O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Violência nos estádios

Sabe-se que o futebol é um esporte que ensina inúmeros valores, entre eles, o companheirismo e a solidariedade. Contudo, essa prática física vem encontrando obstáculos, haja vista que a violência nos estádios aumenta gradualmente. Tal problemática é decorrente de uma cultura forte de intolerância contra o oposto, além do despreparo dos seguranças, tornando-se necessárias medidas que atenuem essa agressividade.
Em primeiro plano, é válido ressaltar que o fanatismo das torcidas juntamente à intolerância contra o adversário, faz com que os torcedores utilizem da violência para a propagação do seu ódio. Segundo dados do jornal O Globo, de janeiro à julho de 2017, nove pessoas foram mortas nos campos. Desse modo, fica evidente que o fanatismo corrompe com o principal valor do futebol, o companheirismo.
Ademais, o despreparo dos policiais nos estádios alarma a situação. Tais agentes, na maioria das vezes, utilizam spray de pimenta e bombas de efeito moral, além do uso de cassetetes e armas para conter o problema. Consequentemente, o que deveria acalmar os torcedores, torna-se motivo de desespero e agitação.
Logo, o Ministério do Esporte, em parceria com a mídia, deve realizar campanhas nos estádios e redes sociais, que transmitam a importância do futebol como meio de unir as classes, e retratar casos reais de pessoas que perderam a vida nos jogos, a fim da conscientização dos torcedores. Para mais, a Polícia Militar deve efetuar cursos de como lidar com brigas, entre outros problemas em campo, com o intuito de diminuir a desordem da torcida. Dessa maneira, a violência nos estádios poderá se reduzir, e o futebol se tornará novamente um meio de bons valores.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!