O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Violência nos estádios

  “No meio do caminho tinha uma pedra, tinha uma pedra no meio do caminho”. De acordo com o trecho do poema de Carlos Drummond de Andrade, podemos classificar os problemas sociais como pedras na sociedade. Uma dessas pedras é a Violência ocorrida em estádios, caudadas pela falta de segurança e a ideia equivocada de paixão ao time que alguns torcedores tem. Por isso, é tão importante a análise desse tema no Brasil.


  Primeiramente, a falta de segurança é a principal lacuna. Muitos torcedores são imorais, agem em heteronomia, ou seja: Só se comportam sociavelmente se tiver alguma autoridade fiscalizando, validando o pensamento de Kant: “Age sempre de tal modo que o teu comportamento possa vir a princípio de uma lei universal”.


  Posteriormente, a forma com que o torcedor age para defender e demonstrar sua paixão ao time é extremamente equivocada. Esse, tem condutas violentas e intolerantes, diferente do ano de 1940, no qual para às torcidas organizadas da época, bastavam bandeiras e camisas uniformizaras para apoiarem seus times.


  Logo, ações são necessárias para desmanchar às pedras no caminho. Cabe ao Ministério da Segurança, reforçar a proteção, por meio de policiamento dentro e fora dos estádios, além, da criação de um banco nacional de dados, com o intuito de fiscalizar e barrar à entrada desses infratores em jogos futuros. Ademais, o Ministério do Esporte, ligará diretamente o torcedor ao clube, ou seja, qualquer ato violento do cidadão, identificado pelo banco de dados, afetará o time, por intermédio de rebaixamentos e multas ao próprio clube.  Desse modo, conscientizarás os amantes do futebol de que ações violentas não traz benefícios a seus times, e sim, prejuízos.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!