O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Visibilidade indígena em questão no Brasil

O filósofo e matemático grego Pitágoras pensava "O importante não é viver, mas viver bem". Desse modo, percebe-se que os índios enfrentam dificuldades para ter uma boa qualidade de vida. Nesse contexto, há dois fatores que não podem ser negligenciados a luta da integração social e a preservação da tradição indígena.
Em primeira análise, cabe pontuar que o Brasil e toda a América antes da chegada dos europeus, pertencia ao povo indígena, que foi atingido com muito problemas. Comprova-se isso, por meio do massacre de índios, provido de doenças, violência, e da escravidão, vindo do olha etnócentrico dos europeus, que se consideravam um povo com a missão civilizatoria. Dessa forma, vê-se que hoje existem poucos índios e são menos ainda os que não foram atingidos pelo mundo moderno.
Ademais, convém frisar que a condição de vida nas aldeias indígenas, na maioria das vezes são miseráveis, pela falta de apoio governamental. Uma prova disso, está no fato de muitos índios migrarem para cidades em busca de melhores oportunidades como estudo, trabalho, ou apenas querem viver a vida moderna. Diante disso, percebe-se que a tradição indígena, vai pouco a pouco, sendo esquecida pelos mais jovens, e consequentemente as futuras gerações tendem a não se envolver.
Portanto, medidas devem ser tomadas para resolver a problemática. Uma boa solução seria o Governo Federal se fazer mais presente nas aldeias indígenas, levando infraestrutura como água potável, rede de esgoto, energia elétrica, internet, escola, posto de saúde0000 ensinando aos índios como manter essas modernidades, para eles se integrarem na sociedade. Além disso, é necessário que o Ministério da Educação incentive o ensino da cultura indígena nas escolas, para eliminar preconceitos e preservar a tradição indígena. Dessa forma, os índios terão mais visibilidade social e podem se desenvolver socialmente, preservando a cultura.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!