O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Visibilidade indígena em questão no Brasil

No Romantismo,o índio é representado como herói da nação.No entanto,a literatura difere da realidade,uma vez que a desvalorização dos povos silvícolas é notável.O que pode ser explicado principalmente pela influência do capitalismo nas decisões do Estado e pelo preconceito social.
A constituição de 1988,em seu artigo 231,garante aos indígenas os direitos sobre as terras que ocupam,mas essa garantia não é efetivada,principalmente pela negligência do Poder Público.Os interesses político-econômicos,sobretudo os ligados ao setor do agronegócio,são os regentes da negligência estatal. Segundo a constituição,as terras ocupadas pelos índios,destinam-se a eles permanentemente,cabendo-lhes o usufruto exclusivo das riquezas naturais presentes ali. Isso,logicamente,não agrada os setores ligados ao agronegócio que tentam,de maneira incansável,cessar a demarcação de terras.
Nessa perspectiva,ao não demarcar o território,o Estado abre espaço para os conflitos de terra, que ocasionam uma violência desproporcional. Nos últimos anos,esse cenário conflituoso está se intensificando,principalmente pelo grande poder da bancada ruralista no congresso nacional,que defende a tomada de terras indígenas para realocar suas atividades comercias. Um exemplo desse poder é o Marco Temporal,que determina que os natívos só possuem direito às terras que estavam em sua posse na promulgação da constituição de 1988.
Além disso,os povos indígenas são marginalizados desde a colonização,o que perdura até os dias atuais. A sociedade brasileira os trata com desprezo,considerado-os um povo não civilizado e que não está apto para o convívio social. Isso fica evidente na quantidade de cargos públicos ocupados por índios,um número insignificante. Para Nick Couldry,a voz é de suma importância na atualidade,ou seja,o direito de se expressar. Aqueles que não possuem este direito estão fadados à "invisibilidade". Portanto,percebe-se que a discriminação prejudica até a democracia,pois a desigualdade da fala condena os indígenas à "invisibilidade".
Infere-se,portanto,que o índio não deve ser tratado como intruso,tendo voz,terras e identidade negadas. Para isso, a União,por meio de concursos públicos,deve fortalecer a Polícia Federal,especializada em conflitos indígenas,e a FUNAI,a fim de proteger as terras silvícolas. Além disso, é necessário a criação de um sistema de cotas para cargos públicos. Somente assim, o governo irá garantir que a valorização indígena não se limite apenas ao Romantismo.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!