O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Visibilidade indígena em questão no Brasil

Desde o Iluminismo, entende-se que uma sociedade só progride quando um se mobiliza com o problema do outro. No entanto, quando se observa a questão do indígena no Brasil, nota-se que esse ideal iluminista é constatado na teoria e não desejavelmente na prática, e a problemática persiste intrinsecamente ligada à realidade do país. Nesse contexto, torna-se claro o descumprimento das leis referentes a demarcação das terras indígenas, bem como o preconceito da sociedade.
Primeiramente, é indubitável que a questão constitucional e a sua aplicação estejam entre as causas da problemática. O artigo 231 da Constituição de 1988, assegura o direito a delimitação de terras indígenas. Todavia, de acordo com dados do jornal Folha de São Paulo, cerca de 85% das 561 terras indígenas brasileiras, sofrem algum tipo de invasão como o roubo de madeira ou minérios. Por conseguinte, configura-se necessário melhorar a aplicabilidade de tal cláusula, em virtude da democracia e com as reservas dos povos nativos.
Outrossim, destaca-se o preconceito como impulsionador do impasse. Segundo o escritor inglês William Hazlitt: "o preconceito é filho da ignorância". Assim sendo, verifica-se que a discriminação que a população hodierna faz com os índios, herdada dos portugueses desde o "descobrimento" do Brasil, é fruto da ignorância que desvaloriza as culturas e os valores dos povos nativos, que estavam no país muito antes da chegada dos colonizadores, desrespeitando a verdadeira identidade da nação brasileira. Logo, é indispensável a adoção de atitudes que acabem com o domínio do preconceito sobre a sociedade brasileira.
Em vista dos fatos supracitados, faz-se necessário medidas que venham alterar esse cenário. Destarte, cabe ao Poder Legislativo garantir o exercício do artigo 231, por meio do aumento nas consequências, como a detenção, a quem infringi-lo, para que o modo de vida dos nativos seja preservado. Ademais, o Ministério das Comunicações em parceria com o MEC, deve disseminar a importância dos índios na formação do Brasil, por meio de campanhas difundidas pela TV e o rádio, com o intuito de desenraizar esteriótipos e valorizar a cultura indígena. Desse modo, será possível vivenciar a prática da teoria iluminista e contribuir para o progresso do país.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!