimento do país, por isso, é vital medidas para combater esses efeitos negativos.
Sendo assim, é mister que o Ministério da Educação, em parceira com as ONGs, promova debates e campanhas em escolas e comunidades por meio da abordagem de assuntos a respeito sobre os direitos garantidos aos imigrantes para que possa mitigar a xenofobia. Em consonância, cabe ao Governo Federal ampliar o projeto de integração dos refugiados na sociedade brasileira a fim de engrandecer o acolhimento desses indivíduos no país. Por conseguinte, a igualdade virá à tona e eliminará a concepção de raça inferior.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!