O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Violência nos estádios

Ao analisar o tema sobre violência nos estádios, vê-se a questão de masculinidade fortemente ligada aos esportes desde a Idade Média, em que praticar atos violentos e bárbaros entre o público eram associados ao poder e a virilidade. Após centenas de anos desses acontecimentos, a história continua a se repetir no Brasil, de modo que os torcedores se enfrentam entre si, por meio de brigas que mantém o conservadorismo e a ideia de superioridade através da violência.

Um ponto que ocasiona a violência no futebol é a rivalidade não saudável, e até mortal, que, em diversas situações são ocasionadas por simples desentendimentos entre as torcidas organizadas e juntadas à falta de atitudes do poder público, fazem do Brasil o país com mais mortes nos estádios devido à violência, segundo o Ministério do Esporte. Nesse contexto, percebe-se que os torcedores correm o risco de sofrerem agressões nos estádios, mesmo que não se envolvam nas brigas, já que, sem segurança, estão sujeitos a qualquer violência.

Ao visar tal realidade, percebe-se que a constante tentativa de superioridade, em relação ao futebol, acarreta além da violência, um assédio e desrespeito com torcedoras, que ao tentarem demonstrar seu gosto pelo esporte são hipersexualizadas ou ofendidas em razão do machismo impregnado no futebol. Em um meio tão dominado por homens, diversas jogadoras se destacam, como Marta que superou o recorde de gols feitos pelo jogador Pelé e se tornou a maior artilheira da seleção. O feito evidencia a resistência das mulheres no futebol.

Dado o exposto, chega-se ao impasse de que é necessário o Ministério da Segurança Pública, juntamente com o Ministério do Esporte, investirem em segurança que visem uma maior proteção do público dos estádios, promovendo uma fiscalização e cadastramento dos torcedores, para que sejam monitorados e não tenham brechas para cometerem atos violentos ou desrespeitosos, assim, poderão frear a violência nos estádios do Brasil.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!